The 100 – 2×12 – Rubicon

Front

 

E como já dizia a deusa, louca e feiticeira Katherine Pierce: Kaboom.

Sério pessoal, do fundo do meu coração eu estou tentando fazer uma review em que eu não surte em cada parágrafo, mas a situação aqui está praticamente impossível por conta do samba que foi esse episódio. Produção, posso tomar um Maracugina rapidinho? Não? Ok. Simbora!

Continua após a publicidade

Vamos começar pelo plot mais fraquinho do episódio (que ainda assim foi muito bom), a jornada de Murphy e Jaha em busca da cidade da luz. O tempo inteiro eu desconfiei daquela criatura porque aprendemos que em The 100, não podemos jamais confiar em alguém que mal chegou no episódio e já está contando a sua história de vida (tão entendendo porque eu ainda não confio na Maya?), e mais uma vez, isso foi comprovado quando aquela Regina Casé versão nova roubou todos os suprimentos do povinho e ainda deu uns cassetes no Murphy. Acho digno que o Jaha tenha todas as suas crenças ridículas destruídas uma por uma, pois não o suporto por ter saído ileso após cometer genocídio, e Murphy, por mais que esteja aturável, ainda não está nem perto de me fazer gostar dele. Achei esperto da parte do pessoal deles de ter dado no pé, pois se você está largado na terra e não tem a menor ideia de para onde está indo, a última coisa que você quer é vagar pelo deserto sem suprimentos, não é mesmo? Se eles acharem a cidade da luz, é óbvio que eles voltarão para buscar alguém, então eles podem ter certeza sobre o seu destino.

Clarke e Lexa foram outras personagens que ficaram meio mornas o episódio inteiro, e nem assim conseguiram deixar de ter uma situação tensa na série. Depois de irem numa reunião lá onde os grounders se reúnem, logo chega ao conhecimento de Clarke que vai haver um míssil atacando eles e ela precisa fazer todo o possível para impedir que mais pessoas morram. Eu acredito já ter comentado em algum lugar que odeio o quanto as séries têm o defeito de inocentar os pais das filhasdaputagem que eles fazem no decorrer dos episódios, sempre colocando os filhos como culpados. Tudo bem, Clarke cometeu um erro ali, mas o que foi um erro de Clarke na temporada comparado a 10 erros da Abby? Há corda Brasil! Moving on… Era óbvio que Octavia, Lincoln, Marcus e Indra seriam removidos dali, afinal, são personagens importantes, mas teria um impacto bem maior no episódio se o Marcus morresse, ou então se a Octavia se ferisse (não a ponto de morrer) só para vermos o Bellamy voando em cima da Clarke com ódio em seus olhos, pois nós, shippers, já estamos acostumados a sofrer. Acabou que Abby ficou “você fez isso”, avá, como se a Clarke não soubesse né? Por favor Abby, você já fez tanta merda na série que não sabe nem se a sua “melhor amiga” da primeira temporada está viva ou não, se enxergue.

Octavia, minha princesinha que está bem próximo de se tornar uma verdadeira grounder teve um momento decisivo em sua relação com o Lincoln. Adorei que ela está lutando para conseguir que ele volte a si, mas adorei mais ainda o fato de ela não ter tempo para gente fraca e o ultimato que ela deu no namorado. Simplesmente um discurso digno de uma líder, de alguém que luta pelo que quer e não perde tempo com quem não quer nada da vida. Espero do fundo do meu coração que Lincoln engula o choro e vire homem, porque esse mimimi dele com o LSD de reaper já encheu o saco.

DownE agora o ponto alto do episódio: Mount Weather. Quando a desgraça começou a acontecer lá dentro, nós realmente não pensávamos que poderia ficar pior, e aí boom! Teve míssil sendo disparado, teve gente sendo capturada para ter a medula extraída, teve tiroteio, teve radioatividade, teve basicamente o bloco dos The 47 passando ali na avenida e sambando na cara de todo mundo. Adorei cada segundo de toda a adrenalina que essa sequência de cenas me proporcionou, desde a Raven conduzindo o Bellamy para liberar a radioatividade no setor, à Jasper finalmente se vingando daquela doutora louca do cu com uma das melhores frases da temporada “Espero que você saiba que é muito importante para nós” e estou com o coração na mão de nervosismo pelo tanto de desgraça que ainda está para acontecer nos próximos quatro episódios da série. Meu conselho para vocês é o seguinte: Segurem e amarrem o tchan de vocês o mais forte que conseguirem, ou estaremos todos fazendo encontrão dos “Fãs jogados no chão pelos últimos episódios de The 100“. Veja a promo de mais um samba logo abaixo!

 

[youtube]http://youtu.be/fztYg84CWEE[/youtube]

Tags CWThe 100
Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours