Taken – 1×07 – Solo

Imagem: Arquivo Pessoal

Continua após as recomendações

Em “Solo”, Bryan e sua equipe se deparam com um caso que traz o passado a tona: Carlos Mejia. A equipe precisa da ajuda do bandido para capturar outro bandido. A manipulação de Mills sobre Mejia, a conversa carregada de raiva, ódio…. e o agente não pôde fazer nada com o bandido. Mas como nada é fácil em série de TV, Bryan é sequestrado e torturado pelo grupo de Vitek quando ajuda a sua equipe a se salvar.

Continua após a publicidade

Enquanto Bryan é torturado para dizer quem é e onde está Vitek, chamo a atenção para os flashbacks, onde mostra os treinamentos que Mills recebeu de Sam e Harris para resistir à tortura e conseguir fugir de cativeiros. As lembranças mesclaram com o presente, gerando cenas ótimas e muito bem construídas. O diálogo de Sam com Bryan foi tão cheio de emoção, o companheiro falando que a equipe é importante e os companheiros sempre se ajudam –literalmente foi o que Bryan fez, salvou os companheiros.

Quando você acha que nada pode piorar, eis que surge outro bandido na parada: Jimmy Dunne, e sequestra Bryan dos outros sequestradores – sim. Eita atrás de eita nessa série. Mas Mills, como sempre, tira uma carta da manga e da volta por cima. Nada muito absurdo, apenas o que ele normalmente faz: sobrevive. O que foi interessante é que em uma perseguição, acabaram pegando dois bandidos.

Porém, a equipe de Bryan não gostou muito da ideia do ex-militar deixá-los e ir sozinho atrás dos bandidos, porque afinal, o discurso de Sam não foi sobre se sacrificar pela equipe e, sim, trabalharem em equipe, saber que eles estarão lá um pelo outro. Aparentemente, Mills ainda tem problemas com esse tipo de trabalho.

Esse episódio foi tão bom de assistir, incluiu tudo o que esperávamos de Taken: as perseguições, lutas, tudo fluiu bem. Para mim, o melhor episódio da temporada. E ao final, Bryan conhecendo o pai da Asha, foi tão fofo. Ele explicando ao futuro sogro o que faz, o porquê dele fazer isso. Fofo e fofo.

Até a próxima review.

Tags Taken
Avatar

Letícia Garcia

Paulista, jornalista e apaixonada por séries e futebol. Grey's Anatomy é a série da vida, mas também é fã de Spartacus, Supernatural, Vikings, Sons of Anarchy e Friends

No comments

Add yours