Supernatural – 13×01 – Lost and Found

Imagem: CW/Divulgação

Hello, hunters! We’re back! Supernatural voltou com tudo e trouxe a expectativa de batalhas épicas entre o bem e o mal. Tal como vimos no final da temporada anterior, Jack, o filho de Lúcifer, nasceu e logo nos primeiros minutos deste primeiro episódio já mostrou a que veio. Após o portal que ligava o mundo real a uma realidade alternativa se fechar, Sam correu para a casa e deu de cara com um Jack adolescente, e não um bebê recém-nascido. Dean entrou em seguida e se comportou do seu modo habitual: atirar primeiro e perguntar depois! Nessa hora, juro que até prendi a respiração: os olhos do jovem se iluminaram e uma onda de força emanou do seu corpo, suficiente para fazer os Winchester serem lançados no ar e bater na parede oposta, perdendo a consciência imediatamente. Ao acordarem, Jack já havia sumido.

Meio desnorteado, e completamente peladão, o garoto saiu a procura de seu Pai. E aí é que surge a surpresa: Jack pensa que Castiel é o seu verdadeiro Pai!!! Segundo ele, enquanto ainda era gerado, sua Mãe o orientou a vir à Terra como um adulto e procurar Castiel, pois ele iria protege-lo e mantê-lo salvo. Ok, ok, esse foi um momento, no mínimo, interessante. Sam e Dean conseguem encontrar o garoto e o levam para ver o corpo de Castiel que, por enquanto, continua morto. Digo por enquanto, pois todo mundo já sabe que ele voltará nos próximos episódios, provavelmente, no terceiro desta temporada, thank God!

Continua após a publicidade

Porém, os Winchester não são os únicos atrás de Jack: uma batalhão de anjos liderados pelo Arcanjo Miguel (ou Michael, em inglês) está disposto a aniquilar o rebento de Lúcifer e enviá-lo para as profundezas do inferno. Aliás, Miguel promete ser o grande vilão deste ano da série. Ele não parece disposto a demonstrar compaixão nem pelo filho do Capiroto nem por qualquer outro que ousar entrar em seu caminho. O embate promete ser gigantesco e, logicamente, Dean e Sam estarão na linha de frente, pois eles já decidiram que precisam proteger o garoto. Somente ele pode reabrir o portal que possibilitará o retorno de Mary Winchester.

Imagem: CW/Divulgação

Não sei se vocês se lembram, mas Mary ficou presa em uma realidade alternativa e, ao que parece, está comendo o pão que o diabo amassou. A questão é que Lúcifer é seu companheiro de viagem e ficou muito claro que ele irá usá-la para sair daquele lugar. Nossa esperança é que Bobby possa ajuda-la no meio dessa confusão.

Esse primeiro episódio serviu para apresentar o Jack e incluí-lo na trama da série. Por enquanto, ele é apenas um garoto meio perdido, inocente e sem muita ideia da dimensão dos seus poderes. Em sua essência, Jack não é um cara mal, mas a evolução de sua personalidade dependerá das ações dos Winchester e Castiel e, por outro lado, se o Coisa-Ruim conseguirá alcança-lo. Dean até rezou pedindo a ajuda de Deus/Chuck, mas suas orações ainda não foram atendidas. Ou seja, nossos heróis contam com poucas alternativas para combater seus adversários. É por esse e outros motivos que o retorno de Castiel é tão esperado.

Lost and Found pode ser considerado um bom episódio de retorno. A única coisa que me incomodou um pouco é a atitude pessimista de Dean. Claro que as coisas não estão uma maravilha para o lado deles, mas ele podia evitar aqueles dramas, né! Por favor! No geral, estou bastante animada e curiosa para reencontrar Castiel, Bobby e, quem sabe, presenciar o retorno de outros personagens importantes que, segundo especulações, podem retornar em breve, como Kevin Tran. Seria sensacional! Então, preparem o sal e a água benta, pois Supernatural está só começando!

3 comments

Add yours

Post a new comment