Supernatural – 9×21 – King of the Damned

Abaddon

Era season finale e ninguém me avisou?

É bem verdade que Supernatural decaiu depois da quinta temporada, e apesar de muitos ainda não terem sido convencidos, a série conseguiu atingir um patamar bem mais confortável em relação as suas temporadas anteriores. Prova disso é este episódio: Com duas histórias boas acontecendo paralelamente, a série dá sinais que pretende fechar ambas as histórias nesta temporada mesmo. Não a muito tempo, o cliffhanger era garantido.

Com uma recapitulação de dois minutos, fica difícil não tentar adivinhar o plot do episódio, e começando pelo lado “angelical”, Castiel tentar trazer Gadreel para o seu lado é algo normal. Puxando o fio, lembramos que no início, Gadreel tenta ajudar Dean e Sam de boa vontade, e que somente depois ele é recrutado por Metatron. Gadreel não é do mau”.

Tivemos uma folga dos métodos interrogatórios efetivos de Dean neste episódio, tudo graças ao anjo looser que fala demais. Passei toda essa sequência com um sorriso enorme no rosto. Com sua morte, Cass percebeu o óbvio. Que havia alguém infiltrado em sua pequena operação. Para mim não faz sentido o pessoal de Metatron tentar matar Castiel, já que ele é necessário para a sua história dar certo. Furo ou tem algo mais nisso? Veremos…

Crowley ter um filho não é algo que me surpreendeu, mas poxa, fazer um trato com o Capeta só pra ter 5 centímetros a mais? Que baixa autoestima Crowley, tsc tsc… Foi interessante ver a reação do filho ao século 21, mas como Doctor Who ensinou, se tem algo com que não se deve mexer é um Fixed point in time. Melhor sorte na próxima vez, Príncipe do Inferno.

Abaddon tentar se unir a Crowley, com o objetivo de tirar a lâmina da jogada foi um movimento duvidoso. Mesmo tendo sequestrado o filho dele, em nenhum momento achei que ele ia mudar de lado, mesmo que temporariamente. E por não ter pensado melhor, ela encontrou o seu fim. Dean adquire uma certa sobrenaturalidade (See what a did here? Huh? Huh?… Nevermind…) com a Lâmina Original, e a mesma o possui. Aquele instinto para matar, que traz Paz (?) a Dean ainda vai causar problemas, ainda mais agora que ele se recusa a se separar da Lâmina. Algo que não entendi foi o porque de não terem matado Crowley ali mesmo. Poughkeepsie?

Com só mais um episódio antes da finale, o cenário é animador para a conclusão desta temporada. Supernatural, já renovada, precisa deste tipo de planejamento, se quer fazer uma boa Décima Temporada. O próximo episódio, 9×22 – Stairway To Heaven é focado em Castiel e em seus seguidores. Coisa boa vem aí.Supernatural.S09E21.King.Of.The.Damned.720p.WEB-DL.DD5.1.H.264-ECI.mkv_snapshot_26.38_[2014.05.10_21.41.31]

PS: E só por que eu falei que gostei, Supernatural: Bloodlines, foi cancelada antes mesmo de estrear. Realmente uma pena.

PS²: O humor neste episódio estava perfeito. Essa piadinha recorrente com o número do telefone do Crowley é ótima. Outro detalhe legal foi a volta dos Cães do Inferno. Quase que Juliet pega o Dean. Ainda bem que Papai Crowley botou ordem na casa.

PS³: Sam abrindo o corpo para recuperar a Lâmina me lembrou das primeiras temporadas da série.

PS do PS: Crowley para os seu delatores:

Vocês me traíram? Ninguém na história das torturas foram torturados com a tortura com que vocês serão torturados.

Share this post

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.