The Big Bang Theory – 10×02 – The Military Miniaturization

Imagem: Hidden Remote.

Imagem: Hidden Remote.

O episódio dessa semana, “The Military Miniaturization”, deu continuidade ao plot do interesse governamental sobre a invenção dos rapazes.

Ainda é cedo para saber onde essa história vai dar, mas deve levar pelo menos metade da temporada, com eles trabalhando bastante pra atender as exigências do governo. Uma das melhores partes do episódio foi o Sheldon quase tendo um piripaque com as coisas que o coronel estava falando. Foi muita inocência acreditar que ele ficaria calado o encontro inteiro. E olha que ele se segurou bastante. Mas convenhamos que o coronel pediu né? Acho que até o lance de “engenharia é melhor que física” o Sheldon aguentaria, mas ele tinha que confundir Star Wars com Star Trek? Aprendemos nesses anos que esse é um deslize que não se pode cometer. O Dean Norris caiu bem na série.

Imagem: IBTimes

Imagem: IBTimes.

Continua após a publicidade

Falando do resto do episódio, foi bom ver o elenco feminino ter mais destaque nesse episódio do que no anterior. Amy, Penny e Bernadette, mais uma vez, funcionaram muito bem juntas, rendendo boas risadas. Coitada da Penny, eu também teria medo de encarar a Bernadette se estivesse no lugar dela. A baixinha vira um monstro quando está nervosa. Confesso que lá nas primeiras temporadas não imaginava que a química entre as três seria tão boa. Embora eu considere a Amy a mais engraçada das três, cada um tem um tipo de humor que me agrada. Elas se completam.

Assim como aconteceu na temporada passada, sinto que o Raj continua sendo o elo fraco do grupo. Embora seja considerado um dos protagonistas e ocupe a quarta posição entre os atores mais bem pagos dos EUA, suas participações costumam parecer mais de coadjuvante. Tirando alguns momentos – como quando dão um pouco de destaque para suas aventuras amorosas – o personagem é, dos cinco originais, aquele que foi abordado com menos profundidade nesses nove anos. Nesse episódio, por exemplo, ele ficou super deslocado, pois não se encaixava nem no plot das meninas e nem no dos rapazes. Pobre Raj. Entra ano e sai ano e ele continua sendo o personagem estrangeiro que fala engraçado. Vamos lá, produção. O Raj merece mais.

Observações:

  1. Muito legal a ideia de abordarem a questão de a Bernadette estar preocupada com o seu futuro no laboratório. Enxerguei isso como uma crítica a forma como mulheres são tratadas no trabalho.
  2. São cenas como as do scanner de retina que fazem a série ser uma das minhas preferidas. Boba mas divertida.
  3. Ri bastante com a cena do Raj querendo mandar um snapchat sobre o que estava acontecendo.

Frase do episódio:

“Eu não sou um sabe-tudo. Eu sou uma pessoa que sabe bastante coisa e gosta de corrigir outras pessoas quando elas estão erradas”. – Sheldon

Abaixo a promo do próximo episódio. Amy popular? Quero só ver.

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=eCmfMIRzeU0 [/youtube]

Até semana que vem.

Avatar

Matheus Ronconi

Paulista, nerd, viciado em séries e fã do Rei Leão e do Homem-Aranha. No Mix escrevo sobre The Big Bang Theory e Star Trek: Discovery.

No comments

Add yours