Supernatural – 12×19 – The Future

Imagem: Youtube/Reprodução

Continua após as recomendações

Alguém está conseguindo acompanhar a lógica desta temporada de Supernatural? Eu pensei que estivesse, mas percebi que me enganei ao assistir “The Future”. Logo de início pensei que a chegada dos Homens das Letras Britânicos significaria uma ajuda extra na luta contra o mal (a morte de Mick Davies em “The British Invasion” mostrou absolutamente o contrário). Depois, inocentemente, pensei que Dagon, por ser uma “princess of hell”, seria quase imbatível e daria muito trabalho para os Winchester, entretanto, o destino dela foi na direção inversa das minhas deduções. Ou seja, não sei como esta estória vai terminar!

Continua após a publicidade

Finalmente, Castiel voltou e trouxe consigo um plano para eliminar Kelly Kline e seu filho: sua missão seria levar Kelly para o céu e, ao passarem pelos portões celestiais, ela e seu bebê seriam automaticamente mortos. Aqui na Terra, mais precisamente no Bunker, Sam teve uma ideia brilhante: para salvar mãe e filho seria preciso apenas roubar a aura do filho do capiroto, visto que, apesar de tudo, ele é filho de um arcanjo. Sem sua aura, o garoto não poderia “tocar o terror” assim que nascesse. Mas… as coisas não saíram como programado.

Castiel conseguiu capturar Kelly, mas Dagon apareceu e estava disposta a eliminar quem tentasse detê-la. Dean e Sam chegaram bem na hora que a confusão estava no seu auge e, então, aconteceu uma das coisas mais surpreendentes (um dos motivos que provam que estive boiando durante toda essa temporada): Dagon destruiu o revólver Colt! Oh, my God! Que mundo é esse que estamos vivendo?!?! E para completar a bagunça, o bebê consegue usar o corpo de Castiel para destruir Dagon e enviá-la de volta ao inferno! O pior de tudo é que Castiel fica completamente encantado pelo pestinha, toma para si a responsabilidade de cuidar do garoto, e leva Kelly para algum lugar onde não possam ser encontrados. Como assim?

Sinceramente, devo confessar que esse episódio me surpreendeu, mas não sei dizer se positiva ou negativamente. Foi um tapa na cara atrás do outro! A única ideia que posso conjecturar é a possibilidade de estarmos prestes a presenciar um déjà vu. Lembram-se quando Castiel botou na cabeça que queria ser Deus e explodiu-se de tanto engolir milhares de almas? Então, acho que está acontecendo uma coisa parecida. Não que ele esteja tentando se passar pelo Todo Poderoso, mas que, novamente, esteja tomando a decisão errada. Certamente, ele se tornará um capacho das forças do mal! Por sua vez, Crowley está meio sumido da estória, mas recordem que ele tem Lúcifer em seu poder. Vamos ver como ele poderá ajudar os Winchester nessa confusão.

A décima segunda temporada de Supernatural se resume em uma mistura entre céu e inferno, um sobe e desce, um morre e ressuscita que deixa qualquer um meio sem rumo. Está difícil fazer previsões, pois a estória estava apontando um caminho, mas desde a morte de Mick Davies houve um desvio enorme que leva para um futuro completamente desconhecido. Alguém tem alguma ideia? (Enviem cartas para a redação, por favor, rsrsrrs).

Pode-se falar de tudo sobre Supernatural (cheia de clichês, redundâncias e com tramas sem pé nem cabeça), porém não podemos negar que esta temporada esteja cheia de surpresas. Eu espero que tudo isso termine em algo que faça sentido, que seja coerente e que dê margem para a continuação da estória, pois o contrário, uma mudança brusca de tema, seria uma admissão que a temporada não deu certo. Vamos ver o que nos espera!

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    Bruno D Rangel 3 maio, 2017 at 11:49 Responder

    Sinto falta da relação Dean/Castiel das antigas temporadas. Sinto falta do Dean na realidade. Ele anda chato, não é mais o mesmo.

    Gostei de toda a história envolvendo a Dagon, só não entendo pq pra matar anjos ela utilizava só um toque e com os Winchester ela lutava hehehe.

    Enfim, quero que chegue logo essa Season Finale pra sabermos se o tal nefilim vai ser um aliado ou o grande inimigo da 13ª temporada.

    Ps: Medo de Crowley morrer até o final da temporada. Parece tão avulso e Lúcifer parece que não será derrotado facilmente. E a história da Billie de que haveriam “proporções catástróficas” (não lembro a palavra exata)? Nunca mais citou-se isso.

    RIP Colt.

Post a new comment