The Exorcist – 1×03 – Chapter Three: Let ’Em In

Casey possuída

Imagem: Banco de Séries

Continua após as recomendações

 

O episódio dessa semana, “Chapter Three: Let ‘Em In”, teve um tom mais dramático, voltando à noite em que Katharine sofreu o acidente, e um final bastante sangrento, com Casey demonstrando toda sua raiva e agressividade.

Continua após a publicidade

Voltamos à cena do acidente envolvendo a Kat e sua “amiga”. Com o desenrolar da cena e a conversa entre as duas no carro, descobrimos que havia muito mais acontecendo entre Katharine e Julia. Confesso que isso não passou pela minha cabeça, mas explicou melhor o porquê da personagem estar sofrendo tanto nesses primeiros episódios. Além disso, outro detalhe não podia passar em branco, a motorista na noite do acidente era Kat, ou seja, ela deve se culpar mais ainda pela morte de Julia. Ainda sobre a cena, vimos que quem “causou” o acidente foi um homem parado no meio da estrada. O episódio deu um bom foco ao memorial de Julia.

No plot envolvendo a igreja católica, mais uma vez a entidade demonstrou desinteresse nos casos de possessão da cidade. Agora com a excomungação do Padre Marcus, o Padre Tomas parece ser o único, sob o manto da igreja, a realmente querer ir mais ao fundo. Isso ainda deve causar bastante problema ao jovem padre. A chegada do Papa na cidade deve ser o motivo pelo qual as autoridades católicas querem ao máximo evitar rituais exorcistas na cidade. Mas, enquanto eles fingem ignorar, o mal parece ir tomando conta de Chicago. Como escrevi na review passada, estou ansioso pela chegada do Papa Sebastian e o que isso vai significar para a série.

Por fim, o plot envolvendo Casey continua interessante. A cena da conversa entre a garota e os dois padres foi bem intensa. Parece que o padre Tomas ainda não está 100% seguro para enfrentar o que está dentro de Casey. Sorte dele que o padre Marcus não foi tão ortodoxo. Ainda sobre Casey, vimos com maior detalhe sua relação com o misterioso homem que apenas ela consegue ver. Ele se aproveita de suas inseguranças para manipular a garota. No fim do episódio, tivemos mais uma demonstração da fúria de Casey quando está sob possessão demoníaca. Sou contra a violência, mas o cara lá pediu por isso. Ponto para o capiroto.

Imagem: SEAT42F.

Imagem: SEAT42F

Observações:

  • Achei bom o Henry explicar mais sobre o acidente que gerou sua incapacidade.
  • O que foi a cena do padre Tomas perguntando se a Casey podia mover a caneta com o pensamento? Ele precisa seriamente ter aulas com o padre Marcus. Muito inocente.
  • Padre Marcus não deve ficar muito tempo afastado.
  • Nesses três episódios, a audiência da série não está lá grande coisa. Espero que isso não prejudique o seu andamento.
  • O melhor episódio entre os três até agora.

1 comentário

Adicione o seu
  1. Avatar
    Bruno 17 outubro, 2016 at 18:54 Responder

    A cena do babyliss me lembrou a cena do crucifixo do filme. O cara sinistro que só a Casey vê é o demônio em pessoa? Ou será só um mensageiro? A série está bem melhor do que no início e fiquei muito tenso nesse episódio!

Post a new comment