The Returned – 1×01 – Camille

Camille
Imagem: Arquivo Pessoal/Diogo Azis

 

Continua após publicidade

Baseada na série francesa Les Revenants, The Returned conta a história de pessoas que morreram há alguns anos voltam à vida em uma pequena e isolada cidade do interior da França. A última lembrança que eles têm é do momento anterior às suas respectivas mortes. Alguns faleceram há pouco tempo, outros há décadas. Agora eles buscam se reintegrar à sociedade que não compreende a razão pela qual esse fenômeno ocorre, aparentemente, apenas nessa cidade.

Continua após a publicidade

Essa é a introdução da série, que tem direção de Carlton Cuse (Lost, Bates Motel). Vida após a morte sempre foi um tema explorado, seja em novelas, filmes e séries assim gerando muito debate e dividindo opiniões. Agora imagine voltar à vida após ser considerado morto e ter sido enterrado? The Returned fala exatamente disso, o reingresso a sociedade, a família, ao círculo social. Agora acrescente isso ao fato de que esses mortos não lembram que estavam mortos? No mínimo curioso.

Continua após publicidade

Começamos há quatro anos, onde um acidente num ônibus escolar que levava a jovem Camille sofre um acidente levando a óbito, sem esperar já voltamos aos dias atuais e no mesmo lugar ela ressurge caminhando em direção a casa dela, porém as coisas não estão como antes. A morte mexeu com todos, como toda família sofreu o baque que resultou no divórcio dos pais dela e provavelmente no comportamento rebelde da irmã, Lena. Linda cena do reencontro entre mãe e filha, mesmo que a segunda estava agindo como se nada tivesse acontecido e a primeira entrou em estado de choque. Talvez não entendesse ainda o que de fato aconteceu.

Enquanto isso, outros mortos vieram à vida. O pequeno Victor é resgatado pela Dra. Julie. Esses são os maiores mistérios até agora, o menino mesmo com poucas pala-vras conseguiu demonstrar potencial e me deixou intrigado, tenho uma teoria. Mas prefiro falar mais a frente.

Continua após publicidade

Simon voltou querendo reencontrar sua ex noiva Rowan, para uma primeira cena a atriz mostrou que a personagem já passou por maus bocados, por ser o primeiro episódio não sabemos ainda pelo o que ela passou. Mas o pouco mostrado dá pra ver que ela provavelmente tinha visões dele, será? Posso estar enganado, mas a morte dele com certeza a deixou com marcas profundas.

Imagem: Arquivo Pessoal/Diogo Azis
Imagem: Arquivo Pessoal/Diogo Azis

Voltando ao núcleo da Camille, descobrimos que os pais dela se divorciaram, Jack tem um caso com a garçonete do bar e provavelmente descontou na bebida a morte da filha. Lena, ao descobrir que a irmã está viva se mostrou histérica, o que no fim descobrimos o motivo. Ela também era para ir ao passeio do colégio que resultou no acidente, porém, no dia mentiu para se encontrar com o namorado da Camille, ou seja, tem culpa no cartório.

Todos os elementos de uma boa série estiveram presentes, bom elenco, uma história que bem dirigida e escrita têm chances de ir longe, trilha sonora que deram o tom de suspense ideal para o primeiro episódio. Mortes, dramas familiares que serão explorados e podem render muitos plots e mistério. O que de fato aconteceu para esses mortos ressurgirem? Principalmente na última cena, que não irei dizer qual é para não estragar a surpresa. Bom início!