The Voice Brasil – 3×03 – Audições às Cegas 03

Depois de uma segunda noite desastrosa de audições às cegas seguido de debate presidencial, The Voice Brasil está de volta. Será que hoje os candidatos estarão melhores e essa temporada mostrar finalmente para o que veio? Venha conferir e comentar conosco.

Continua após publicidade

the-voice-3x03

Continua após a publicidade

Vitor e Vanuti – “Volta pra mim”

Continua após publicidade

Clique aqui para ver a performance.

Carine: Tudo o que eu quero dizer é: pelo menos são bonitinhos.

Continua após publicidade

Eduardo: Eles não cantam mal, mas não funcionam como uma dupla. A performance deles pareceu uma batalha de egos para primeira voz, e por causa disso das batalhas a dupla não passará.

Letícia: Sabe o que eu tenho para dizer para eles? OBRIGADA POR DEIXAR ESSE MÚSICA NA MINHA CABEÇA PARA SEMPRE SQN. Assim, eu não gostei, achei eles forçadíssimos, e eu não viraria.

 

Nathalie Alvim – “Whole Lotta Love”

Clique aqui para ver a performance.

Carine: Primeira pessoa que me empolga no The Voice Brasil. Mandou muito!!! Agora sim esse programa começou.

Eduardo: Finalmente uma candidata que posso dizer que é BOA. Nathalie tinha controle da situação todo o momento, e finalmente nos fez lembrar qual o intuito do The Voice. Já se tornou minha favorita até o momento.

Letícia: Concordo com a Cá, finalmente uma cantora de verdade. Até no The Voice US virariam para ela, maravilhosa.

 

Kim Lírio – “Sem ar”

Clique aqui para ver a performance.

Carine: Estou amando loucamente. Cabeludinho, tatuado e com voz linda!! Ai como o The Voice tá empolgando hoje!!

Eduardo: Eles estão compensando o desastre que foi as audições anterior? Kim é simplesmente sensacional, e assim como Nathalie se tornou com certeza um dos destaques da noite. Vida longa a ele na competição.

Letícia: “Meu coração pulou, você chegou e me deixou assim…” Só que apaixonei no gauchinho, e COMO ASSIM NÃO CRUZEI COM ELE EM PORTO ALEGRE AINDA? Com uma voz deliciosa, ele promete boas apresentações.

 

Kynnie Williams – “Why Don’t You Love Me”

Clique aqui para ver a performance.

Carine: Eu to olhando pra cara dessa moça sem entender nada desse estilo. Mas falando do que importa, achei bem fraco e nem um tantinho empolgante.

Eduardo: Começou a palhaçada já. A performance dela se resume em uma palavra: HORRÍVEL! Próximo!

Letícia: Só que eu ri muito e serviu para eu ir no banheiro, obrigada!

 

Nanda Torres – “Começar de Novo”

Clique aqui para ver a performance.

Carine: Não tinha uma música mais chata não? Eu acordei cedo hoje, amiga. Ainda preciso aguentar acordada até o fim do programa. Vamos animar!

Eduardo: Como diria Lana Del Rey, eu queria estar morto agora. Próximo!

Letícia: Eu odiei ela porque curto essa música, e ela simplesmente fez a pior versão que já ouvi de Começar de novo. Deu para perceber que ela forçou a voz, meio que imitando um milhão de cantoras que tem por aí. Adeus.

 

Vanessa Borges – “Muito Obrigado Axé”

Clique aqui para ver a performance.

Carine: Fiquei com a impressão de que a Vanessa estava cantando em um velório. Pra cantar axé precisava de mais animação.

Eduardo: Uma mistura de beleza e talento, assim se resume Vanessa. Apesar desses detalhes, ela pecou na song choice. Absolutamente nada contra o estilo, os candidatos têm que se intensificar mais nos estilos brasileiros mesmo, mas ela tem potencial para cantar músicas melhores.

Letícia: Eu achei que ela estava cantando um ponto de umbanda, sei lá! Bom, a song choice foi bem planejada, digamos, assim ela chamou a atenção de Brown. No fim gostei da voz e ela realmente é linda. Torcendo aqui para no futuro ela escolher músicas melhores.

 

Kall Medrado – “(You Make Me Feel) A Natural Woman”

Clique aqui para ver a performance.

Carine: A mulher não fez nada e o Brown já me vira essa cadeira! Olha que pro nível do The Voice Brasil eu nem posso reclamar muito dela, mas gritar menos ajudaria a me agradar mais.

Eduardo: MENOS CARLINHOS BROWN! A menina nem respirou e ele já virou a cadeira? Forçado demais hein?! Voltando a Kall, ela mandou bem, sinceramente eu gostei muito dela. Apesar disso, que ela precisa nivelar melhor alguns tons isso é fato, mas nada que o tempo ela não vá aperfeiçoando.

Letícia: Olha, quem me conhece bem sabe que eu tenho muita implicância com quem canta essa música, já que a minha cantora preferida do mundo fez a melhor versão (terceira vez que já comento isso acho), mas preciso confessar que adorei Kall. Adorei a história de vida, a voz, o alcance, tudo. Ela é uma linda e tem muito futuro no programa.

 

Joey Mattos – “Domingo”

Clique aqui para ver a performance.

Carine: Eu achei que fosse uma mulher genteeeee! Mas olha, contrariando todas as expectativas eu vou dizer que eu gostei disso. Eu adoro Só Pra Contrariar e os anos 90 e essa versão ficou ótima. To aqui me matando por assumir isso, mas eu gostei, pronto.

Eduardo: MAS GENTE? Jurava que fosse uma mulher e na hora que a cortina caiu vi que era uma criança homem cantando, tá parei. Enfim, gostei muito da performance, apesar de não gostar desses pagodes atuais, os dos anos 90 tem um espaço especial no meu coração.

Letícia: E não era mulher, hahaha! MORTA! Adorei a versão, e acho que ele é ótimo. Coisa boa resgatar esses pagodinhos delícia do meu tempo de criança.

 

Edman Costa – “Samba de Verão”

Clique aqui para ver a performance.

Carine: Que agonia do jeito que esse homem tá fazendo as pausas na música. Gente, to aflita com ele cantando desse jeito. QUE ERRO! Como um cara com tanta experiência assim faz um treco desses? Eu juro que não consigo me conformar.

Eduardo: Agora sei porque ele saiu dos holofotes e ter parado com a música. PELO AMOR DE DEUS! O cara tem talento de sobra, mas não foi feliz na sua performance. De coração, torço muito para que ele se sobressaia e me surpreenda nas batalhas.

Letícia: Ai sabe, não gostei não gente. Ai que desnecessárias essas firulas com a voz, aff, acho até que durou tempo demais a apresentação dele. Sai logo por favor, e olha, nem ficarei com pena  não.

 

Rafaela Melo – “Flor da Pele”

Clique aqui para ver a performance.

Carine: Achei fofa antes de começar e mais ainda depois de escutar. A Rafaela mereceu, só não sei se o Daniel vai dar muito espaço pra ela.

Eduardo: Eu estava gostando até parar na parte do LARALARALARA, mas aí depois achei mediano. Que Rafaela é talentosa, isso é algo incontestável, porém ela foi infeliz na song choice. Ainda bem que o Daniel virou a cadeira nos 45 do segundo tempo, assim espero uma evolução por parte dela na próxima fase.

Letícia: Aii seus chatos, eu amei Rafaela, que voz linda e grave. E adorei a música, baixando agora para ouvir sempre. Cheia de estilo, ela pode ser da MPB, mas não vejo a menina nem um pouco limitada.

 

Vinícius Zanin – “Seven Nation Army”

Clique aqui para ver a performance.

Carine: Quem disse para o Vinicius que ele tem o direito de cantar uma das minhas músicas favoritas? Meu querido, por qual motivo você não escolheu qualquer musiquinha fácil e bobinha?

Eduardo: Lana Del Rey me representando de novo: EU QUERIA ESTAR MORTO VENDO ESSA PERFORMANCE. Ele conseguiu CAGAR nesse HINO, só mesmo a fútil da J.Lo Milk pra virar a cadeira. Faz um favor? Cai fora nas batalhas, obrigado! CLAUDIA LEITTE DIZENDO WELCOME TO THE JUNGLE = ME FAZENDO PERDER A VONTADE DE VIVER.

Letícia: “Ai a minha influência é música black” E VAI LÁ E CANTA WHITE STRIPES? AH VAI TE CATAR! Odiei tudo, tudo mesmo, que ele exploda na próxima apresentação por favor. Só sei que assim como a Juliana eu estou DES-MAI-A-DA.