The Originals – 3×01 – For The Next Millennium

TheOriginals-KlausElijah

Imagem: Arquivo pessoal

Continua após as recomendações

 

 

Continua após a publicidade

Finalmente, depois de tanta espera, nossos amados vampiros originais estão de volta. A estreia da terceira temporada de The Originals não teve a audiência esperada, mas torcemos que isso não seja uma constante! Afinal, o primeiro episódio, For The Next Millennium, deixou um pouco a desejar em termos de ação, mas nos situou no novo contexto e nos apresentou as histórias que vão perturbar a paz de New Orleans nesse ano.

Não é novidade ver Klaus isolado do mundo e carregando consigo a raiva dos irmãos. Aliás, já está até caindo na monotonia. Por muitos séculos, os Mikaelson seguem a clássica promessa do Always and Forever mas, dessa vez, o sereno e compreensivo Elijah resolveu guardar rancor por Klaus ter amaldiçoado Hayley e sua matilha. Apesar de saber que o motivo do híbrido foi nobre e que, assim, ele acabou salvando a vida da lobinha, também consigo entender a raiva de Elijah.

Falando do original mais sensato, todos amamos Elijah por ser justo e bonzinho, mas sabe aquele caso de que, quando é mal, é melhor ainda? O que foi aquela cena do vampiro atacando todos que estavam matando os lobos? Como ele consegue ser violento e, ao mesmo tempo, ter tanta classe? Como não amar Elijah de qualquer maneira?

Saindo do momento fan girl, Cami foi a personagem mais forte desta season premiere. Como é a única que consegue enfrentar Klaus sem sofrer as ameaças costumeiras, ou uma morte terrível, a loira consegue colocar os limites necessários no híbrido e na relação dos dois. Cami sempre foi a psicóloga de Klaus, mas agora virou profissional. Achei esse só mais um motivo para mantê-los separados. Afinal, certinha do jeito que é, a bartender vai querer ao máximo resistir aos encantos do seu paciente.

Davina continua irritante. Mesmo se tornando a bruxa mais poderosa da cidade, a personagem continua chatinha e sofrida. Parece que ainda não aprendeu que é melhor viver uma vida de paz e em parceria com os vampiros a tê-los contra ela. Principalmente agora que Marcel está de volta ao comando (o que, vamos combinar, é bem melhor para New Orleans). A menina tenta ser respeitada, mas não consegue porque é uma mimada que acha que, só porque tem muito poder, é melhor que todo mundo. E, agora, a bruxa sequestrou Hayley sabe-se lá por que motivo. Ela ainda não percebeu que mexer com a lobinha não é a melhor opção quando temos um apaixonado Elijah movendo o mundo para proteger sua amada.

Mas vamos ao que interessa: os vilões. Ainda não ficou muito claro o que Lucien vai ser. Obviamente, ele tem todas as características de um vilão, mas não sei o que poderia fazer contra os originais. Já sabemos que o vampiro não vai matar Klaus, mas provavelmente tentará algo contra os outros dois. As outras duas novas personagens apareceram rapidamente e não fazemos ideia de quem são. Pelo que entendi da história de Lucien, provavelmente os três primeiros vampiros criados por cada irmão tentarão matar os outros dois, para que só a linhagem de um deles permaneça. Pode ser perigoso para eles, principalmente se os três permanecerem tão distantes e indiferentes como estão agora. Mas não acredito que isso vá acontecer. Como vimos nas temporadas anteriores, tanto de TVD quanto de TO, os três já passaram por coisas muito piores e se perdoaram.

Freya ficou apagadinha nesse episódio, infelizmente. Vimos somente que a menina está tentando curtir a vida que lhe foi tirada, com todo o direito, mas está presa a ser a babá de Hope. Espero que a garota apareça mais, já que é muito adorável! É possível que ela seja a pessoa que conseguirá unir a família novamente, principalmente com Rebekah longe. Além disso, os vampiros estarão em boa situação se puderem contar com o seu poder em alguma guerra.

Para terminar, os flashbacks de The Originals sempre são ótimos, mas estão melhores ainda agora, pois podemos matar as saudades da verdadeira Rebekah (interpretada por Claire Holt) e de Kol. Já passou da hora dos dois voltarem logo! Mas fica a dúvida: se o “outro lado” acabou, onde estão todas as bruxas ancestrais e os seres “mágicos”, para poderem voltar desse jeito? Não tinham sido todos puxados para algum lugar obscuro?

Pelo episódio, não consegui identificar o que podemos esperar desta temporada, Torço para que seja boa e nós não tenhamos que nos despedir de vez dos nossos amados originais ao final dela.

E você, o que achou da volta de The Originals?

Nenhum comentário

Adicione o seu