The 100 – 4×13 – Praimfaya [SEASON FINALE]

Imagem: The CW/Divulgação

Essa que vos escreve respira com a ajuda de aparelhos, depois desse episódio que encerrou a temporada. Após inconstância e confusão no início e meio da temporada, The 100 parece ter achado o tom nos últimos episódios e encerrado de forma satisfatória, mas que eu não entendi o que aconteceu ali no fim, não entendi mesmo.

Começamos com a despedida de Octavia e Bellamy que foi emocionante. Digo e repito, o relacionamento dos dois é o melhor da série. E de quebra temos Indra e sua pupila que em cena dão um show. A era de Comandantes já passou, agora é a sua vez, Octavia. Vai que é tua, minha filha!

Continua após a publicidade

Na ilha, foi infarto atrás de infarto, teve uma hora que eu achei que quem não iria sair viva, era eu, pelo amor de Deus. Raven elencou todas as possibilidades de erros possíveis e, ainda assim, eles seguiram em frente. Em uma hora, eles precisavam buscar um gerador de ar, instalar um receptor numa torre a 1,5km de distância e fazer caberem oito pessoas em um foguete para dois.

Murphy e Monty ficaram responsáveis pelo gerador, o problema é que Monty teve que tirar suas luvas e foi atingido pela radiação, desmaiando bem no meio do caminho de volta. Murphy, que melhorou demais nessa temporada, foi inteligente de levar o gerador e pedir ajuda para buscar o companheiro de missão. O abraço dos dois até me emocionou um pouco, não vou negar.

Mas enquanto uns ganhavam, outros perdiam, não é, Clarke? Wanheda estava contando com a ajuda de Bellamy para enviar o sinal que ligaria a Arca, mas com o imprevisto de Monty, ela foi sozinha. Raven foi bem clara quando disse que ela precisava de dez minutos para voltar e entrar no foguete, mas não foi possível. Tudo que podia dar errado, deu. A torre tinha aproximadamente mil metros de altura e ela precisava chegar no topo e descer, quais eram as chances? Então, ela fez o que realmente tinha que fazer, decidiu que ficaria para trás e permitiria que os amigos sobrevivessem.

As cenas dela em cima da torre, vendo a onda se aproximar, tentando conseguir o sinal do satélite, mudando a antena de lugar e quase caindo, me fizeram roer as unhas. Mas com muito esforço ela conseguiu, pena que não a tempo de voltar pra casa.

Imagem: Youtube/Reprodução

No laboratório, enquanto todo mundo se preparava, aquele embuste aka Echo, fazia um ritual para se matar, o que Bellamy devia ter permitido. Mas no fundo, ele estava certo, ela será útil durante esses anos, pois querendo ou não, ela é uma personagem muito forte e que não desiste fácil. As cenas deles esperando a Clarke e depois o seu assento vazio foram de cortar o coração, mas eles precisavam sobreviver e fariam isso em nome dela. Porém, não contavam com toda aquela dificuldade para entrar na Arca e nem com a falta de ar terrível que os atingiu quando entraram. As cenas deles agindo em equipe, compartilhando oxigênio e acordando após o início da saída de ar foram bonitas, exemplificando a cumplicidade que todos ali têm.

E então, 6 anos e 7 dias depois, descobrimos que: Clarke não morreu, encontrou uma criança (ou estava grávida? o que é pouco provável), sobreviveu por todo esse tempo, só Deus sabe onde, não teve contato com ninguém que estava no bunker, não conseguiu avisar ao pessoal da Arca que está viva e, agora, uma nave de prisioneiros nunca vista antes está pousando.

Terminamos a temporada com várias perguntas e nenhuma resposta, só por isso a gente sabe que The 100 está vivíssima e volta com tudo em 2018. Até lá, criem suas teorias. Alguém morreu? Como eles sobreviveram durante todo esse tempo? Por quê não saíram do bunker? Por quê não desceram da Arca? Quem é essa criança? Como Clarke sobreviveu? Onde ela ficou? Quem é essa Corporação Eligius e seus prisioneiros? Quem foi o cabeleireiro de Clarke?

São perguntas a serem respondidas somente na quinta temporada. Aposto que vão investir no recurso de flashbacks e flashforwards para mostrar o que aconteceu durante todo esse tempo e como as coisas vão ser agora, com a chegada de novos skykrus.

Nota: Achei que Bellamy fosse se declarar para Clarke, mas pena que não foi dessa vez. Aquele abraço dos dois no começo do episódio foi de partir corações.

Nota 2: Certeza que vão juntá-lo a Echo, mas vai ser só a Clarke aparecer pra acabar o que nem devia ter começado.

Nota 3: Curiosíssima para saber o que houve no bunker.

Nota 4: Será que o abrigo de Becca era um tipo de bunker? Ou alguém levou a Clarke para o bunker que existia lá? A menina que está com ela, quem sabe…

Nota 5: Eu estou rindo, mas é de nervoso.

Termino as reviews dessa temporada com satisfação, apesar do início conturbado e confuso, o final dado foi bom, ainda que só tenha criado mais perguntas, mas esse é o objetivo, não é mesmo? Obrigada a todos que acompanharam as reviews aqui no Mix e espero estar de volta para a próxima temporada, que é só em 2018.

May we meet again!

Tags The 100
Avatar

Gabriela Scampini

Paulista, estudante de Direito e geminiana. Apaixonada por livros e séries, mesmo sem ter tempo pra nenhum dos dois. No Mix, escreve a coluna #MixAudiência, além das reviews de American Crime Story, Black Mirror, Chicago Fire e The 100.

2 comments

Add yours
  1. Avatar
    Beatriz Miranda 28 maio, 2017 at 16:49 Responder

    Quem foi o cabeleireiro de Clarke? Foi ótimo kkkkkkkk, tbm n entendi aquela mecha de papel creprom, mas tudo bem. Essa finale foi sensacional, fiquei agoniada o episódio todinho, estava meio cansativo lá no começo da temporada, mas ainda bem que ajeitaram tudo e entregaram esse episódio maravilhoso. Após essa finale ficaram mais perguntas do que respostas, mas está ótimo. Ainda bem que fizeram uma temporada com 13 eps, caso fossem mais acho que o resultado não seria tão satisfatório. Agora só resta esperar 2018 para ver o que rolará nesse 5ª temporada.

  2. Avatar
    Juk 28 maio, 2017 at 17:42 Responder

    É só a Clarke ficar sozinha na floresta que ela mete um vermelho no cabelo.
    Eu estava com saudades da Clarke ruiva hahahaha
    Foi um bom episódio e mesmo tendo odiado a temporada, estou ansiosa pra quinta mesmo achando que eu vou me decepcionar de novo

Post a new comment