The Flash – 3×20 – I Know Who You Are

Imagem: IMDb/Divulgação

Savitar, nós sabemos quem você é!

A longa e extensa espera (20 episódios, para ser mais exato) finalmente acabou e a identidade secreta de Savitar enfim foi revelada. E não é que The Flash tem conseguido se recuperar na reta final de sua temporada? Apesar da reciclagem de tramas durante os anos, a forma como nesse episódio desenvolveram os momentos que levaram à descoberta foi divertida e bem mais interessante que a do ano passado.

Então, Barry do futuro é o deus da velocidade Savitar. Não chega a ser surpresa para todo mundo. O divertido foi descobrir que esse tempo todo os roteiristas estavam nos dando dicas, sendo que em uma delas Julian, possuído pelo vilão, chegou literalmente a falar “I am the future Flash“, mas todos nós interpretamos como “I am the future, Flash“. Olha o poder da interpretação aí dando um bom exemplo. Engraçado que foi a partir dessa cena (episódio 9, midseason finale) que comecei a suspeitar que Savitar seria uma versão do futuro maligna de Barry. Tive a certeza que seria ele no episódio passado quando o vemos se revelando para Nevasca. Não poderia ser o Ronnie como alguns fãs estavam teorizando, até porque ele teria que ser um velocista, então a única pessoa que a faria se aliar a ele tão facilmente seria o próprio Barry.

Continua após a publicidade

Fica em aberto por enquanto sobre a qual linha do tempo esse Barry pertence, já que o Barry de 2024 que conhecemos na semana passada, apesar de antes ter probabilidade de se tornar este vilão, terminou voltando a ser o Barry que conhecemos hoje. Além disso, o Barry/Savitar não é tão velho assim para ser uma versão do herói de um futuro muito distante. Pelo contrário, aparente ter no máximo a idade do Barry de 2024 (quantos Barrys num parágrafo só, não é mesmo?). Ou seja, apesar de já sabermos sua identidade, falta ainda descobrirmos tudo sobre ele: o que o motivou a se tornar o deus da velocidade, o que o deixou maligno assim, que motivo o leva a querer matar sua amada Íris, o que aconteceu com seu rosto etc. Acho que seria interessante se nos próximos dois episódios, no máximo, já que o 23º será o season finale, tivéssemos um flashback (neste caso um flashfoward?) que mostrasse essa história do personagem e conhecermos um pouco mais dele e de sua linha do tempo.

Danielle Panabaker nunca esteve tão bem na série como agora sendo Nevasca. Caitlin sempre foi uma personagem mais meiga, amável e inteligente, mas suas tramas mais relevantes sempre estiveram envoltas em relacionamentos amorosos. Agora como Nevasca a atriz está tendo a oportunidade de se soltar mais e mostrar um lado mais audacioso e agressivo, o que tem sido ótimo! Espero muito que a personagem continue como vilã por um tempo pois tem feito um ótimo trabalho. Sua atuação combinada com o excelente trabalho que a equipe de efeitos visuais tem realizado têm enchido a tela e nossos olhos. As cenas de ação nesse episódio foram muito incríveis.

Por falar em cenas de ação, a minha maior crítica em relação a série continua sendo quanto às habilidades do Flash em combate. Os produtores devem achar que o Flash sabe apenas correr. Ele tem outras habilidades que desenvolve a partir da Força de Aceleração que são tão impressionantes quanto. Então precisam começar a sugar mais dos quadrinhos e usá-las com mais frequência na série, ou passa a impressão que a única coisa que ele sabe fazer é perseguir ou fugir de um vilão em alta velocidade, parando só quando é atingido por um golpe ou poder do oponente. Três temporadas só disso já não foram o suficiente?

A personagem que surgiu para ajudar o time Flash a encontrar uma forma de derrotar Savitar foi uma adição interessante até o momento. Tracy não só tem um grande papel a realizar nesse final de temporada como tem tido boa química com HR, que até então esteve perdido na equipe e no elenco. Ver Cisco passado informações para ele enquanto este tenta flertar com a estudante foi hilário. Por falar em Cisco, o peso dramático inserido no personagem pós-Flashpoint enfim encontrou um equilíbrio e esteve mais consistente neste episódio. Seu medo de acabar tirando a vida de sua melhor amiga em combate trouxe uma vertente interessante para o personagem. Já Julian não teve uma boa abordagem neste episódio que teve o chato papel de ficar perseguindo Cisco de um lado pro outro tentando tirar a verdade sobre sua relutância em enfrentar Nevasca e tentando a todo custo aconselha-lo. Reduzi-lo a mero par romântico secundário não tem sido legal para o personagem e muito menos para o ator.

Joe ganhou um destaque que foi bom dentro do contexto do episódio. Todo o drama envolvendo seus sentimentos por Cecile, apesar de ser clichê de história de super-heróis, foi bem executado graças a dupla de atores. E esse destaque emocional que o personagem tem ganhado aos poucos só conecta ainda mais o destino dele com as profecias de Savitar. Sabemos que um dos personagens irá morrer, sendo Íris ou outro, e também sabemos que ele será homenageado na cidade. Fazendo essas ligações, e ao fato de que teremos uma cena de velório no último episódio onde o mesmo não foi visto nos bastidores, tudo leva a crer que Joe será a baixa no time Flash ao final desse ano.

O rumo que esse final de temporada tem tomado poderá nos trazer um bom fechamento para um ano conturbado como essa terceira temporada. O embate Barry versus Barry promete ser o ápice da temporada e que poderá deixar marcas e trazer grandes consequências para os personagens nas futuras temporadas. E que assim The Flash possa ganhar um novo fôlego e trazer novos aspectos dos personagens e situações, sugando o máximo que puder dos quadrinhos. É pedir muito?

EASTER EGGS:

– Referência Nerd by Cisco Ramon:
Tracy: “Basicamente estão dizendo que sou a Sarah Conner de Exterminador do Futuro.” (O Exterminador do Futuro, 1984)
Cisco: “Bem… você está mais pra Miles Dyson.” (O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final, 1991)

– Tracy se refere à Nevasca como a Feiticeira Branca (White Witch), uma referência à personagem Jadis de As Crônicas de Nárnia.

– Como visto no episódio, alguns dos cafés vendidos no Jitters tem nomes dos heróis e vilões de Central City, como o Moca Flash e o Zoom, que é um expresso triplo com um toque de pimenta caiena.

Tags The Flash
Avatar

Álefe Cintra

Jornalista e apaixonado por séries. Tem a mesma profissão de Clark Kent, usa óculos parecido, mas infelizmente não é super-herói. Grande fã de séries de super-heróis e fantasia. No Mix de Séries escreve as reviews de Arrow e The Flash.

No comments

Add yours