The 100 na Netflix: 7ª temporada tem morte devastadora

The 100 7 temporada na Netflix

The 100 contou com morte devastadora no final!

Os fãs de The 100 seguem aguardando a estreia da sétima temporada na Netflix. E infelizmente, ela segue sem previsão. Aparentemente, a Warner Bros. Studios estaria segurando os direitos da série, talvez para inseri-la no catálogo do HBO max que estreia no próximo mês de junho.

Continua após publicidade

Mas enquanto isso, a Netflix segue detendo os direitos da série e promete ainda este ano inserir a sétima e última temporada.

Continua após a publicidade

Só que aqui no Brasil, o canal Warner Channel já transmitiu todos os episódios. E para os fãs que acompanharam, sabem que uma morte devastadora atinge a sétima temporada.

Continua após publicidade

Diante disso, resolvemos comentar essa morte, e trazer a defesa do showrunner da série, Jason Rothenberg, por sua decisão em matar um personagem que os fãs tanto amavam.

Logo, a partir daqui, traremos spoilers da sétima temporada de The 100, então siga por sua conta e risco.

Continua após publicidade

Morte devastadora

Os fãs do drama de ficção científica não devem estranhar que personagens principais morram. Mas essa morte em específico é uma das mais devastadoras de toda a série.

Estamos falando do personagem original Bellamy Blake, interpretado por Bob Morley, foi morto a tiros por seu amigo Clarke Griffin.

A partir disso, apenas Clarke, Octavia Blake, John Murphy e Dr. Eric Jackson seguiram na série como os personagens originais da série a chegarem até o último episódio da série.

The 100 Netflix
Imagem: Divulgação.

O motivo

No episódio 13 da 7ª temporada (‘Blood Giant‘), Bellamy – que já havia traído seus amigos para os Discípulos – estava prestes a entregar o caderno de desenhos de Madi, o que colocaria a vida de Madi em perigo como parte da busca de Cadogan pela Chama.

Clarke não permitiria que isso acontecesse. E, quando Bellamy se recusou a renunciar, ela matou o amigo para proteger a filha.

Por 7 temporadas, The 100 foi uma série sobre as coisas sombrias que a humanidade fará para sobreviver. Da mesma forma, o tributo que esses feitos causam nas almas de nossos heróis”, postou Rothenberg no Twitter após o episódio passar originalmente nos Estados Unidos.

“Nós sabíamos que a morte de Bellamy tinha que acontecer com o coração do que a série é: Sobrevivência. Quem você está disposto a proteger. E quem você está disposto a sacrificar.”

Sua perda é devastadora, mas sua vida e seu amor infinito por seu povo vão se tornar grandes e afetar tudo o que vem depois, até o final do próprio final da série. Agradecemos a Bob e seu belo trabalho ao longo desses longos anos e desejamos a ele tudo de melhor em seus empreendimentos futuros.

Imagem: Divulgação.

Alguns fãs não gostaram

Mas muitos fãs reagiram à reviravolta com raiva, quando a hashtag #BellamyBlakeDeservedBetter (Bellamy Blake merecia mais) começou a virar trend topics nas redes sociais. Um tweet, com milhares de curtidas, comparou a temporada final de The 100 com a oitava temporada divisiva de Game of Thrones. E não no quesito de grandiosidade, mas sim na precariedade do roteiro.

De qualquer forma, os fãs seguiram até o final, quando faltavam apenas três episódios para o desfecho. Com isso, a temporada final de The 100 fechou sua caminhada com 16 episódios.

Vale ressaltar, no entanto, que Bellamy esteve ausente por grande parte desta temporada, com Rothenberg explicando anteriormente que Bob Morley tinha pedido aos produtores que queria “dar um tempo” da série.

Parece, dessa forma, que seus desejos foram atendidos.

E então, o que você achou da morte de Blake em The 100? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.