The Royals – 3×01 – Together with Remembrance of Ourselves

Imagem: EW
Imagem: EW
Imagem: EW

 

Continua após publicidade

E aí, pessoal! Para quem não me conhece de outros carnavais, sou a Jeh, do Video Mix, Teu Passado Te Condena e como aqui no Mix eu sou mil e uma utilidades, fui incumbida de trazer as reviews dessa delicinha que é The Royals e a Família Real inglesa. Conto com a companhia de vocês durante essa temporada e espero que curtam. Sem mais delongas, vamos ao que interessa.

Continua após a publicidade

É importante vocês saberem que eu sempre gostei muito de The Royals, desde a primeira temporada. É verdade que nem sempre os episódios são incríveis e em alguns momentos acaba até sendo um pouco cansativo, mas a série é cheia de plot twists, sempre com reviravoltas e novidades surpreendentes e isso dá um brilho especial.

Continua após publicidade

Esse retorno foi ótimo, apesar de ter sido um pouco tranquilo. Estamos de um episódio bastante introdutório, mostrando com cuidados as histórias que veremos daqui para frente. Acho importante essa narrativa um pouco mais cautelosa em premiere, às vezes quando recebemos muitas informações, acaba ficando um pouco tudo confuso demais e a gente se perde. Gostei muito do fato de terem explorado um pouco de cada personagem, com histórias bem focadas e com um bom planejamento.

Imagem: EW
Imagem: EW

Preciso começar com Eleanor e Liam. Achei incrível o paralelo que traçaram entre os dois irmãos e a sutileza com que, aos poucos, foram mostrando as mudanças de personalidade de ambos. Parece que trocaram a chave e um assumiu a personalidade do outro. Liam sempre foi mais centrado, mais pé no chão, mais cauteloso, discreto, Eleanor sempre explosiva, dinâmica, temperamental, impulsiva e tudo voltou diferente.

Continua após publicidade

Eu amo a princesa de todo coração, de verdade, acho a melhor pessoa da série. Mesmo não concordando com tudo o que ela faz e achando muitas vezes que é tudo um grande mimo, ela é uma personagem incrível e rouba a cena e, preciso dizer, a mudança que ela sofreu não alterou em nada. Pelo contrário, fiquei feliz de ver que os baques que ela levou na vida só a fizeram crescer e amadurecer. Nem sempre se afogar em litros de álcool e quilos de droga é a solução para tudo, quer dizer, nunca é e ela entendeu isso aos poucos. Claro, a personalidade dela não mudou, mas ela está diferente, tentando ser uma pessoa melhor.

Eu não vou mentir, torço para o relacionamento dela com o Jasper, desde que não seja mais um relacionamento que traga malefícios. Eu gosto muito dele, mas já fiquei com muito ódio de todas as cagadas que ele fez. Eu acredito na mudança de ambos e acho que eles podem amadurecer juntos e criar uma vida bem legal. Acho Lena precisa disso, precisa desse suporte e apesar do relacionamento ter sido abusivo algumas vezes (de ambos o lados), eles tem essa chance de fazer ser tudo diferente. Jasper claramente ama Lena e ela o ama também e talvez só o amor não seja suficiente, mas isso eles terão que descobrir juntos e com o tempo. O primeiro passo é resgatar a confiança que foi perdida e isso acompanharemos aos poucos.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

Na contramão do crescimento de Eleanor, vem Liam, que teve um retrocesso. É verdade, ele está lidando com muitas coisas, com muita pressão, com muitas cobranças e é normal que a mente acabe se desgastando em algum momento, mas Liam está se perdendo cada vez mais e vai precisar de alguém forte para trazê-lo de volta. A forma que ele escolheu para extravasar todos os sentimentos é destrutiva – apesar de rolar uns nudes que valem a pena – ele precisa lidar com tudo isso de uma outra forma, ou será como o cara disse, “o funeral é seu”. Liam é melhor do que isso, só não está conseguindo enxergar.

O que me leva a falar sobre o retorno de Robert que, na minha visão, terá uma impacto muito grande na vida do Liam, mas positivamente. Não sei se repararam, mas o garoto, a todo momento, se referia a Robert como um símbolo de grandeza, como um cara que saberia resolver os problemas e Liam está desesperado em busca de alguém que pegue na mão dele neste momento. Acredito que Robert terá esta função quando retornar para o Palácio, porque, uma coisa é fato, ele quer apagar o seu passado como herdeiro do Trono e acredito que ele não retornará pronto para reassumir o seu papel. Os dias de Robert como o Náufrago estão chegando ao fim e eu estou muito curiosa para ver o impacto que isso terá na vida da família.

Observações:

  • Gente, Helena é a melhor pessoa da Terra. Ela transou com o Lorde. Tem como não amar?
  • Odeio Cyrus desde sempre, mas ele estava ótimo neste episódio. Ri horrores com ele dentro da bola de plástico.
  • O bromance de Helena de Cyrus voltou melhor do que nunca. Espero que eles continuem explorando essa relação de muito ódio.
  • É bom ficarem espertos, Cyrus não está para brincadeira nesta temporada.
  • Quem é aquela loira que estava com o Liam? Ainda não consegui fazer a ligação! Vamos ver o que vem pela frente.
  • Achei lindo Lena e o segurança. Ele foi fundamental para este crescimento dela.
  • Curiosa para saber qual será o papel da garota intimada por Helena no metrô.

Muitas perguntas foram deixadas neste primeiro episódio, agora temos que acompanhar para recebermos as respostas. Pessoal, por hoje ficamos por aqui. Obrigada pela visita e espero encontrá-los na semana que vem. Beijos e até lá!