The Good Doctor – O Bom Doutor estreia na Globo: saiba tudo sobre a série

Série do médico autista é um sucesso nos Estados Unidos

The Good Doctor é uma série norte-americana, produzida pelo canal ABC – o mesmo de Grey’s Anatomy. Com duas temporadas, o programa estreou em 2017 e logo foi um fenômeno de audiência. Para se ter uma ideia, a série marcou a estreia mais assistida da TV americana, desde Lost.

O sucesso, talvez, se deu por conta da empatia do público pelo médico protagonista – o Dr. Shaun Murphy, que possui uma espécie de autismo. E é na sua luta para vencer o preconceito que a trama caminha para mostrar excelentes casos.

Aqui no Brasil, estreou pela Globoplay no ano passado. Na ocasião, ganhou uma exibição especial na Tela Quente, em agosto. Desde então, se tornou o carro chefe da plataforma de streaming, que atualmente possui planos de assinatura a partir de R$18,90. A partir desta quinta (29), a série começa uma exibição semana na Globo. E certamente irá despertar a curiosidade do público.

Produção

A série é conduzida por David Shore, o mesmo criador de House. Mas ela não é uma série original. Ela é baseada em um programa coreano de mesmo nome, o qual serviu de inspiração para a série norte-americana (saiba mais sobre a série coreana aqui).

Mas sem dúvidas Shore exprimiu as suas características na trama. Tanto que certa peculiaridade do Dr. Murphy lembra um pouco da Doutor House.

Freddie Highmore (o ator de Bates Motel, A Fantástica Fábrica de Chocolate, O Som do Coração) interpreta Shaun Murphy, um jovem cirurgião com autismo e síndrome de savant, que troca uma vida tranquila no interior para se unir a uma unidade cirúrgica de um hospital prestigiado. Sozinho e com extrema dificuldade de se conectar em nível pessoal com aqueles que o rodeiam, Shaun usa seus extraordinários dons médicos para salvar vidas e desafiar o ceticismo de seus companheiros profissionais.

Imagem: ABC/Divulgação

Temporadas

A primeira temporada conta com 18 episódios (os dois primeiros foram exibidos pela Globo na Tela Quente em 2018). A cada episódio o médico e sua equipe tratam de pacientes diversos. Entretanto, a medida que a trama avança, vamos conhecendo mais sobre a condição de Shaun, suas dificuldades, medos e anseios.

Ele enfrenta não só a dificuldade da equipe médica com quem trabalha, mas também dos pacientes que ele trata. A maioria deles, o enxerga como “esquisito”. Esse paralelo com a realidade foi bastante elogiado pelo público, uma vez que muitos portadores de síndromes semelhantes são vistos assim.

Mas a série não fica apenas nisso. Em um dos episódios, por exemplo, podemos presenciar Shaun fora do hospital. Ele vive uma rotina de “válvula de escape”, por conta do preconceito que sofre. O capítulo já é considerado um dos melhores episódios da temporada.

Ao longo do primeiro ano, o protagonista enfrenta vários desafios, especialmente no trabalho, onde nem todos acreditam nas suas capacidades. O jovem terá ainda de superar alguns dilemas e preconceitos sociais.

Este é ponto de partida de The Good Doctor, série que parte de uma ideia original sul-coreana e que conta com Freddie Highmore, Richard Schiffy, Nicholas Gonzalez, Beau Garrett, Chuku Modu, Antonia Thomas e Hill Harper no elenco principal.

A segunda temporada já foi exibida nos Estados Unidos. Aqui no Brasil, você pode conferir todos os episódios no Globoplay – tanto da primeira quanto da segunda temporada. Na Globo, a série será exibida todas as quintas, na faixa após The Voice Brasil. 

Além disso, completo. Todavia, palavras. Entretanto, necessárias. Todavia, brancas. Além disso, verde

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

No comments

Add yours