Supernatural – 11×08/09 – Just My Imagination / O Brother Where Art Thou?

SN 11X08

 

O que você faria se seu amigo imaginário de quando criança fosse real?

Continua após a publicidade

Essa é a premissa de “Just My Imagination“. Quando Sully o amigo imaginário de Sam retorna, os Winchesters se veem numa caçada bem estranha. Os amigos imaginários são uma raça chamada Xana (leia Zena), uma criatura lendária romena que ajuda crianças a criar autoconfiança e depois seguir em frente. E algo está caçando estes amigos imaginários.

A parada fica bem interessante quando um dos zena consegue sobreviver ao ataque. A pessoa responsável é a Reese, a irmã gêmea de uma das crianças que eram cuidadas pelo Sully. Traumatizada pela perda da irmã, Reese começou a estudar o oculto e descobriu um feitiço para poder ver os amigos imaginários e começou a caçada até chegar em Sully. Após uma boa conversa, Sully e os Winchesters conseguem resolver os problemas com Reese, e ela desiste da caçada.

Para mim, o ponto alto de “Just My Imagination” foi quando Sam e Dean passam a ver o que os Zena conseguem ver para poder investigar a cena do crime do assassinato de Sparkles, enquanto a mãe da criança passa pela cena se sujando toda do sangue (cheio de purpurina, diga se de passagem) de Sparkles. Gostei bastente do episódio, foi bem divertido. Um filler sem Castiel, ou a Escuridão. Apesar de pode ser “pulado” sem que faça a menor alteração no plot dos Winchesters vs a Escuridão, o episódio merece ser assistido.

Enquanto o episódio oito é um grande filler, “O Brother wher art thou?” chega com a força toda no plot. O episódio começa com um pregador falando sobre “Deus”,  quando vemos uma Amara já crescida (oi?) e argumentando contra ele. A “pequena” demonstração dos poderes de Amara foi muito boa, realmente essa mulher é de dar medo. Finalmente senti firmeza nos poderes da Amara. Foi lindo, vários plots entrando na linha.

SN 11X09 - 2

Achei bem legal a “inocência” dela, achando que “Deus” responderia uma prece. A reação de Amara quando não tem resposta foi impagável. O encontro dela com Dean foi bem revelador. Tudo que ela fez foi para chamar a atenção de Deus.

Outra coisa legal do episódio foi o plot de quem estava por trás das visões do Sam.  Lúcifer, o primeiro caído era o responsável. Quando Amara foi libertada da marca de Caim, a jaula de Lúcifer sofreu uma avaria, o que permitiu que ele se comunicasse com Sam, se passando por “Deus”. Lúcifer traçou um plano para que os Winchesters o tirassem da jaula e convencer Sam a ser seu hospedeiro. Lúcifer não foi o único retorno da temporada, Rowena foi parte crucial do episódio, ela foi responsável pelo feitiço que colocou Sam frente a frente com Lúcifer, algo que não deu muito certo, no final das contas.

O final do episódio foi de tirar o fôlego e deixar a gente ansioso pelo próximo. Sam está lá preso de novo na jaula, e uma força angelical desceu do paraíso para dar um golpe final na Escuridão. O que será que vai acontecer? Façam suas apostas!

Avatar

Estevão Vieira

Empresário, bilionário, morando na California, super-heroi nas horas vagas.... oh wait! esse é o Tony Stark!!! ¬¬

No comments

Add yours