The Leftovers – 1×6 – Guest

safe_image

O mundo está um caos em decorrência do trágico dia 14 de outubro. Obviamente, as pessoas mudaram o seu comportamento, o seu modo de viver após esse dia e a forma de encarar a vida. Venho sempre mencionando nas minhas reviews que Kevin é o personagem que se encaixa perfeitamente nesse perfil; ele é um resumo das dramaticidades e complexidades daquela população. Juntando-se a Kevin, Nora Durst também apresenta as mesmas características que o delegado, pois ela é uma mulher frágil que perdeu toda a sua família. Pois bem. Agora tentamos imaginar como ela é. Difícil, não? E por quê? Porque é extremamente complicado se colocar no lugar dela, só ela sabe a dor de perder marido e filhos de uma maneira inexplicável.

No episódio Guest, a personagem central foi Nora Durst que foi uma das principais homenageadas no dia que houve a homenagem aos desaparecidos no episódio piloto. Podemos perceber toda a sua fragilidade e fraqueza logo na primeira cena em que ela paga uma prostituta  para que a garota de programa a matasse, num gesto desesperado para acabar com sua vida. Sendo que o plano da Durst não saiu nos conformes porque Angel, a garota de programa, errou a mira, ou seja, Nora continuou viva. Durante a cena, fiquei imaginando em quem pensa, nem que seja vagamente, na possibilidade de suicídio porque isso só decorre quando a pessoa está desesperada e vê no suicídio a maneira de superar de vez seus problemas. Não é bem por aí, mas enfim.

O episódio se passou em Manhattan que é conhecida por ser a cidade dos negócios e caótica por ser uma cidade grande. No entanto, o que vimos é que a “Manhattan caótico” não foi pelo fato de ser uma metrópole, mas sim no sentido de que a cidade está de cabeça para baixo. Há também os remanescentes por lá e são tão odiados na cidade onde mora Nora. Tudo está uma bagunça. A impressão que me deu ao ver Manhattan: é de uma cidade sem lei. Logicamente, a tal cidade segue ordens de um poder central, mas essa impressão que eu tive foi quando apareceram as primeiras cenas da Nora andando por tal lugar. Portanto, Manhattan e Nora compartilham dos mesmos adjetivos: caótico e confuso, pois eles estão em completa desordem. E é por isso que Nora pôde insinuar uma transa com um cadáver (?). Aliás, o que era aquilo? Na boa, as pessoas beiram à loucura, às vezes. O que faz alguém pensar em fazer uma réplica daqueles que desapareceram e vender? O pior: quem contrata seus serviços? Se a moda pega…

Continua após a publicidade

Eu acredito que Kevin e Nora formarão um casal fixo em The Leftovers, até porque a promo deu a entender isso. Eles tem tudo a ver porque ambos estão em processo de divórcio; ambos perderam suas famílias, embora Laurie esteja viva, de certa forma, a  família de Kevin foi desfeita; ambos são parecidos no que tange à personalidade; ambos são complexos; ambos sofreram com o dia fatídico. Enfim. Nora e Kevin, para mim, daria um casal super certo, apesar de que eles poderiam não dar certo por serem tão iguais. Mas isso veremos nos próximos episódios.

Daniele Duarte

Daniele Duarte

Carioca da gema, amante de literatura clássica. Machado de Assis é o seu autor favorito. O tríade de melhores séries são Six Feet Under, Breaking Bad e Sherlock . Séries inglesas também faz parte da sua grade de séries. Ela é a pessoa que chora rios com a series finale de SFU.

No comments

Add yours