Superstar – 2×10 – Superfiltro

superstar-2x10

Continua após as recomendações

Fala pessoal! O Superstar continua a todo vapor em sua fase de Superfiltro, e agora as nove últimas bandas se apresentam para conseguir as seis últimas vagas para o Top 12. Essa semana o trio de jurados contou com a presença dos músicos Junior Lima, Daniela Mercury e Toni Garrido para os comentários direto da plateia.

Chega de papo, e vamos conferir quem serão os últimos classificados para a próxima etapa da atração.

Continua após a publicidade

 

PERFORMANCES

 

Kita – “Hoje eu Quero Sair Só” (80%)

Clique aqui para ver a performance.

Ana (75%): Olar, gente! Começando com uma ótima releitura com a Kita. Misturaram um rock com elementos das músicas eletrônicas. Se mostrando uma ótima banda do #TeamSandy.

Edu (70%): Kita é uma das minhas bandas favoritas da competição, mas a escolha não foi lá aquelas coisas. Mesmo assim foi uma performance agradável, nada mais além disso.

Let (70%): Gente, eu odeio essa música sabe, mas pela primeira vez ela ficou suportável. Foi uma boa apresentação, gostei bastante mesmo.

Paula (75%): Adorei! Já sou suspeita porque adoro a voz da vocalista, e a banda mandou bem demais em escolher uma música em português. Gostei da mistura, boa versão!

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX:” level=”72″]

 

Eletronaipe – “Nosso Lugar” (64%)

Clique aqui para ver a performance.

Ana (70%): Não vou negar, baita vibe da Eletronaipe. É meio clichê? É, mas não nego que me mexeu!

Edu (50%): Sofri.

Let (60%): A música é boa, mas sei lá, não me empolgou tanto. O arranjo é incrível, a banda é ótima, mas estou com medo por eles.

Paula (65%): Assim, a escolha da música é boa, a batida e toda a harmonia. Mas achei mais do mesmo, sei lá… sem novidades. A apresentação foi boa, mas com certeza não será a melhor da noite.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX:” level=”61″]

 

Supercombo – “Sol da Manhã” (78%)

Clique aqui para ver a performance.

Ana (90%): Gente, quero pra ontem essa música na minha playlist! Gostosinha, backing vocals arrasando! Outra grande candidata à final!

Edu (80%): Os caras mandaram super bem, foi um verdadeiro combo de qualidade e presença de palco. Palmas e mais palmas!

Let (80%): Essa banda é tão maravilhosa, mas tão maravilhosa, que ela sempre é capaz de mudar meu humor. Mais uma letra incrível com esse estilo de rock indie que raramente vemos em terras brazucas. Faz bem pro coração Supercombo.

Paula (80%): Que delícia de música. Adoreeeii! Supercombo agradando geral. Muito bom, merece demais estar na final. Curto bem o ritmo deles. E o mais legal, todos da banda fazem tudo e contribuem para esta maravilha. Que letra linda, hein?!

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX:” level=”82″]

 

Serial Funkers – “Mina do Condomínio/Brazilian Rhyme” (79%)

Clique aqui para ver a performance.

Ana (80%): Serial Funkers, mesmo sem uma autoral, conseguiu ser firme e manteve uma linearidade na apresentação. O vocalista por si só já lacrou com a dancinha!

Edu (85%): A performance mal começou, e lá estava eu cantando a música em alto e bom som. Que apresentação espetacular, por alguns momentos a qualidade chegou a ultrapassar a versão original de Seu Jorge. Bravo!

Let (75%): Vamos confessar? Eles foram melhores que o próprio Seu Jorge. Foi um apresentação cheia de swing e quase dancei igual.

Paula (75%): Esta banda tem estilo, né?! Excelente versão da música do Seu Jorge e todo este remix. A voz do vocalista é muito boa, estável, afinada, aveludada. Sensacional!

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX:” level=”79″]

 

Dois Africanos – “Sonho de Sucesso” (80%)

Clique aqui para ver a performance.

Ana (100%): Na moral, o rap da dupla é um dos melhores que o Brasil já conheceu. Eles cantam sobre a vida deles, como é a vida aqui no Brasil e como era na Terra-Mãe, e isso nunca é demais! Não sou muito de rap, hip hop e tal, mas Dois Africanos é uma exceção!

Edu (80%): Coisa boa, de qualidade. Estava evidente que eles não nos decepcionariam, proporcionando uma das maiores apresentações da noite.

Let (90%): Essa dupla nunca decepciona. É disso que o Brasil precisa, desse swing de raiz, esse ritmo que movimenta nosso corpo naturalmente. Eles são incríveis, e tenho certeza que irão pra final.

Paula (80%): Ow, estes africanos são muito bons. Não é que a música pega, hein?! Vibe boa demais. E mais legal ainda saber que a galera tem reconhecido este talento. Acho tão legal saber desta história deles, de superação, de sucesso, através da música.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX:” level=”87″]

 

Dona Zaíra – “Tome Forró” (77%)

Clique aqui para ver a performance.

Ana (75%): Ainda não me conformo do fato de Dona Zaíra e Os Gonzagas estarem no programa, e o Trio Sinhá Flor não estar. É muita dor no coração. Mas hoje, eles até que foram bonzinhos. Um forró gostoso, sem muita firula, indo direto no ponto.

Edu (80%): Depois daquela coisa toda confusa no Superpasse, os caras do Dona Zaíra se redimiram em meio de uma performance deliciosa. Que vontade de levantar e começar a dançar, mesmo não sabendo.

Let (80%): Mais uma apresentação deliciosa, essa noite tá lacradora hein! E pela primeira vez gostei de alguma apresentação dessa banda. O ritmo estava perfeito, e isso bastou, já que a letra não falava muito.

Paula (70%): O que mais gosto desta banda são as roupas da apresentação. Este uniforme sei lá o que… que não uma harmonia e a gente vê que eles são um só. Boa música, boa para dançar. Tudo bem ritmado. Hoje não está tendo performance ruim, hein?!

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX:” level=”76″]

 

Falange – “Summer Nights/Quero Mais” (49%)

Clique aqui para ver a performance.

Ana (10%): Acho que já temos uma eliminada, né gente? Obrigado, saída à direita.

Edu (10%): Não!

Let (30%): Bom alguma coisa deu errado né? Acho ótimo, porque detesto essa banda desde o início.

Paula (50%): É gente, a escolha da música foi bem ruim. O que houve?! De hoje, foi a pior apresentação. Com certeza é bem nítido ver que eles estão aquém dos demais… e despedem hoje, provavelmente.

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX:” level=”25″]

 

Scambo – “O Tempo Não Para” (79%)

Clique aqui para ver a performance.

Ana (100%): Ótima releitura de Cazuza. Algo díficil de concretizar, um clássico sem ser destruído. Deram o toque da banda, sem descaracterizar a música. Lacraram!

Edu (80%): Já disse isso em outras apresentações da banda, o vocalista canta igual ao Marcelo do Strike, e parecia que eu estava ouvindo uma versão feita pelo grupo que embalou o fim da minha adolescência. Foi uma versão bem ágil, e eles foram bem ousados na escolha, já que esse é um dos maiores hinos da música brasileira.

Let (65%): Achei tão Capital Inicial que odiei. Cazuza não merecia essa heresia.

Paula (80%): Amo esta música, e achei bem ousados resolverem cantar um clássico destes. Mas a versão de Scambo ficou ótima. Adorei. Show demais! A voz do vocalista é muito boa!

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX:” level=”81″]

 

Consciência Tranquila – “Bom Senso/Imunização Racional (Que Beleza)/ Visão de Rua” (76%)

Clique aqui para ver a performance.

Ana (80%): Eu posso estar muito errada, mas achei um pout-pourri sensacional. Finalmente a banda se encontrou no programa!

Edu (70%): Foi gostoso de se ouvir, mas achei muito normal, sem muitas novidades.

Let (80%): APRENDAM SCAMBO, é assim que se faz cover. Eu amei essa apresentação, e não canso de agradecer por terem salvado eles alguns programas atrás. Eu dancei aqui, não sei vocês!

Paula (80%): Além de um cover, foi uma música autoral. Foram bem originais na versão. Parabéns! Ficou bom demais a mistura das músicas, Tim Maia com a música deles… deu tão certo. Várias vozes e esta batida boa. Mandaram bem, todo mundo dançou! Que beleza!

[skillbar title=”MÉDIA DO MIX:” level=”77″]

 

Superfiltro (Eliminadas) – Consciência Tranquila, Falange, Eletronaipe

Clique aqui para ver a eliminação.

Ana: Chorando por Consciência Tranquila e Eletronaipe. Com um sentimento de justiça por Falange. Faz tempos que a banda só queimava cartucho ao fazer releituras ridículas. Valeu a participação.

Edu: Apenas Consciência Tranquila que achei injusta a eliminação, mas de resto… adeus!

Let: Só estou chateada por Consciência Tranquila, e muito chateada. Enquanto isso Scambo passa, aff a vida não é justa.

Paula: Ah gente, que pena que Consciênca Tranquila não passou. As demais bandas a gente até entende, pois estavam em um nível abaixo das grandes bandas desta temporada. Mas enfim, que sigam as melhores!

 

O que acharam da formação do Top 12? Alguma banda para quem você estava torcendo ficou de fora?

Tags SuperStar
Avatar

Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    Gabriel Esteves 16 junho, 2015 at 15:53 Responder

    Esse foi o melhor programa da temporada (junto com o SuperPasse do time da Sandy) que está muito boa aliás. Mais uma vez o público brasileiro caga no pau e deixa Kita de fora do programa, novamente quem ENTENDE de música salva Kita com toda a justiça. Scambo também foi divino, simplesmente pegaram minha musica de rock preferida e mataram a pau numa versão bem interessante. O sotaque do vocalista é delicioso e ele mostrou ter vocais dinâmicos e versáteis, além de ser desprentencioso, encher o palco sem ser forçado. Pra mim essa apresentação foi uma das melhores da temporada.
    Agora, uma coisa, o que a Globo tem contra “Carcará” da Elis Regina. Khrystal queria cantar ela, não o fez. Scambo também cantaria essa música e não o fez.

    Achei o Top 12 muito bom até e meu Top 5 é: Scalene=Scambo >> Supercombo >> Kita >> Versalle.

Post a new comment