The 100 – 4×11 – The Other Side

Imagem: The CW/Divulgação

Continua após as recomendações

O que você faria para sobreviver? Para salvar aqueles que ama? Por que você escolheria morrer? Qual o limite para erros cometidos por uma pessoa, até ela não conseguir mais se redimir? Você lutaria contra todos por apenas uma pessoa? Em The Other Side, tivemos essas perguntas e muitas outras, tentando descobrir o valor da vida.

Continua após a publicidade

Raven, na ilha, decidiu que queria viver e encontrou Sinclair. O antigo amigo é quem deu forças para ela buscar uma solução, enquanto Becca persistia na ideia de morrer dignamente. A dúvida entre desistir da vida ou continuar vivendo com tudo que a faz ser exatamente quem ela é. Com uma ideia que só deus sabe de onde veio, a mecânica mergulhou no gelo, levou uns choques e IT’S BACK BITCHES!!!

Em Arkadia, tivemos a felicidade de nos despedir de Jasper, que tava fazendo hora extra na terra já. Com um chá que causava overdose, ele intoxicou a si e todos ao seu redor, antes mesmo de encontrar a Praimfaya. Harper com o clichê “não te amo, segue sua vida”, enrolou e fez o Monty sofrer durante todo o episódio, para no final falar que amava e que queria viver junto com ele. Nos poupe, né, querida.

Imagem: The CW/Divulgação

Já no bunker, as coisas foram complicadas. Octavia seguiu firme, segurando os clãs e esperando Bellamy abrir as portas. O que ela não imaginava, é que Clarke tinha se juntado com Jaha e decidido quem ia ou não viver. O discurso deles me causou uma repulsa sem igual, eu os deixaria pra fora do abrigo se pudesse.

Graças à Abby, que não aceitou deixar Kane para trás (ainda bem), Bellamy conseguiu chegar à porta do bunker, mas então, Clarke apareceu com a arma e o “eu tenho que fazer o que precisa ser feito“. É fácil ver que pra ela, a essa altura do campeonato, parece que existe uma linha muito tênue sobre o que deve ser feito e o que, de acordo com ela, no momento é o mais certo.

Não faz muito tempo, ela queria ser Comandante e honrar a memória de Lexa. O que aconteceu nesse meio tempo? Alguém sabe? Ainda bem que ela se tocou na hora certa e permitiu que Bellamy abrisse a porta. O reencontro dele e de Octavia foi lindo. Nossa Skairipa está com tudo e deu 12 horas para que eles decidam quem serão os 100 dos Skaikrus que permanecerão no bunker, contanto que um deles seja o irmão.

Agora nos resta saber quem vai e quem fica para enfrentar a Praimfaya. Com Monty, Raven e Harper chegando, os lugares vão se esgotando, não é mesmo? O episódio não foi tão bom quanto o anterior, mas conseguiu oferecer uma continuação satisfatória.

Com apenas dois episódios para o fim da temporada, façam suas apostas. Quem vai conseguir um bilhete dourado e se tornar parte dos novos “100”?

Nota: Echo levou a coça que merecia desde o começo da temporada, bem feito.

Nota 2: Murphy não se dá bem em uma, coitado.

Nota 3: Só eu acho que a Clarke e a tal da Niylah têm a química de duas árvores? Alguém para isso, por favor.

No próximo episódio, intitulado “The Chosen“, Jaha e Kane discordam sobre como lidar com a ameaçadora realidade. Enquanto isso, Clarke lidera um grupo para salvar um amigo.

Confiram o trailer aqui em baixo e espero vocês na próxima review. Até lá!

Tags The 100