Supernatural – 10×09 – The Things We Leave Behind

SPN 10x09 meh

Continua após publicidade

Nenhuma série é obrigada a fazer sua Fall Finale terminar com um cliffhanger. Nenhuma série é obrigada a somente seguir seus plots principais. O detalhe é que The Things We Leave Behind, faz os dois e não recompensa em nada sua audiência.

Continua após a publicidade

É de se pensar que um episódio com muito tempo de tela para Castiel, seja um bom episódio. Claro, a série sempre fez bem quando seguia esse caminho. Ver o “sentimento” de preocupação que o atingiu no episódio anterior parecia prenunciar que coisa boa vinha aí. Só que não.

Continua após publicidade

Ao invés de ganharmos algo interessante, divertido, que entretenha, recebemos uma maldição. Uma bruxaria. O mesmo mal que afligiu durante 3 temporada de Homeland e passa longe de The Good Wife: Adolescentes/filhos idiotas. E não. A culpa nunca é deles. Sempre tem algo traumático. Não conseguir simpatizar com essa criatura. Para falar a verdade, nem me lembro do nome. Não deu certo, Supernatural.

Levemente mais interessante, mais não o suficiente para carregar o episódio, continuamos a entender Rowena. Fazer jogos e manipular outros fazem parte de seu ser. Nos faz imaginar: Uma mãe seria capaz de dar um golpe no próprio filho para se tornar rainha do inferno? Aguardemos os próximos capítulos. Pelo menos por isso.

Continua após publicidade

PS: Verdade. Mesmo não parecendo, Sam e Deamon estava no episódio. Jared Padalecki dando um “show” de interpretação no final.

PS²: Dean sofrendo os efeitos da lâminZZZzzzzZZZZzzzz

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

PS³: Lendo de novo o primeiro paragrafo, percebo que o último episódio foi desse jeito. E eu gostei dele. Difícil entender essa série. Para onde Supernatural está indo? Este episódio é definitivamente algo a ser deixado para trás.