The Leftovers – 1×08/09- Cairo/Their Garveys at Their Best

the-leftovers1

R.I.P. Patti

O episódio 8 de The Leftovers serviu para que Patti e Kevin colocassem tudo em pratos limpos. Sabemos que ambos não têm uma relação tão boa assim – que será explicado no próximo episódio. Patti e Kevin tem uma conversa em que Patti coloca tudo para fora, tudo o que ela sente sobre o Kevin.

Em “Cairo”, Kevin está cada vez mais perturbado. O seu relacionamento com a sua filha só piora e, para complicar, o delegado descobre que é sonâmbulo e através dele faz ações inconsequentes, como sequestrar a Patti e abrigá-la. Na verdade, isso é sinal de que, no fundo do seu inconsciente, ele deseja fazer tudo isso com ela, mas Kevin não faz por conta da razão. O personagem sabe que isso é errado, porém, como ele está inconsciente, o Garvey faz atos que ele nunca faria consciente.

Continua após a publicidade

Patti morre e Kevin se sente um pouco culpado por isso. No próximo episódio, entenderemos o motivo deles não se entenderem tanto assim.

O The Garveys at Their beast foi aquele episódio essencial para entendermos o desenvolvimento da série. Todas as dúvidas e confusões do primeiro episódio foram sanadas, nem que seja um pouco, pela nono episódio de The Leftovers. Acredito que a série não poderia ficar só naquela de ficar mostrando as consequências do tal dia na vida das pessoas, mas sim mostrar também o passado delas. Isso The Leftovers fez magistralmente.

A cena da festa do pai do Garvey foi bastante paradoxal. Vimos, se não toda a população da cidade, a maioria dela na festa. Essas pessoas aparentavam na festa de aniversário algo que não eram de verdade. A maioria não vivia aquela realidade mostrada na festa, ou seja, as pessoas viviam uma vida de aparências, como ocorre no na realidade. Quantos de nós não conhecemos famílias que vivem essa vida de aparência, exibindo serem uma família linda e feliz, mas, que no dia-a-dia, não é bem por aí.

Achei bastante interessante a introdução do veado no episódio. Não conheço a bíblia a fundo, mas, olhando no Google, vi que tem uma passagem bíblica que mostra sinais de mudanças na Terra através de um versículo envolvendo o veado. Portanto, o veado é um símbolo que representa essa mudança.

É bem interessante vermos como era o passado dos personagens antes do arrebatamento. Laurie era uma mulher solitária que estava passando por uma crise no casamento, assim como Nora e seu marido. O pai de Kevin era uma pessoa respeitada e querida em Mapleton; a atual prefeita era uma vereadora que nem sonhava com o cargo de prefeita, o reverendo vivia uma vida feliz com sua esposa Mary. Tudo isso muda completamente após o evento do dia 14 de outubro.

Patti e Laurie já se conheciam. Patti era paciente de Laurie. Esse fato explica a grande amizade e cumplicidade existente entre elas. Entendemos o porquê de a Laurie ter abandonado sua família e ter se juntado aos remanescentes, já que seu filho sumiu do nada durante o pré-natal. Patti, durante a terapia, disse que estava prevendo algo que seria justamente o arrebatamento. Além da Patti, a filha de Nora também previu.

Nesse sentido, o nono episódio foi esclarecedor, não deixando nenhuma ponta solta. Todas as questões que nos embolavam e nos deixavam sem entender foram solucionadas. Ainda assim, as teorias são bem-vindas, já que a série nos permite fazer isso. Pela promo, a sf será ótima 😀

 

Daniele Duarte

Daniele Duarte

Carioca da gema, amante de literatura clássica. Machado de Assis é o seu autor favorito. O tríade de melhores séries são Six Feet Under, Breaking Bad e Sherlock . Séries inglesas também faz parte da sua grade de séries. Ela é a pessoa que chora rios com a series finale de SFU.

No comments

Add yours