The Vampire Diaries – 6×01 – I’ll Remember

TVD-6x01

E a galera de Mystic Falls está de volta, por mais que a maioria deles não possa estar em seus devidos lares. Após uma season finale bombástica como foi a última, o anseio dos fãs pelo retorno da série era inevitável.

The Vampire Diaries voltou com um ar renovado e com uma season premiere bastante agitada, o qual por um momento pensei que estivesse assistindo a uma nova série, ou melhor dizendo a um reboot. Eu juro que esperava por uma Elena chata e chorosa ao extremo, no estilo daquela enjoada e insuportável de boa parte da quarta temporada. Só que fiquei pasmo ao ver a protagonista aparentemente bem, e contando como que estava sua vida e de seus amigos para… Damon.

Quando vi o vampiro e sua amada juntos, logo pensei: COMO ASSIM? Por isso achei que ela muito bem até demais, mas quando mostrou que tudo não passava de efeitos de uma erva alucinógena cedida por Luke, pela primeira vez em tanto tempo (com exceção do final da temporada passada) senti uma pena muito grande de Elena Gilbert. Ela simplesmente decidiu conduzir a fase da negação do luto de sua própria forma, e assim não sair disso.

Continua após a publicidade

Stefan também tentou de sua forma seguir em frente com sua vida após perder seu irmão e Bonnie. O vampiro se viu na condição de afastar de vez de todos, e tentar viver como uma pessoa normal, com direito até a engatar um novo relacionamento. Porém ficou muito evidente que assim como sua ex-amada, ele é outro que ficou estagnado na fase da negação do luto. Stefan sempre se sentiu culpado por tudo (mimimi), mas até que essa postura de recomeçar do zero foi algo sucinto, porém óbvio que jamais convenceria a ninguém né?

Por mais que seja um personagem “dispensável”, gostei de ver que Matt, que junto com Jeremy são os únicos que podem viver em Mystic Falls, é o que está seguindo melhor com sua vida. O rapaz continua adiante, agora com uma carreira em ascensão, e cuidando de um Jeremy Gilbert totalmente irresponsável, lembrando aquele garoto rebelde do início da série.

É claro que para Elena ver Damon teria um preço a pagar, e quando a vi reclamando pela primeira vez da sede excessiva de sangue, tive certeza de que era ela quem atacou aquele casal de adolescentes no início do episódio, já que eles estavam na fronteira de Mystic Falls. Falando nisso, ela foi muito burra em ter deixado aquela garota que atacou fugir. Sério minha gente, por que ela não a matou? Essa garota vai ser uma tormenta e tanto na vida da jovem Gilbert.

Não podia deixar de falar do Alaric e Caroline, pois de todos, eles tentam manter o equilíbrio da situação. Enquanto a loira apenas quer reaproximar seus amigos novamente, porém pagando um preço vivendo uma vida vazia e solitária, o professor começa a dar aula na mesma Universidade onde Elena, Tyler, Luke e Liv estudam, certificando de que eles não se meterão em encrenca. Falando no personagem, ele será uma grande peça chave nos próximos episódios, anotem.

Eu achei muito triste a cena da Elena tentando fazer de tudo para se despedir definitivamente de Damon, porém por mais que ela tente, não consegue de forma alguma. Só que pedir para que Alaric apague todas as lembranças que ela tem de seu amado algo extremamente perigoso, que vai lhe trazer terríveis consequências. Prefiro mil vezes ela desligando novamente sua humanidade, do que ter risco de perder totalmente sua memória e se tornar uma vampira surtada.

A ansiedade pelo próximo episódio é imensa, ainda mais pelo final onde Damon e Bonnie estão aparentemente tendo uma vida perfeita. Onde eles definitivamente estão? The Vampire Diaries não decepcionou nesse primeiro episódio, e se depender de como serão os próximos tem tudo para ser um ano brilhante e voltar aos seus tempos gloriosos, se Julie Plec e Caroline Dries não ferrarem com tudo no meio do caminho igual na última vez.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Zh_9nwNZOP8[/youtube]

Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

No comments

Add yours