The 100 – 3×12 – Demons

catsd4esssss
Imagem: Arquivo pessoal

 

Continua após publicidade

Ascende superius.

Continua após a publicidade

Após o episódio da semana passada, que manteve o foco num único grupo, é a vez de “Demons” amarrar as pontas soltas e unir de vez as principais tramas paralelas. O núcleo de Polis e o núcleo do Arkadia agora podem ser vistos, de forma ampla, como um só. Ambos os lados tem objetivos contrários, mas o trono Grounder é o centro do problema, ou pelo menos a comissão de frente dele.

Continua após publicidade

A história de Jaha e sua ladainha da Cidade da Luz tornou-se mais do que cansativa ao longo dos episódios, mas agora pudemos vê-la, finalmente, caminhando junto às outras. Depois do acampamento da Arca, agora é a vez de Polis fazer parte do plano maior da A.I. que está por trás das ações do antigo chanceler. Ontari juntou-se ao exército de A.L.I.E. e, através da sua influência como Heda, trará consigo uma multidão, senão todos os habitantes da cidadezinha. Então se Clarke já tinha motivos suficientes para encontrar Luna e coroá-la como a comandante legítima, agora é tudo ou nada.

catseerdwsws
Imagem: Arquivo pessoal

Os poucos arcadianos que restaram voltaram para casa em busca de pistas de onde e como encontrar a possível sucessora de Lexa, e de fato as conseguiram, mas não sem antes beirarem a morte, mais uma vez. Emerson deu as caras novamente e seu desejo era vingar os acontecimentos do Mount Wheater, que pelo visto ainda repercutirão durante muito tempo. De forma quase idêntica, ele conseguiu fazer com que Clarke passasse pelo o que ele passou, colocando praticamente todo o elenco principal em perigo. A.L.I.E. 2 pode ainda não ter encontrado sua nova hospedeira, mas mesmo assim foi ela quem salvou o dia no acampamento fantasma. Episódios atrás, quando Titus explicou que só os sanguinários poderiam carregar a “chama”, eu pensei que fosse só mais uma superstição dentro da mitologia Grounder, mas não era, e Emerson serviu como exemplo. Infelizmente, Sinclair não escapou com vida, mas, sem ele, todos os outros teriam tido o mesmo destino. #RIPSinclair

Continua após publicidade

Com o grupo novamente separado em duas equipes, mas funcionando como partes fundamentais do mesmo plano, o maior obstáculo agora é, sem dúvidas, o tempo. Além disso, eles precisarão de muita sorte, pois achar Luna não parece ser uma tarefa fácil, e mesmo que consigam, algo me diz que ela não pulará de alegria ao receber a comitiva junto com as suas “boas novas”. Aproximando-se do desfecho da temporada, The 100, aparentemente, não pretende decepcionar ninguém.