The Originals: Plano geral

 

The Originals Wallpaper-the-originals-36002534-1920-1080

ATENÇÃO: Esse post contém spoilers da série.

Quando foi anunciado que os irmãos Mikaelson teriam a série própria, um misto de insegurança e alegria tomou conta de boa parte dos fãs de The Vampire Diaries, afinal, como seria o desfecho desses personagens tão amados que compõe a série filha. Então tivemos uma ótima temporada de estreia, The Originals provou ser excelente.

Continua após a publicidade

 The Originals

 

 

Os irmãos Mikaelson retornaram  para Nova Orleáns com o objetivo de cuidar de uma possível ameaça à Klaus, mas é revelado que Hayley, uma lobisomem,  estava grávida dele. A criança representa uma nova chance para o híbrido ser uma pessoa melhor. Durante a primeira temporada, tivemos um bom desenvolvimento das storylines e quem chamou atenção foi Davina, que começou a série sendo uma vilãzinha ao lado de Marcel que controlava o uso de magia por parte das bruxas. Ela se mostrou ser uma grande parceira dos vampiros, mesmo que as vezes tenha quase matado Klaus.

O que mais chama atenção é o desenvolvimento das mitologias. De maneira impecável, eles conseguem manter a série sem entrar em contradição ou ter brechas para que ela seja falha. Por exemplo, a história por trás das meninas de Harvest (que foi traduzido como “colheita”) foi tão bem construída que você tem certeza que ela precisa morrer para a evolução do plot, mas ainda assim torce pela vida da personagem. O sofrimento de Davina ao ser perseguida pelas bruxas se esticou por vários episódios. Se ela não estava sendo perseguida pelas bruxas, tinha alguma delas do passado dos Mikaelson causando rancores, a melhor nesse quesito foi Genevieve.

 

LongWay15a-feature

 

O arco desenvolvido pela Genevieve é um, se não o melhor, arco de toda a primeira temporada. Com ela vimos Rebekah e Klaus se enfrentando, e tal disputa resultou na saída da vampira original de Nova Orleáns. Outro ponto importante desenvolvido por Genevieve é o nascimento de Hope, onde a bruxa foi a parteira e por pouco não matou  a recém-nascida.

Durante a primeira temporada, conhecemos mais do passado dos Mikaelson, temos muito flashbacks explicando as relações deles com outros personagens como Marcel, que no começo era o filho bastardo de um homem poderoso da cidade. Também fomos apresentados a ótimos personagens como Cami, uma psicóloga que começa a se envolver com o sobrenatural.

Podemos dizer que a primeira temporada de The Originals foi excelente pelo fato de mostrar um pouco mais sobre o universo dos vampiros originais. O principal fator que contribui no sucesso da série é que os romances não são a prioridade da trama, mas a briga por poder e a defesa da família é a principal característica da atração, que a torna uma ótima série que não depende totalmente de The Vampire Diaries para se manter.

A segunda temporada

No início da segunda temporada temos o retorno de Esther, Mikael, Kol e Finn Mikaelson, a família está quase completa. Podemos conhecer mais sobre os personagens que fazem parte da família original. Foi muito legal ver o dialogo de alguns personagens como a Esther e o Mikael falando sobre  a paternidade do Klaus. Mas é inegável que diante de tudo que a série já produziu, o plot dos papais Mikaelson foi fraquinho, acrescentou pouco à série. Foi storyline de Elijah, que surtou quando a mamãe Mikaelson lançou um feitiço que o obrigava a retomar as lembranças ruins causadas pelo seu lado vampiresco, causando uma grande perturbação a ele com as imagens da morte de Tatia Petrova (aparece em flashbacks) referenciando ele como seu assassino. Neste surto, conhecemos uma faceta diferente do personagem, que sob toda aquela elegância e nobreza escondia um “monstro”.

 

mikaelson

 

Bem, temos a pequena Hope entrando cena e desencadeando um lado mais sentimental do Klaus – algo que foi pouco explorado em The Originals – ela consegue mexer com as emoções dele, e todo o seu lado paternal começa a aflorar.  E o legal é que Hope é uma hibrida muito evoluída. Simplesmente pelo fato de que ela é: bruxa, vampira e lobisomem. Então ela é quase uma personagem overpower. Em um dos episódios mais recentes, temos os poderes dela começando a se manifestar. E pelo o que estamos vendo, ela não tem um metabolismo rápido e provavelmente será uma criança por algum tempo.

Outro ponto da segunda temporada que está bastante interessante é a storyline da Rebekah, que foi parar no corpo de uma bruxa que vivia num manicômio. Nesse ambiente, ela conhece uma das Harvest girl, a última que estava viva e recentemente havia sido hospedeira de Esther. Nesse lugar, Rebekah tem o primeiro contato com sua irmã, aquela que todos acreditavam estar morta, Freya, que foi consagrada para tia Dahlia como oferenda de Esther para engravidar. Esse plot da Freya pra mim é o melhor da série, a personagem está sendo bem produtiva e com certeza dará muito pano para manga dos seus irmãos.

A Cami é adorável de se ver em tela, mesmo com poucos cenas, ela proporciona ótimos momentos, como as primeiras manifestações dos dons de Hope, e também fez uma “terapia” com Elijah com a intenção de que ele pudesse se estabilizar com as lembranças ruins.

Não podemos esquecer de falar sobre Josh e Aiden, que finalmente se assumiram como namorados. Acho esse casal muito legal de ser trabalhado e ainda vai render ótimas histórias se os personagens se manterem.

 

daniel-sharman-teen-wolf

 

Bem, agora uma coisa triste que aconteceu recentemente e me deixou um pouco chateado. A morte de Kol Mikaelson – personagem interpretado por Daniel Sharman -, amaldiçoado a morrer sozinho na escuridão. Primeiro, ele tenta com Davina se livrar da maldição, sem sucesso pede ajuda de Rebekah – que está no corpo de uma bruxa -, mas ambos falham. Então, como uma forma de se despedir de Davina, eles começam a dançar lentamente, confesso, o diálogo deles foi muito intenso, gosto muito da Davina e do Kol. A morte dele rende uma das cenas mais emocionantes da série, pois ele confessa a Niklaus que desejava apenas aceitação dele. Então Kol acaba morrendo nos braços de Rebekah, Elijah, Niklaus e Davina.

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours