The Originals – 2×22 – Ashes to Ashes [Season Finale]

image63 (1)

Todos estão vivos? Tipo, MESMO GURIZADA? Vamos lá rever esse episódio que foi completamente,  P H O D Á S T I C O. 

O episódio começa exatamente de onde parou. Mas dá continuidade passando a sequência do plano de Klaus, onde ele se sacrifica pela filha, criando um laço com a titia Dahia, então a adaga entra em seu peito e os dois morrem. Aí a Adaga derrete, porque Dahlia é poderosa, e o laço entre os dois é destruído. Dahlia bate em todos os Mikaelson e some com Freya. Vamos falar da parte piegas do episódio: “Dahlia só pode morrer quando encontrar seu amor verdadeiro, o que sentia por Esther, sua irmã.” Tudo bem, gostamos de ver a relação das duas? C L A R O que sim. Poxa, eu gostei mesmo de ver como elas interagem, aliás, tudo o que envolveu essas duas personagens foi simplesmente lindo. Desde os flashbacks, até o último momento em que estiveram juntas – os filhos Mikaelson tiveram de trazer Esther a vida, vamos falar disso depois -, enfim, foi linda a cena de maneira geral. E sabe o que achei mais legal? É que tudo começou com a mamãe Mikaelson (nessa temporada e na vida dos demais) e terminou com ela. Dahlia ficou amargurada pela traição da irmã e nada mais justo que Esther se desculpar e voltarem a ser amigas. Mas sabe o que foi bacana? Esther vendo seus filhos lutando uns pelos outros, isso inspirou ela para que  detivesse a bruxa do mal. Conclusão, elas morrem e acordam jovens no mundo dos espíritos bons das bruxas.

Um dos pontos altos da finale, foi a aparição da CLAIRE HOLT, que saudade de ver ela em cena. Nossa, me deu muita saudade mesmo! Eu queria mesmo que ela continuasse, mas sua participação na série já deu um gostinho de como pode ser sua aparição na terceira temporada. CONTEXTUALIZANDO, ela aparece (depois de morta pelo Marcel) na pele da Claire, e simplesmente, eu amo ela, eu preciso dessa mulher como Rebekah na série, por favor, alguém deixa ela ser a Rebekah? Mas continuando, depois do confronto final, a Bekah decide ser uma bruxa, até para dar um jeito de trazer o Kol a vida. Na boa? Eu me acostumei tanto com a Maisie como Rebekah, que eu não gostaria que ela saísse da série, mas ficou claro, que caso a Claire retorne, Maisie não volta.

Continua após a publicidade

Uma das situações mais tristes na minha opinião, é a de Hayley. Nossa, ela virou uma loba, e uma vez ao mês ela fica na forma humana, a mesma maldição que havia caído sobre os lobos uma vez, retornou a raça. E fiquei triste por ela, mas, ela se encontra com Elijah e pede que ele cuide da Hope, para que o Klaus não seja uma influência ruim para a pequena.

Quem eu gostei de ver no episódio foi Freya e Klaus lutando juntos em prol da pequena Hope. Sabe, aquela imagem de bruxa bad ass que você tinha sobre Freya? Então, ela é fraca mesmo, porque ela teve PICOS de poder durante sua aparição, mas nunca foi nada concreto para podermos dimensionar seu poder. Mas gostei da personagem pelas suas atitudes, aprovei mesmo.

Vamos falar sobre como Esther volta a vida? Vamos. Sabemos que sempre um Mikaelson quer algo, ele consegue, mesmo que isso custe o sonho ou a vida de alguém. Nesse caso, custou o sonho da nova representante das bruxas, Davina Claire. Ela estava QUASE trazendo o Kol a vida, quando as cinzas dele foram trocadas por Elijah, enquanto a bruxinha conversava com a Rebekah. Sinceramente? Ela fez uma cara que partiu meu coração. Quando ela viu Esther saindo daquele santuário, fiquei muito magoado mesmo por ela não ter conseguido trazer o Kol a vida, mas foi necessário para trazer Esther a vida e acabar com a titia Dahlia.

Sobre Klaus, termina da forma que começou: sozinho. E sabe o que me preocupa? Qual será o grande vilão da próxima temporada? Porque não tivemos referências, não temos nada do que pode acontecer. Acredito que a terceira terá aquele clima gostoso da primeira temporada, onde conflitos familiares eram conflitos de verdade e não um vilão que eles não tenham conhecido.

Bem, conclusão sobre a temporada: Ela foi claramente inferior a primeira. Só o fato de Claire Holt não estar tão presente como a maioria dos fãs queriam desanimou. Outro fator importante para essa temporada, foram as pausas, a série ficou aquele hiato normal, e depois teve mais dois hiatos de três e duas semanas. Isso faz com que o público perca o interesse na série. Mas de maneira geral, ela foi uma boa temporada, soube desenvolver melhor os personagens principais e suas storylines de maneira que tudo fizesse sentido.

OBS. : No fim de temporada, percebi que o Jackson provou ser um personagem funcional, com o objetivo de explorar um lado desconhecido de um personagem principal , no caso a Hayley.

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours