Teen Wolf – 6×07 – Heartless

Fonte: spoilersguide.com

Continua após a publicidade

Uau. Eu, definitivamente, não esperava um episódio tão bom de Teen Wolf depois de alguns dos episódios desta temporada, mas este realmente soube trazer todos os melhores pontos da série e o resultado ficou impecável. Pudemos descobrir, por exemplo, todos os mistérios abertos no episódio anterior, incluindo o fantasma do filho da banshee (que ela conjurou), o que havia por trás da parede misteriosa da casa dos Stilinski (e a cena entre Lydia e Xerife Stiles, wow) e, por fim, o mistério da mãe viva de Stiles (que, na verdade, está morta e foi conjurada pelo xerife), tudo isso sem perder o bom humor.

Mas vamos por partes, porque há muito a se falar deste episódio. Tenho que começar pelo que considero ser a melhor cena da temporada: Xerife Stilinski descobre que Stiles é real/Lydia acha a camiseta de Stiles e percebe que o Xerife não quer aceitar a existência do filho. Essa cena para mim foi extremamente forte, especialmente em virtude de termos acompanhado o relacionamento maravilhoso desenvolvido durante estas temporadas todas por Stiles e pelo Xerife. A química entre os intérpretes sempre foi muito boa e somado à ótima escrita das primeiras temporadas, pudemos ver uma família um pouco disfuncional, mas extremamente unida. Esta conexão que o pai e seu filho dividem foi o que tornou a cena tão intensa, pois Lydia passou boa parte deste primeiro momento da temporada tentando convencê-lo da existência de Stiles, mas ele continuava a se negar a ver o óbvio. A construção foi feita pouco a pouco e culminou na revelação deste episódio. Impacto maior ainda foi o fato de ele ser tão ligado ao filho que teve que invocar a alma da falecida esposa para preencher o vácuo que ficou, algo como uma síndrome do membro fantasma.

Além deste verdadeiro ápice da série, tivemos também uma boa visualização do que Theo passou durante todo esse tempo. Acho que é totalmente justificável o retorno do personagem com um caráter mais humanizado após ter sido morto inúmeras vezes pela irmã que ele mesmo matou. Obviamente um tigre não perde as listras e Theo continua um covarde e um manipulador, usando de sua posição de vantagem para se manter seguro, mas ao menos agora sabemos que ele não é mais um sociopata psicótico.

Mais uma coisa que me chamou a atenção e devo mencionar: o retorno de Peter. O personagem passou boa parte da série virando a casaca, mas parece que finalmente escolheu um lado (o da filha dele). Peter pode ter feito muitas coisas no decorrer da série, inclusive matar, manipular e torturar, mas algo que temos por provado é o afeto dela pela filha. Ele literalmente estava disposto a se sacrificar pelo bem dela e quase morreu voltando da dimensão da estação do trem só para salvá-la. Se isso não é amor, não sei o que é.

Por fim, não posso deixar de mencionar aquele final totalmente wtf que a série nos deu. Além de termos uma noção da força verdadeira do Lobisomem Nazista / Experimento dos Doutores do Medo / Possível vilão da temporada / Garrett Douglas, pudemos ver que os Cavaleiros Fantasmas realmente podem ser mortos e eles também têm medo. Agora as coisas ficaram interessantes de verdade, pois até o momento os Cavaleiros pareciam invencíveis, mas graças ao episódio pudemos ver que se tiverem o crânio partido e o cérebro remexido eles serão mortos. A captura de Corey também me deixou sem fôlego e espero ver as profundas repercussões disso no próximo episódio (Será que Garrett possui os mesmos poderes dos Cavaleiros? Corey realmente será apagado da existência e da memória de todos? Por que ele fez isso?).

Após este episódio maravilhoso, eu jamais poderia deixar de elogiar tudo que foi feito. Minha impressão sempre foi a de que a série estava com o desenvolvimento arrastado, mas isso abriu portas para que um grupo de revelações fosse feito num episódio só. Não posso deixar de falar também da trilha sonora, que foi um caso à parte de tão maravilhosa. Não costumo rasgar seda para Teen Wolf, especialmente por já ter contemplado o potencial real da série e, em virtude disso, não aceitar qualquer coisa, mas dessa vez sinto que TW realmente chegou ao nível que poderia. Um belo episódio e uma bela estória foram contados (acho que o fato de o episódio anterior ter sido bom colaborou com isso).

Tags Teen Wolf
Avatar

Roger Olly

Virginiano com ascendente em gêmeos. Fã de The Magicians e Imposters. Faço reviews de New Girl, Teen Wolf e escrevo a coluna Spoiler Alert.

No comments

Add yours