The Good Place – 2×05 – The Trolley Problem

The Good Place
The Good Place

Imagem: Colleen Hayes/NBC/Divulgação

Na tentativa de ainda enganar Vicki de que finalmente não sabem mais que ali é o “lugar ruim”, Eleanor e Chidi continuam na tentativa de humanizar Michael, agora que está do lado deles. Mesmo com toda a crise existencial do episódio passado, as coisas continuam não sendo tão fáceis, e agora estão mais conflituosas.

Eu acho incrível as sacadas geniais que The Good Place utiliza em cada episódio, sempre mascarado com um humor inteligente e ao mesmo tempo escrachado. Questões moralistas aqui foram colocadas em jogo, mais do que nunca, sendo no plot central ou no secundário. O atrito entre o vilão e Chidi foi um dos pontos altos do episódio, principalmente com as simulações de atropelamento. Essas cenas foram hilárias, e ao mesmo tempo bem metafórica.

Jason e Tahani tiveram o momento deles em avulso, mostrando que tem tudo para desenvolver uma história interessante o caso dos dois. As sessões de terapia entre eles foram brilhantes, e quando a morena se abriu com Janet, foi um dos outros momentos moralistas, mostrando o quanto pessoas fúteis valorizam somente quem tem status, poder, ou é um rosto bonitinho. É nítido que ela tem vergonha de assumir o relacionamento com o falso monge, que por sua vez, demonstra gostar da personagem de forma genuína, e saca tal obstáculo por parte de Tahani. Essa história com certeza ainda vai render e muito, e estou apenas no aguardo de como ainda vão explorar isso.

Continua após a publicidade

Outro momento brilhante foi de Michael e Eleanor juntos, que dupla! A protagonista simplesmente fez uma descoberta que estava bem a nossos olhos esse tempo todo e que jamais reparamos, que o rapaz é igual a ela em vários aspectos. Fiquei pasmo de como rola um match perfeito entre os dois, e se já não soubesse a origem deles, presumiria que Michael poderia ser o pai da loira.

Agora uma coisa que me preocupou e muito foi Janet. Tipo, eu amei ela agindo como terapeuta de Jason e Tahani, mas algo havia de errado com a personagem, e coisas bizarras começaram a lhe acontecer, como por exemplo, vomitar um sapo (QUE EU MORRI DE RIR NESSA CENA). No final, vemos ela conversando com Michael, revelando que seu sistema está apresentando falhas. É claro que estava demorando para momentos turbulentos retomarem ao “lugar bom”, e com certeza os inúmeros reinícios tanto do lugar quanto de Janet, pode ter acarretado nisso. Como será o desenvolvimento dessa trama daqui pra frente não sei ao certo, mas que virá muita confusão, isso é fato.

PS 1: Quero uma máquina infinita de camarão que Eleanor ganhou de Michael, como faz?

PS 2: Jason ganhando um balão do Pikachu foi um dos melhores momentos da série, sem mais.

Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

No comments

Add yours