The Vampire Diaries – 6×22 – I'm Thinking Of You All The While [Season Finale]

tvd-6x22

Imagem: Vampire Diaries World

 

Palmas e mais palmas, como se não houvesse amanhã, para a melhor season finale, e também melhor episódio de toda a história de The Vampire Diaries. O roteiro foi bastante ágil, e a primeira metade foi bem sombria, dando continuidade justamente no mesmo ponto em que o episódio passado terminou.

Kai voltou mais poderoso e vingativo do que nunca, e com certeza ele não se renderia tão fácil. Quando ele “se matou”, estava na cara que o vilão não tinha morrido, e acabou se tornando um daqueles que mama Salvatore tanto ama e idolatra. A única coisa que achei meio desconexa nisso tudo foi o fato de que todos do clã Gemini acabaram morrendo no momento de seu então suicídio. Se tivesse sido apenas Liv, acredito numa coerência um pouco maior.

Continua após a publicidade

A saída de Nina Dobrev da série foi arquitetada de forma bastante minuciosa, que a princípio se parássemos para ver seria um motivo inútil, mas olhando bem o desenvolver de tudo, foi uma verdadeira cartada de mestre. Kai simplesmente interligou a alma dela com a de Bonnie, onde ela ficará adormecida durante 60 anos ou até sua melhor amiga morrer. No início achei burrice, pois pensei que Damon não pensaria duas vezes em eliminar a bruxa da boca torta, assim trazendo sua amada de volta.

Stefan até nesse momento conseguiu ser um banana, ao descobrir o que aconteceu e aconselhar Bonnie a fugir do seu irmão. Para né? Quem vê pensa que ela fugiria do vampiro assim tão facilmente, mas fiquei com pena dela, pois apesar de tudo que aconteceu ela se sentiu responsável pelo ocorrido. O embate entre Damon e Kai merecia um espaço maior, e a forma como o vilão morreu foi fácil demais. Esperava um desfecho mais dramático para ele. Por um lado vimos que o protagonista salvou Bonnie, e não só por causa de Elena, mas por ele também. Esse foi o momento em que vimos como a jovem conseguiu mudá-lo para melhor, e também que a amizade dele com a bruxa foi uma das melhores coisas que aconteceu na série. Jamais eu, e muito menos os fãs, esperávamos que isso acontecesse, da dupla se tornar grandes amigos. E tenho certeza que isso será fator crucial para que ela não deixe o vampiro perder totalmente o controle agora sem o amor de sua vida.

A segunda metade do episódio foi focado na despedida de cada personagem a Elena Gilbert, já que muitos deles já não estarão mais vivos, quando ela despertar de seu longo sono. Todas as despedidas foram de cortar o coração, mas os mais cruciais tirando a última com o Damon, foi dela com Caroline, Bonnie e Stefan. Até little Gilbert apareceu para dizer adeus à sua irmã, afinal de contas, ele possivelmente é um dos que estarão mortos quando ela acordar.

O desfecho de Elena Gilbert foi um trunfo tão bem elaborado, que se parássemos para pensar, todos poderiam visitar a jovem e conversar com ela sempre que quisessem. Só que isso não vai acontecer, uma vez que ela possui o sangue da cura correndo em suas veias, independente de qualquer magia, atrairá muitos vampiros com o desejo de voltarem a ser humanos. Mas tudo foi bem pensado por todos, e a personagem estará ocultada durante esses 60 anos dentro da tumba da família Salvatore, assim detendo principalmente as novas ameaças de Mystic Falls, que direi brevemente.

A despedida do casal Delena foi o ponto alto do episódio, com eles fazendo por ora sua última dança, e de fundo a esperança do relacionamento entre Stefan e Caroline começando a surgir. A vampira ainda precisará de um pouco mais de tempo para terminar de lidar de vez com a morte de sua mãe, acabar de uma vez com o peso na consciência das consequências de ter desligado a humanidade, e agora das atuais condições de sua melhor amiga, para então poder se entregar de vez ao amor que sente por ele.

A sexta temporada teve um desfecho brilhante, com algumas pontas soltas para a sétima. Esse foi um bom ano, mesmo com a audiência já não sendo mais tão grandiosa como antes. Essa é a primeira temporada totalmente boa da série, desde a saudosa terceira em que a família original reinou a atração na época. Nina Dobrev fez um trabalho espetacular nesse episódio, deixando a birra que quase todos tinham com Elena Gilbert para trás por um momento. Veremos a atriz de volta a série, mesmo que seja algo rápido no series finale, mas a veremos que será então o momento em que a personagem despertará de seu sono e então terá seu final feliz com Damon.

A próxima temporada prometerá grandes momentos em seus primeiros episódios, com o antigo Damon de volta, o romance entre Stefan e Caroline sendo um dos focos principais, além de um Alaric ainda lidando com a morte de Jo e Matt, como novo xerife de Mystic Falls, possivelmente. Ah sim, sem contar que mama Salvatore será a grande vilã de pelo menos da primeira parte do sétimo ano da série, junto com sua família de vampiros bruxos, ou bruxos vampiros. Será que Enzo se aliará a ela? Aguardem os próximos episódios.

Até outubro!

Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

No comments

Add yours