The Royals – 3×04 – Our (Late) Dear Brother’s Death

Imagem: Arquivo Pessoal

Imagem: Arquivo pessoal

Continua após as recomendações

 

Mais uma semana de The Royals. Assim como eu previa, o retorno de Robert balançou totalmente as estruturas do palácio e da vida da Família Real. Já era de se esperar que o susto seria grande para todo mundo e que cada um encararia de uma forma diferente esta volta. Foi a vez de conhecermos um pouco melhor sobre o personagem, sobre o que podemos esperar de sua história daqui para frente, se ele é ou não confiável (e isso ainda não temos como saber), como isso afetará a vida de Helena, Liam e Len, e entre tantos outros pontos importantes que devem ser levados em consideração.

Continua após a publicidade

Vou começar falando do relacionamento de Len e Robert, que me deixou bastante emocionada. Eu venho dizendo desde o primeiro episódio que estou amando essa mudança de personalidade dela, estou muito feliz com esse amadurecimento e o desenvolvimento que ela vem tendo a todo momento. O relacionamento dela com o Jasper está cheio de amorzinho, leve, gostoso de acompanhar e era isso que ela precisava para se restabelecer. Como eu disse desde o começo, era importante que ambos deixassem de tratar este namoro de forma abusiva e agora eles estão, finalmente, conseguindo se comportar como um casal adulto.

O encontro de Len e Robert foi emocionante. Ela, claramente, tem uma ligação muito forte com ele, o admira, o vê como exemplo e isso conta muito na hora de levar um conselho em consideração. Achei muito fofa a interação dos dois em todos os momentos, mas principalmente na hora de apresentar o Jasper como seu namorado. A insegurança dela foi a coisa mais engraçadinha do mundo e dele também, que estava se sentindo na parede tendo que provar o quanto ele é bom para ela. Robert realmente se importa com Len e com a felicidade dela e tenho para mim que, apesar de esperar alguém com grandes títulos e fortunas para a irmã, o que ele realmente quer para ela é a sua felicidade. E este foi um ponto alto do episódio.

O que me leva a falar sobre o impacto do retorno de Robert na vida do Liam, e aqui nós já sabíamos que seria um problema, ? Confesso que fiquei bastante emocionada de ver a reação do irmão mais novo, com os olhos cheios de lágrimas e sem conseguir acreditar no que estava acontecendo. Liam sempre se espelhou em Robert, sempre viu o irmão como um grande exemplo e é claro que a felicidade de vê-lo vivo estava estampada, mas e a garota? E o reino? E o trono? E o fato de que todos estavam torcendo para que ele fosse Rei e fizesse grandiosidades durante o reinado? Tudo isso foi por água abaixo. Eu tinha certeza que Liam teria que lidar com o encontro do irmão e da namorada o mais rápido possível e foi de cortar o coração ver como a vida amorosa dele é um caos (sempre que eu reclamar da minha, pensarei nele). Ele realmente não dá sorte e fiquei muito triste com o discurso dele no fim, claramente abrindo mão da mulher que ele gosta porque ele sabe que isso ficaria entre ele e Robert.

Mas será mesmo que tudo vai acontecer assim tão fácil? Apesar de saber que Liam ama muito o Robert, não acho que ele vai deixar de lado tudo aquilo que ele quer ou almeja, mesmo porque, quando Rob descobrir do relacionamento de Liam com a sua ex, alguma treta deve acontecer. Eles são filhos da Helena, vocês não acreditam que tudo será tão pacífico, né? Apesar deles se entenderem, de se gostarem e de terem bons momentos juntos, alguns sentimentos inevitáveis irão aparecer: o ciúmes, a vontade de Liam de ficar com a moça, um pouco de inveja pelo Rob viver tudo aquilo que o Liam estava pronto para viver e aí é que veremos a história começar e o circo pegar fogo.

O que me leva a falar sobre Helena e Cyrus, e agora Robert, e que me traz ao fim da review. Gente, a cena de Rob e Helena com o jornalista foi sensacional. Ele não nega de quem é filho e claramente tem a personalidade ácida da mãe e não a pacifista do pai. Isso me leva a crer que em questão de liderança ele terá uma abordagem muito diferente do Liam e lidará com tudo de uma forma mais parecida com Helena. Não sei se ele chega a ser tão cafajeste quanto ele, mas também não deve ser muito flor que se cheire. Se Cyrus realmente quiser continuar no trono, agora ele terá que derrubar não só Helena, mas também a sua cria, que voltou para o seu lugar com sangue nos olhos para manter aquilo com ele e em ordem.

The Royals, até o momento, vem fazendo uma temporada bastante agradável de acompanhar, com reviravoltas, deixando bastante perguntas a serem respondidas mais a frente, e eu confesso que estou bastante curiosa para saber como essa família vai lidar com todas as mudanças daqui para frente. E vocês, estão curtindo? Me contem aqui nos comentários!!

Por hoje ficamos por aqui. Obrigada pela visita e até a semana que vem. Beijos!

 

Tags the royals