Supernatural – 12×01 – Keep Calm and Carry On

sn12x01

Imagem: Arquivo pessoal

 

Eis que alguns meses depois estamos de volta. Supernatural, 12 Fuc**ng temporadas no ar! Depois de enfrentar os mais diversos (e perversos) inimigos, morrer e voltar a viver inúmeras vezes, derrotar anjos e demônios; depois de até mesmo derrotar a morte e a irmã de Deus, o que nos resta?

Continua após a publicidade

Já começo com um: “Putz, que encontro emocionante esse do Dean com sua mãe!” Uma bela recompensa depois da última temporada. Quase chorei.

Ei, o que é aquilo no céu? É um pássaro? É um avião? É o super-homem? Não, é apenas o Castiel depois do ocorrido com ele na última temporada, ou seja, voltando do local que a britânica maluca jogou ele (eu sempre quis saber o que acontece quando eles são ”banidos”). Olha, eu juro que no inicio da cena achei que a ameaça desta temporada ia ser alienígena. Tudo bem que Castiel estava meio bravo e tal, mas deixar o coitado jogado lá no chão da estrada para ser atropelado foi muita falta de consideração com quem ele acaba de “pegar um carro emprestado”. Sacanagem, viu.

Essa divisão britânica dos “Men of Letters” chegou causando, hein?! Mas onde eles estavam quando os irmãos Winchesters estavam enfrentando a Irmã de Deus? Ou todo o restante de monstros? Tudo bem que eles “explicam” lá pela metade do episódio, mas ainda assim não é justificável o que eles fizeram. Será que eles serão vilões, ou aliados? Achei legal a forma como eles lidam com os monstros na Inglaterra. Colocar armadilhas sinalizadoras podem servir para locais pequenos, mas não acho que seria viável em um local enorme como os EUA, ou no Brasil.

Em “Keep Calm and Carry On”, temos algumas respostas sobre o que está acontecendo, como por exemplo: descobrimos o que está acontecendo com Lucifer. O Capetão está pulando de corpo em corpo atrás de um que possa ser compatível com ele. Isso é importante saber, só espero que não demorem muito a mostrar o novo “vessel” de Lucifer.

sn12x01 3

Imagem: Arquivo pessoal

Momentos que valem a pena serem mencionados no episódio: A cara do Dean, quando percebe que a mãe dele estava lembrando dos “bons momentos” no banco do carro com o pai dele, foi impagável. A tortura do Sam foi um momento tenso, tanto a física como a psicológica.

Um retorno emotivo e tenso ao mesmo tempo, como um início de temporada de Supernatural merece. Espero que esta temporada seja tão boa quanto a passada, pois é bem capaz de que esta seja a última. Pois, potencial para fazer um final digno a série tem.

Avatar

Estevão Vieira

Empresário, bilionário, morando na California, super-heroi nas horas vagas.... oh wait! esse é o Tony Stark!!! ¬¬

1 comment

Add yours

Post a new comment