the four brasil final

The Four Brasil encerra sua primeira edição de forma triunfal

Chega ao fim o The Four Brasil

Depois de oito semanas, chegou ao fim nessa quarta-feira (27) a primeira temporada do The Four Brasil. O reality musical veio de forma tímida, mas em pouco tempo conseguiu conquistar o público com seu formato único.

Eu, que acompanho American Idol e as franquias The Voice The X Factor de vários países, nunca tinha visto algo do tipo. Cheguei a ver vídeos aleatórios da versão americana do programa, exibido na FOX, mas acompanhar mesmo o formato foi agora na versão brasileira. E quer saber? Foi a melhor coisa que aconteceu.

A temporada por si só foi cheia de altas emoções, com batalhas épicas e outras nem tanto. Cada apresentação era uma reviravolta diferente, que era de se perder as contas de quantas vezes o queixo ia parar no chão. A qualidade dos candidatos, muitos já vistos em outros programas do gênero, era algo inacreditável.

Os jurados também são um show à parte. João Marcelo Bôscoli fez o perfil turrão, enquanto Aline Wirley a mãezona da bancada, e por fim Leo Chaves o conciliador. Entretanto, quando necessária as críticas, eles não tinham papas na língua, mas sempre com muito respeito aos candidatos. A química da bancada foi um diferencial, com uma relação de muito amor e ódio a cada semana entre eles. Ponto positivo!

 

Os finalistas

A formação definitiva do The Four foi composta por Nega, Vivan Lemos, Ivan Lima e Léo Mahuad. Entre eles, o último citado era o que tinha mais tempo em uma das quatro cadeiras, estando na disputa desde o segundo episódio. Já Nega entrou semana seguinte, assim sendo a segunda recordista da disputa.

O desfecho da temporada começou com o quarteto cantando o hit “This Is Me”, do filme O Rei do Show. Após a emocionante performance, os candidatos fizeram então suas primeiras apresentações solos. Essa foi a última vez que a plateia teve poder de decisão no programa, o qual o mais votado teria o poder de escolher seu adversário para a batalha seguinte.

 

As batalhas

Chocando um total de zero pessoas, Ivan  se saiu melhor. O segurança cantou o clássico The Show Must Go On”, do Queen. Sua performance foi de arrepiar, ofuscando então os demais. O rapaz acabou escolhendo Léo como seu adversário da fase seguinte, rendendo a batalha mais esperada dessa final. Mais uma vez ele surpreendeu, ao som de “Hellellujah”, rendendo uma das apresentações mais emocionantes do programa.

Por sua vez, Léo veio com “I Just Wanna Make Love To You”, de Etta James. Tendo se sobressaído a cada semana, e sendo considerado um dos favoritos ao prêmio, essa foi a vez que o ruivo ficou intimado e, infelizmente, não entregou um trabalho à altura para uma final. Na sequência aconteceu a batalha girl power, com Nega e Vivian finalmente se enfrentando.

A primeira cantou “Canta Brasil”, de Gal Costa. Apesar de uma performance magnífica, Nega no entanto também deixou um pouco a desejar. Essa seria uma ótima apresentação em episódios passados, dando maior vantagem à sua rival. Dito e feito! Vivian emocionou com uma performance de arrepiar, ao som do hino “Earth Song”, de Michael Jackson. Só de lembrar os arrepios voltam tudo de novo!

 

E o vencedor é…

Entre uma pausa aqui e outra ali, o programa contou com duas performances da cantora Ludmilla, uma solo e outra com o quarteto. A química e entrosamento dela com Xuxa também foi outro ponto alto dessa final, ainda mais com o aniversário da apresentadora. Falando na loira, a eterna Rainha dos Baixinhos deu um show, mostrando-se muito mais à vontade ao vivo. Os sete episódios anteriores foram gravados, tendo apenas esse exibido em tempo real. Uma dica, eles poderiam apostar nesse formato do começo ao fim na segunda temporada.

Também previsível, Ivan e Vivian eliminaram a dupla de veteranos, acabando com o legado dos rivais na disputa. Para a batalha final, a candidata veio com “Love Hurts”, mas infelizmente não entregou uma apresentação condizente. Ela deixou o nervosismo falar mais alto, pois em alguns momentos desafinou ou exagerou nas notas. Uma pena, pois apesar do pouco tempo de programa, já tinha surpreendido bastante.

O rival, por sua vez, veio com outro grande clássico “Starway To Heaven”, do Led Zeppelin. Mais uma vez Ivan surpreendeu e fez acontecer, com direito a um leve “striptease” em sua apresentação. Contudo ele soube mostrar uma confiança, controle vocal e presença de palco de formas únicas. Outro ponto positivo.

 

Ivan Lima vence o The Four Brasil com 79,87% dos votos

Com uma  trajetória impecável e praticamente nenhum deslize, Ivan Lima tornou-se o primeiro vencedor do The Four Brasil. Ele ganhou o prêmio de 300 mil reais, além de assessoramento de carreira com os jurados, o lançamento de um single pela Universal Music e uma viagem.

O programa chegou ao fim de forma triunfal, com seu primeiro vencedor cantando “Angels”, de Robbie Williams. O The Four garantiu sua segunda temporada, mas que só deverá estrear no ano que vem. Xuxa retorna à Record TV no segundo semestre, porém na quinta temporada do Dancing Brasil.

O que acharam do resultado? Gostaram da vitória de Ivan?

Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

No comments

Add yours