Teu Passado Te Condena: Stephen Amell

Imagem: CW/Divulgação

O Arqueiro Verde consegue esconder sua verdadeira identidade. Mas ele também seria capaz de esconder o passado por debaixo de um capuz?

Continua após publicidade

Stephen Amell tirou a sorte grande. Entre inúmeros atores, ele foi o escolhido para estrelar a nova série de heróis do CW. Visando o público órfão de Smalville (se é que eles realmente existam), mais um herói foi tirado dos quadrinhos da DC Comic’s direto para a TV. Em 2013 estrelava Arrow, a série do Arqueiro Verde.

Continua após a publicidade

Arrow foi um sucesso instantâneo, se consolidando como uma das maiores audiências do canal, e Stephen foi lançado ao estrelato. Ele pode deixar um pouco a desejar no quesito atuação, mas manda bem nas cenas de ação e no carisma com os fãs e a imprensa.

Continua após publicidade

Como qualquer ator do canal, podemos afirmar que a beleza foi um fator decisivo na sua contratação, fator esse que também influenciou nos seus trabalhos passados…

 

Continua após publicidade

Arrow

 

Antes de Arrow, Stephen fez algumas participações na TV canadense (dizem que ele guarda uma espécie de “Emmy canadense” no fundo do armário, mas é melhor nem se animar, o “Emmy brasileiro” é o Troféu Imprensa). Nos Estados Unidos, ele já passou por vários canais, inclusive pelo próprio CW, como em The Vampire Diaries e 90210. Mas foi na comédia da HBO, Hung, que ele recebeu mais destaque até então.

Hung conta a história de Ray Drecker (Thomas Jane), um fracassado esportista que acabou tendo que ser professor de educação física para se sustentar. Na meia idade, divorciado, com dois filhos e falido, ele descobre uma forma de ganhar a vida no seu pênis bem dotado. Stephen aparece na terceira e – olha o azar! – última temporada como Jason, garçom de dia e gigolô à noite, o principal rival de Ray no ramo da prostituição. Pelo jeito ele gosta de personagens com vida dupla.

Stephen Amell, teu passado te condena!

 

Stephen Amell Hung
Vocês não sabem o que passei para concluir essa coluna, então é melhor curtir e comentar.