The Boys: plano para Tempesta na 2ª temporada é explicado

The Boys Tempesta 2 temporada

Nova personagem de The Boys agitou trama

O showrunner e criador da série The Boys, Eric Kripke, está animado com a reação dos fãs diante da estreia da segunda temporada série. E principalmente como que alguns ficaram chocados com as reviravoltas mostradas nos três primeiros episódios – liberados no dia 04 de setembro.

Agora, conversando sobre as novidades da atração – que irá liberar um novo episódio sempre as sextas, ele explicou a reviravolta em torno da personagem Tempesta/Stormfront (Aya Cash) revelado no final do episódio 3 da segunda temporada. 

Nova personagem

Quando a segunda temporada de The Boys foi lançada, os fãs foram apresentados a personagem Tempesta, de Aya Cash. Inicialmente, ela parecia oferecer uma nova perspectiva para as atitudes misóginas e problemáticas dos Sete, já que ela indicava ser uma feminista com um grande número de seguidores nas redes sociais. Mas quando o público chegou ao final do episódio 3, eles veem Tempesta revelar suas verdadeiras facetas – ela passa por um conjunto de apartamentos para pegar o Kenji, ou o Super Terrorista, e mata cada pessoa de cor que vê. Ela, então, felizmente mata Kenji, quebrando seu pescoço e chamando-o de “bastardo amarelo” enquanto sua irmã, Kimiko, assiste impotente.

Esta reviravolta é surpreendente para Tempesta e, recentemente, o showrunner Eric Kripke, explicou a revelação em uma entrevista ao The Wrap. Ele descreveu Tempesta como sendo um representativo de como a supremacia branca e o nacionalismo são frequentemente apresentados em “pacotes inteligentes e amigáveis” para atrair jovens e direcioná-los ao ódio. 

Continua após a publicidade

“Nós meio que desorientamos isso intencionalmente no início [da 2ª temporada] pela razão francamente perturbadora de que, se você olhar para muito do nacionalismo e supremacia branca hoje em dia, está tudo online. Ele se expressa em termos muito inteligentes e amigáveis ​​para atrair os jovens. E queríamos refletir isso. Porque o ódio não vem até você com um grande letreiro de néon que diz: ‘Ei, nós somos o ódio’. Eles vêm até você em pacotes bastante insidiosos. E além disso atraentes porque sabem como a mídia social funciona. Então, queríamos um personagem que quando você a conhecesse, você pensasse, ‘Oh, uau. Que pensadora livre. Ela é tão atraente e interessante’. E então você meio que descobre que ela está vendendo a mesma merda que as pessoas vêm vendendo há mil anos.”

The Boys 2 temporada trailer

A nova integrante dos Sete, a “heroína” Tempesta. Imagem: Divulgação.

Impacto na trama

É seguro dizer que o mau direcionamento proposital de Kripke com Tempesta na segunda temporada de The Boys foi muito bem planejado. A personagem não foi apenas mudado de gênero para a série de TV, mas ela parecia ser uma ameaça para o Capitão Pátria em termos de fisicalidade e mentalidade.

Isso desviou as expectativas e parecia oferecer um personagem que poderia trazer mudanças dentro da Vought. Agora, com suas tendências racistas reveladas e tendo traumatizado Kimiko, um confronto entre as duas personagens femininas parece estar reservado para a segunda temporada, assim como uma luta pelo poder entre a própria Tempesta e o Capitão Pátria.

Em um momento em que o gênero de super-heróis tenta abordar temas mais sombrios, The Boys eleva o nível ao lidar com questões sociais e personagens problemáticos. O tema da agressão sexual foi bem executado e tratado ainda melhor do que os quadrinhos na primeira temporada, e agora será interessante ver como Kripke e outros criadores de The Boys lidarão com a desigualdade racial.

No entanto, pode ser difícil para os produtores fornecer um comentário detalhado sobre o racismo moderno, especialmente aqueles encontrados online, de uma forma que seja fiel à realidade e compreensível e em sintonia com a atmosfera satírica do programa. Certamente, estamos ansiosos para ver o que vem por aí.

E você, o que achou da reviravolta envolvendo a personagem? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do mundo das séries aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, bem como Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.

 

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

2 comments

Add yours
    • Anderson Narciso
      Anderson Narciso 10 setembro, 2020 at 08:42 Responder

      Oi Guilherme. A matéria foi traduzida do ScreenRant. O termo “pessoa de cor” é hoje usado principalmente nos Estados Unidos para descrever qualquer pessoa que não seja considerada branca, inclusive em vários pontos da história dos EUA, como afro-americanos, latino-americanos, asiático-americanos, nativo-americanos e outros. Por isso, importante saber o contexto. Não soamos – e jamais – seremos pejorativos, dentro de uma causa tão importante quanto essa. Obrigado pelo comentário. Abraços.

Post a new comment