Supernatural – 12×21 – There’s Something About Mary

Imagem: Youtube/Reprodução

O episódio de Supernatural desta semana foi uma verdadeira chacina. Os Homens das Letras Britânicos, tal como prometido em “The British Invasion”, começaram a aniquilar os hunters dos Estados Unidos: entre eles já pereceram Rick e Eileen Leahy. Sim, aquela que tentou acertar um tiro na Dagon, mas acabou matando um dos ingleses. Os caras não perdoam, mesmo!

A outra morte que me deixou chocada e doeu no fundo do coração foi a de Crowley! Ah não, ele tem que voltar. Já disse aqui no Mix de Séries que ele é um dos meus personagens favoritos. Se a morte dele for definitiva, é mais um no grupo daqueles que não disse a que veio nesta série. Já pudemos presenciar diversos altos e baixos do personagem, ocasiões em que ele quase passou para o lado do bem, mas preferiu continuar como vilão da estória. Porém, aqueles que acompanham Supernatural sabem que o Crowley pertence ao time dos Winchester, assim como Castiel. (#ressuscitaCrowley)

Continua após a publicidade

Agora que já falamos quem foi o morto, precisamos revelar quem o matou. Adivinhem quem foi? O coisa ruim! Durante todo o tempo em que foi refém de Crowley, ele conseguiu se fortalecer e se libertar das amarras que o prendiam ao seu próprio receptáculo. O ex-king of hell não teve chance nem de dizer “Ai!”. O próximo plano do capiroto é ir atrás de seu filhinho e “tocar o terror” no planeta Terra. Não está fácil para ninguém, definitivamente!

Imagem: Youtube/Reprodução

Outra que está comendo o pão que o diabo amassou (opss!) é Mary Winchester. Depois de descobrir os planos dos Homens das Letras de eliminar os hunters americanos, Mary foi mantida em cativeiro e tem sido submetida à lavagem cerebral para que se torne uma assassina cruel e impiedosa. Aliás, ela é quem está ajudando na eliminação dos caçadores: Mary matou Rick, e Mr. Ketch deu fim à vida de Eileen usando um cão do inferno emprestado por Crowley! De acordo com o que vimos neste episódio, os Homens das Letras têm algum tipo de acordo bem antigo com o filho de Rowena, que remonta desde seus tempos no Velho Continente. Agora, me digam, por que revelar esta informação somente agora? É por esse e outros motivos que eu creio que este não será o fim da participação de Crowley em Supernatural.

Enquanto isso, Dean e Sam estão mais perdidos do que cego em tiroteio. Não sabiam do paradeiro de sua mãe, da morte de vários caçadores amigos seus e muito menos que Mick Davies passou dessa para uma melhor, desde o episódio 17! Meu Jesus! Quem atualizou os irmãos sobre as últimas novidades foi Lady Bevell, capturada por eles e levada como refém até o Bunker. Contudo, que péssima surpresa Dean e Sam tiveram ao serem emboscados pelos britânicos e por sua própria mãe, que agora está totalmente dominada pela maldição Imperius (Harry Potter forever!), hein?! Sem dó nem piedade, Mary e Ketch prenderam os Winchester e Lady Bevell no Bunker com a promessa de que o oxigênio que os mantém vivos é suficiente somente para mais dois dias. Belo instinto maternal!

“There’s something about Mary” foi um bom episódio, cheio de surpresas, mas que ainda não direciona para o final da temporada. Os produtores insistem em adicionar informações novas nos 47 minutos do segundo tempo! Se não houvesse tantos enredos para encher linguiça, talvez a história ficasse mais bem amarrada.

Vale a pena relembrar algumas coisas que ainda não foram explicadas:
1- Onde está Rowena? Se não engano, sua última participação foi em “Family Feud”.
2- Quais as “consequências cósmicas” que seriam provocadas pela morte da ceifeira Billie prometidas lá no episódio “First Blood”? Até agora não vi nada que justificasse tal temor!
3- E John Winchester volta ou não volta?

Falta muito pouco para o fim desta 12ª temporada. Confesso que criei muitas expectativas logo no início, com Vince Vincent e o bebê maldito, mas para ser bem honesta, não estou satisfeita. Duvido que em dois episódios os produtores consigam me reconquistar, mas sou bastante fiel à série. Vamos ver o que nos espera!

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    Bruno D Rangel 17 maio, 2017 at 09:51 Responder

    Lúcifer fez um arranhão no rosto de Crowley e ele brilhou. Daí o matou e nada aconteceu. Sério mesmo que Lúcifer acreditou que o tinha matado? Pra mim ficou bem claro que Crowley entrou no corpo do rato, tanto que o rato seguiu o corpo quando os demônios foram descartá-lo. Obviamente Crowley voltará, só não sei se nessa temporada.

    A trama dos HdLB ficou boa na minha opinião. Fiquei empolgado e com vontade de ver mais, como há tempos não ficava. Me interesso mais por esse plot do que pelo filho do Lúcifer nesse momento (provavelmente só eu).

Post a new comment