Ted Sarandos afirma que é “humanamente impossível” assistir todo o catalogo da Netflix

Ted Sarandos e Reed Hastings, processada
Ted Sarandos e Reed Hastings, processada

Ted Sarandos (E) e Reed Hastings (D). Imagem: Chris Pizzello / Invision / AP Photo

Continua após as recomendações

Calculando o tempo para fazer maratona no catálogo da Netflix…

Em uma festa anual para a campanha da Netflix ao Emmy, o chefe de conteúdo Ted Sarandos afirmou que não há mais a possibilidade, para ele, de assistir tudo que está no site. Em vez disso, ele confia em sua equipe para supervisionar o site, a medida que ele cresce.

“Eu tenho uma equipe incrível. Mais do que isso, essa equipe é superpoderosa, pode tomar essas decisões. Houve um tempo em que eu assisti a cada produção, li cada rascunho. Agora nem penso nisso, não é humanamente possível.”, declarou o executivo ao The Hollywood Reporter.

Continua após a publicidade

Boicote ao Festival de Cannes

Os comentários de Sarandos vêm após o pedido de desculpas feito por Reed Hastings, sobre a decisão do serviço em se retirar do festival de cinema de Cannes.

Reed Hastings admitiu que lamentava a decisão após o reforço de uma regra que proíbe filmes sem distribuição teatral na França de competir, admitindo também que cometem erros. A decisão foi dramática, após Okja e The Meyerowitz Stories, dois filmes produzidos pela Netflix, quase serem retirados da competição.

A decisão também é reflexo de uma pesquisa recente, em que 20% das visualizações da Netflix em solo americano são dos programas de TV ou filmes originais do serviço de streaming. 42% dos assinantes americanos do canal assistem principalmente a conteúdo licenciado.

Ana Maria de Oliveira

Ana Maria de Oliveira

Jornalista e uma decepção como digital influencer e youtuber. Desde 1993 sendo trouxa e shippando quem não deve. Aqui no Mix de Séries é editora e tradutora de notícias e escreve reviews de The Last Ship e The Rookie.

No comments

Add yours