The Blacklist – 3×01 – The Troll Farmer

The Blacklist

Imagem: NBC

Continua após as recomendações

 

 

Continua após a publicidade

“Elizabeth Keen On the Run”. Poderia ser o nome de uma turnê musical ( Oi, Beyonce <3), mas é o resumo da atual situação da Lizz. O retorno de The Blacklist foi basicamente “piscou, perdeu”.

Agora que Ressler virou o chefe da Task Force, e depois da Liz matar o procurador, ele se sente culpado por ter deixado ela escapar duas vezes. Mas no fundo, ele sabe que tudo isso que está acontecendo com Lizzy é armação/ conspiração do Cabal para conseguir pegar Red pelo ponto fraco.

Antes Elizabeth perguntava toda hora a respeito do pai. Eu já estava perdendo a paciência com as respostas 100% evasivas, ou simplesmente não respostas do Red. A justificativa dele é que o pai é um fugitivo (igual ele), que saber da identidade dele colocaria ela em risco ( ela já está, desde que ele entrou na vida dela), ou quando ele apenas diz que não vai falar sobre o passado. Certo, já entendemos Reddington, você não quer falar. Agora Lizzie começou a segunda parte: Perguntar sobre a mãe. Red foi um pouco mais aberto a respeito da mãe, do que do pai. O que seria pior do que descobrir que a mãe é/era russa, chefona da KGB, terrorista e mais sabe-se lá o quê? Das duas uma: Ou o pai da Liz é o mau em pessoa, ou é o Red. Ou ambos.

The Blacklist

Imagem: NBC

Interessante é  como Red tem um plano mirabolante para tudo, e como ele sempre consegue estar a um (ou dois) passos a frente do FBI. O Troll Farmer foi uma jogada fantástica para conseguir despistar a equipe do Ressler, e sendo assim, conseguir êxito na fuga, tanto dele como da Liz. Teria sido uma jogada de mestre, se o carro que Liz estava não tivesse sido emboscado pela equipe, fazendo-a ter uma atitude desesperada para conseguir se livrar do FBI.

Quando Elizabeth foge, pensei: Ela está indo se encontrar com o Tom. Finalmente meu shipp vai dar certo. Nunca imaginei que ela iria correr para a embaixada da Rússia. Afinal, quem em sã consciencia quer qualquer tipo de vínculo com a Rússia? Principalmente, quando a sua mãe é uma integrante da KGB? Medidas desesperadas pedem atitudes desesperadas, eu sei. Mas quão óbvio vai ser que isso não vai dar certo?

“My name is Masha Rostova; I’m a Russian agent. I work for the FSB and I’m seeking diplomatic immunity.”

Nem chorei, só tremi quando ela falou isso.

Just because you’ve been bumped up to first chair in the orchestra doesn’t mean you can compose a symphony.

Red dando aula a Ressler de como deixar de ser amador. Gosto!

 

PS.: Não gostei da Liz loira, e pelo que percebi, foi só eu. Mas ri com a reação do Red, quando a viu pela primeira vez de cabelo novo.

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours