The Vampire Diaries – 6×15 – Let Her Go

tvd-6x15-

Depois do final emocionante como foi Stay, o episódio dessa semana de The Vampire Diaries não decepcionou. O que seria mais uma vez o foco em Caroline após a morte da sua mãe, as coisas não foram 100% sobre ela. Muitas tramas foram abordadas, nos proporcionando um roteiro ágil e dinâmico.

Caroline, mesmo nesse momento tão difícil que vem sendo para ela, continuou sendo a boa e velha Caroline Forbes. Tentando aparentar estar bem, ela logo deu tarefa para todos ajudá-la com o funeral de sua mãe, mas é claro que tudo não passou de aparências para a bancar strong woman. Um plot que achei muito interessante foi do Damon preparando seu discurso para a cerimônia, em que nos foi apresentado o flashback de quando ele e Stefan perderam a mãe. Aliás, deixaram Ian muito parecido como ele estava doze anos atrás, quando participou de Smalville, santo Renew! Por um momento o vampiro estava bloqueado em escrever o discurso para sua amiga, mas com as cenas apresentadas deu a entender que ele não soube lidar nenhum pouco com a morte de sua mãe, e que ele carregou durante todos esses anos um sentimento de culpa por ter decepcionado o Stefan. Foi a partir desses esclarecimentos que depois de conversar com o irmão, ele percebeu que esse caso não se tratava sobre ele, e sim de Caroline. Menos , segura esse estrelismo aí, meu caro.

Como o episódio seria maçante demais se fosse centrado apenas na morte de Liz, Bonnie voltou a dar o ar da graça, e na moral, o seu plot para tentar sair da outra realidade foi muito mais interessante. Agora com as dicas deixadas por Damon, nos foi apresentado que ali não era centrado única e exclusivamente em um “inferno pessoal” do vampiro e de Kai, mas seria uma espécie de outro mundo de pessoas mortas. Mais para o final da review tocarei nesse assunto outra vez.

Continua após a publicidade

Um plot interessante também foi de Jo e Kai. A médica não estava se sentindo muito bem e por mera coincidência seu irmão gêmeo também, especulando então um possível problema pelos danos colaterais da fusão entre o vilão e Luke. Sinceramente, achei isso muito balela e um pretexto do velho Kai de aproveitar-se da irmã, e por um momento foi o que pareceu. Apesar de estar mais “pleno” após o ritual, o personagem ainda é um vilão, mas isso deu uma equilibrada por conta da morte de seu irmão. Tenho certeza que veremos ainda muitas oscilações de personalidade do personagem, ora com atitudes boas e outras não.

tvd-6x15O funeral de Liz foi cheio de emoções, com um discurso de se aplaudir de pé, mas o melhor ficou para o final com Caroline cantando. Sério gente, a cena foi de partir o coração e a atuação de Candice Accola foi incrível, mostrando uma vulnerabilidade da personagem jamais vista antes. Como era de se esperar, a vampira, para lidar com a situação, preferiu por desligar sua humanidade. Antes dessa decisão, deu vontade de descer a mão no Stefan. Tudo bem que ele ficou meio assim de se declarar para ela, por conta dos últimos acontecimentos, mas se tivesse feito isso talvez Caroline não tomaria essa decisão. V4c1l0.

Falando em desligar a humanidade, adorei a cena final entre Elena e a amiga, na tentativa de impedir que Caroline tomasse tal decisão. Ela por sua vez, deu aquele tapa bem dado na cara da sociedade que todo mundo tinha vontade. Quem Elena Gilbert pensa que é em julgar? Quando Jeremy morreu ela desligou a humanidade também, e quando foi a vez de Damon ela apagou as memórias que tinha dele, ambos acontecimentos foi uma forma dela escapar da dor da perda. Logo ela é a última pessoa que devia ter dito aquelas coisas todas. E amei que a loira tenha quebrado o pescoço dela. Apenas ansioso para ver esse seu lado sombrio, pois como eu havia dito nas reviews passadas, falta apenas ela.

No meio disso tudo um plotwist nasceu de forma oculta, com a revelação da gravidez de Jo. Sério, fiquei pasmo com a revelação e, por mais que ela e Alaric terminaram o episódio comemorando, isso não vai ser nada bom. O motivo? É óbvio que ela está grávida de gêmeos, dando continuidade à linhagem do clã Gemini. E vocês acreditaram que ela doou toda sua magia para o Kai? Óbvio que não, e algo me diz que ela se sacrificará no futuro.

A cereja do bolo é claro ficou com ela… BONNIE IS BACK! Nem acreditei que isso finalmente aconteceu, e a cena do reencontro dela com Damon me fez sorrir que nem bobo de ponta a ponta. É claro que novas descobertas foram feitas, pois antes dela voltar aos dias de hoje, a bruxa descobriu que estava no ano de 1903 e antes de voltar, uma misteriosa mulher apareceu, que nada mais é que mama Salvatore. Com o final desse episódio, é claro que o foco do Damon a partir dos próximos episódios é tentar trazer sua mãe de volta. Será que isso vai dar certo? Stefan estará de acordo com a decisão do irmão? Essas respostas só saberemos no dia 12, quando a série voltar de seu hiato.

PS: Finalmente parece que Matt terá utilidade na história. Quando foi revelada a doença de Liz, algo me dizia que o personagem estaria destinado a ser seu sucessor como xerife de Mystic Falls. Isso ainda vai demorar, é claro, mas vai acontecer. Agora só não sei porque ele vai arrastar Tyler junto com ele.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=QeGicTYUuWg[/youtube]

 

Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

No comments

Add yours