The Blacklist – 2×16 – No. 7: Tom Keen

The Blacklist

Continua após as recomendações

Eu sei que o juiz só está fazendo o trabalho dele. E que ele está certo sobre tudo o que ele anda falando e desconfiando, mas particularmente não estou aguentando mais essa pressão pra cima da Liz. Eu sei que ela tem culpa, mas ela é inocente, seu juiz. -q

Red resolve contar a verdade para a equipe do FBI, e Navabi solta um “achei romântico da parte do Tom” matar o capitão para salvar Liz. A cara do Red foi impagável.

Continua após a publicidade

Pensei que eu nunca viveria para ver Red e Ressler trabalhando juntos para tentar salvar Liz, e achar Tom na Alemanha (não necessariamente nessa ordem), e indo atrás dos traficantes que o contrataram para pedir, gentilmente(ou não), que ele se entregasse para ela poder não ser acusada de assassinato, só de perjúrio. Como ele não aceita, Red o “queima” com o traficante local, e que agora das duas uma: Ou ele some do mapa, ou ele vai ajudar Red e se entregar para polícia. Mas o que realmente me deixou intrigada foram as últimas palavras do Tom para o Red no celular do Ressler. #confusa

Enquanto isso, Cooper desmaia quando está discutindo com Keen, e pensamos que ele está pior do tumor cerebral, mas os médicos informam que isso é um efeito do tratamento experimental que ele está fazendo para tentar diminuir o tumor. Não sei se isso é uma notícia boa ou ruim, já que eu não gosto muito dele.The Blacklist

Eis que quando mais uma audiência da novela Liz Keen começa, ela logo é interrompida por um policial dizendo que tem alguém querendo falar com juiz, e PAM, Tom aparece para confessar que matou o capitão, e tirar o de Liz da reta de qualquer possível acusação. Tom aparenta estar tão deseperado para que o juiz acredite nele. Eu realmente preciso saber o que ou quem o fez mudar de idéia tão bruscamente. Será que foi algo que o Red disse para ele? Será que foi porque Red queimou ele lá com a máfia? Não sei o motivo, mas que a culpa é do Red, isso eu tenho certeza.

Tommy, chefe do chefe do Cooper, aparece para fazer o juiz parar de investigar (amém!) a força-tarefa, e sendo assim, parar de interrogar Liz, e deixar essa história de assassinato para lá, tirando as acusações. E ainda de brinde, consegue fazer Tom sumir do mapa, como se ele nunca tivesse voltado, e deixado de estar morto.

Achei interessante da parte da Liz pagar os estudos da filha do capitão que ela “encobriu” a morte. Já que não houve justiça sobre o assassinato, que pelo menos ela fizesse algo relevante no final das contas.

Sobre esse final: Só não viu quem não quis que Red estava  “relatando” a vida dele, e que ele não quer que Liz sofra o tanto que ele já sofreu e sofre por ela. Meu coração chorou. Principalmente quando ela percebe o que ele fez, indo atrás do Tom, que ele detesta, só pra salvar ela. Se isso não é amor, o que é então?

Observações:

– Estou achando seriamente que um pacto com o capeta seria melhor do que Cooper aceitar ajuda do Tommy, que já fez dois por ele. Vamos aguardar o que vai vir.

– Meu Deus, Tom e Liz!!! Me recuso a sentir essa coisa que está aqui dentro do meu peito! Mas eu quero eles juntos novamente, sim!

Nenhum comentário

Adicione o seu