The Voice 7×03/04 – Blind Auditions

E o reality musical mais amado de todos está de volta com a sua segunda semana, lotado de emoção, drama, bons cantores, ótimas performances e claro, jurados que arrasam. Adoro como eles são os verdadeiros protagonistas do programa, e fazem daquele jogo de barganha pelos candidatos algo muito mais interessante que as apresentações.

Continua após publicidade

Bom, mas chega de falar e vamos ao que interessa:

Continua após a publicidade

 

Continua após publicidade

PRIMEIRO DIA

 

Continua após publicidade

VIROU A CADEIRA!

 

John Martin – “Sweet Pea” 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=_dWpUPmVe8w[/youtube]

Carine: Começou tão bem essa semana. John já me chamou atenção no assobio, acho que viraria para ele ali mesmo. Sinto cara de live shows aí.

Eduardo: Com certeza eu viraria a cadeira para John, pois cara tem um talento único (CHUPA THE VOICE BRASIL). Ainda bem que o Adam foi o único a não virar, pois ele não tem perfil para integrar a equipe dele.

Letícia: Nossa, que voz deliciosa. Amei John, viraria certamente para ele, sem pensar duas vezes. Também amei que ele foi para o Team Blake, eles combinam. Vida longa a John no The Voice.

 

Kelli Douglas – “Danny’s Song”

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=bZyLrMtxwaQ[/youtube]

Carine: “Danny’s Song”? Nossa, Kelli, por que essa música? Foi tipo nada a ver com ela e com seu estilo. Só que Kelli é daquelas que mesmo errando a gente consegue gostar e acho que forma uma dupla perfeita com o Adam. Inclusive, não sei exatamente em que, mas me lembrou levemente a Tessanne Chin.

Eduardo: Nossa finalmente o Adam virou! É claro que eu viraria minha cadeira para essa linda. Kelli é mega talentosa, mas escolheu a música errada e deixou o nervosismo falar um pouco mais alto, mas mesmo assim viraria a cadeira para ela. E o Adam ganhou uma forte candidata para sua equipe.

Letícia: Simplesmente AMEI Kelli. Linda, com uma voz incrível e nada comum, mesmo atrapalhada pelo nervosismo ela arrasou, imagina quando ela não estiver nervosa hein? Também gostei que ela foi para o Team Adam, afinal ele foi o primeiro a virar e eles tem estilos parecidos.

Blessing Offor – “Just The Two Of Us”

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=JpcA-mY-qNQ[/youtube]

Eduardo: Ele tem uma história de vida até que comovente, e no começo achei só isso. Porém quando pensei que ele não ia passar, veio o grande tapa na cara. Nos momentos finais o cara HUMILHOU e todos os coaches viraram a cadeira, até eu viraria a minha. Haja coração!

Carine: Jura que você não gostou no começo, Du? Eu amei muito desde a primeira nota. Ele tem o tipo de voz que eu curto demais e juro que escutaria o Blessing por um dia inteiro. Alguma dúvida de que a história somada ao talento levam ele longe?

Letícia: Apaixonada pela história, apaixonada pela voz, pelo swing, por tudo que Blessing apresentou. Aliás, apaixonada por esse nome também. Fiquei mega tensa achando que eles não virariam, mas deu para perceber que não fomos só nós que notamos a excelência dele. <3

Anitta Antoinette – “Turn Your Lights Down Low”

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=2sCoeVx0G5s[/youtube]

Carine: ELA VOLTOOOOOU!!!! Vocês não fazem ideia da minha felicidade ao ver Anitta voltar e virar as quatro cadeiras lindamente. Depois de uma blind super tensa e que me emocionou muito na terceira temporada, ela se despediu do The Voice dizendo que voltaria e eu juro que a cada nova temporada esperava e torcia para que ela estivesse lá. Minhas esperanças já não existiam mais e eis que ela surge linda, provando que o tempo só fez bem e simplesmente humilha a Anitta que conhecemos há dois anos. Preciso declarar mais a minha torcida?

Eduardo: COMO ESSE POÇO DE TALENTO NÃO FOI APROVADA NA TERCEIRA TEMPORADA? Anitta tem um vozeirão pra ninguém botar defeito, e olha já quero ela nos live shows para ontem. Gwen saiu no lucro em conseguir a candidata, se antes eu já estava sendo Team Gwen, agora mais que nunca.

Letícia: Viram o poder de uma song choice correta? Não conhecia Anitta ainda, mas com essa voz maravilhosa, é realmente estranho que ela não tenha passado antes. No fim, melhor pra ela, que voltou ainda mais linda, e com a voz bem melhor trabalhada. Assim como todos, estou apaixonada por essa menina.

NÃO VIROU A CADEIRA!

Michael Stein – “The Devil Went To Georgia”

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=FJ4SXbmPu60[/youtube]

Carine: Concordo totalmente, reality super errado. O forte do Michael não é a voz e é isso que o programa procura. No entanto, adorei sua apresentação e ele é realmente muito divertido de assistir.

Eduardo: O cara é muito talentoso e carismático, só foi no reality errado. Tenta ano que vem o America’s Got Talent, que tenho certeza que você se dará muito melhor lá.

Letícia: Olha, adorei Michael, ele me divertiu demais. Mas para mim ficou claro desde o início que ele não passaria. The Voice realmente não é o reality para ele, ele foi melhor no violino que cantando, então já viu né!

Cole Wilkinson – “Classic”

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=ikSVo77tay0[/youtube]

Carine: Ô dó. Cole obviamente não faz o meu estilo pessoal, mas era um tanto interessante para o programa. Super novinho, pode trabalhar muito e amadurecer vocalmente que com certeza fará sucesso com as garotas.

Eduardo: The Voice Kids? Tá parei, mas eu gostei do garoto e eu viraria sim minha cadeira a ele. A primeira grande injustiça da noite. Mais um que quero muito vê-lo na próxima temporada, e entrando para o Team Xtina.

Letícia: Dica para a vida: Cresce e aparece. Para mim Cole estava no reality errado, com a música errada, e a vibe toda errada também. Eu não viraria.

 

SEGUNDO DIA

 

VIROU A CADEIRA!

Katriz Trinidad – “At Last”

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=nH-MAm08pjg[/youtube]

Carine: Eu vou dizer que ela me surpreendeu na escolha da música e na potência vocal. Não é todo mundo que consegue cantar “At Last” e apesar de não ser a melhor perfomance do mundo, Katriz foi muito bem.

Eduardo: Viraria de primeira para essa linda. Como eu já disse na review de The Voice Brasil, cantar esse clássico de Etta James, só a coach Xtina consegue ou conseguia até hoje. É claro que Katriz não chega aos pés da loira para essa versão, mas que ela mandou super bem isso é fato.

Letícia: Foi simplesmente perfeito, que apresentação maravilhosa. E olha que não é todo mundo que pode cantar essa música hein! Katriz arrasou, e já virei fã.

 

Tanner Linford – “When You Say Nothing At All” 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Ujkat8-Wc-Q[/youtube]

Carine: Eu não viraria para o Tanner, mas confesso que comemorei quando o Blake apertou o botão ali no finalzinho. Já tava morrendo de dó do menino ser rejeitado pela segunda vez e se analisarmos o quesito evolução ele até mereceu. Muito melhor do que na temporada passada.

Eduardo: Por um instante me bateu um desespero pensando que ninguém fosse virar para Tanner de novo. Na temporada passada ele não foi tão bem, e nessa ele pode não ter sido o melhor do mundo, mas superou sua audição passada e merecia essa segunda chance. Não o vejo muito longe na competição, mas fiquei feliz do Blake ter virado a cadeira.

Letícia: Ah eu adorei Tanner, que voz deliciosa. Ele é tão fofinho que já estava entrando em desespero porque ninguém virava meu Deus. Mas viraram, e foi ótimo.

 

Toia Jones – “One And Only”

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=dTA1OES3nnc[/youtube]

Carine: Serei do contra e vou dizer que não viraria para a Toia. Não acho que ela escolheu uma boa música, não acho que conseguiu se destacar com a performance e, principalmente, ela não é o tipo de cantora que eu costumo torcer.

Eduardo: EU VIRARIA LOGO DE CARA. Sou suspeito em dizer, pois amo Adele e essa é uma das minhas músicas prediletas dela. Toia acertou em cheio na escolha da música, ela deslizou em alguns momentos, mas nada que o tempo possa aprimorar. Ai dela se não tivesse escolhido o Pharrell, pois ela não se encaixaria no Team Adam.


Letícia:
One and Only é a minha música preferida da Adele, e não perdoei Toia por estragá-la. Não gostei da versão dela, nem achei que foi tão bom assim. Nem sei, mas já não curti ela.

 

Johnathan Wyndham – “Say Something”

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=XHHM09E_Big[/youtube]

Carine: Vou falar pra vocês que tem duas músicas que não aguento mais ouvir em reality musical (e na vida): “Say Something” e “All Of Me”. Parece que elas são obrigatórias em todas as temporadas de todos os programas. PORÉM, apesar do meu nariz torcido para a música, esse menino, ainda que muito nervoso, conseguiu passar emoção em cada palavrinha que cantou. Então eu gostei SIM.

Eduardo: O começo não foi tudo isso, mas no momento em que o Blake virou a cadeira, parece que lhe deu uma incentivada a melhorar. O nervosismo falou bem mais alto, mas apesar disso torço muito para que ele vá muito mais além. Com a puxação de saco para cima do Adam tava na cara que o músico seria escolhido, dã!

Letícia: Concordo com a Cá, também estou meio cansada de ouvir Say Something, mas Jhonathan tem uma voz tão linda, mas tão linda, que nem me importei com isso. Aliás, quero ouvir todas as músicas do mundo com ele, vem cá!

 

NÃO VIROU A CADEIRA!

Roem Baur – “Oh, Pretty Woman” 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=DzuQJAi7F90[/youtube]

Carine: Booooooooring. Dei pause umas três vezes durante esse vídeo pra fazer outras coisas de tão sem graça que tava.

Eduardo: BORING! BORING! BORING! Não sou obrigado!

Letícia: O que dizer sobre isso? …………………. (achei mais adequado não comentar).

 

Tini Grey – “Sara Smile”

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=2CWaIwW-DSI[/youtube]

Carine: Eu gostei da blind dele, mas enquanto assistia já percebi que mesmo se passasse não avançaria além disso porque Tini não tem nada que o destaque perto dos outros.

Eduardo: Ele não é ruim, muito pelo contrário, só que Tini não veio com um diferencial. Como até o momento essa temporada veio com muitos participantes bons, ele precisava de algo a mais para que os coaches virassem suas cadeiras. Quem sabe na próxima né?

Letícia: A injustiça é que Tiny é um bom cantor, e apesar de muita gente ruim já ter virado a cadeira dos jurados, e gente boa também, ele não tem muita sorte. Escolheu uma música que não chamou atenção para o seu potencial, e no meio de uma imensidão de cantores maravilhosos, ele realmente não apareceu, não surpreendeu.

E o que vocês estão achando do The Voice US? Comentem aqui.