The Voice Brasil – 3×13 – Semifinal

tvbr

Continua após publicidade

Chegamos a semifinal do The Voice Brasil. Alguns times bem mais a frente do que os outros, mas será que isso é o essencial para vencer o programa? Vem ver como foi.

Continua após a publicidade

 

Continua após publicidade

Romero Ribeiro – “Assim Você Mata O Papai”

Clique aqui para ver a performance

Continua após publicidade

Carine: Pior que o time Brown tá tão bléh que é capaz dele passar.

Eduardo: Ai já deu né Romero?

Fábio:

Letícia: O que dizer dessa apresentação que mal começou e já odeio pakas?

 

Rose Oliver – “Lanterna Dos Afogados”

Clique aqui para ver a performance

Carine: Rose é muito melhor e merece bem mais, não tenho dúvida disso, só que também acho que ela é zero carisma. Independentemente do resultado hoje, tenho certeza que o Brown não leva o troféu esse ano.

Eduardo: Rose como sempre mandando hiper bem, e essa apresentação é mais que óbvia para mostrar que ela merece um milhão de vezes mais que Romero em representar o time Brown na final. Vai que é tua!

Fábio: Tá ai uma que dificilmente decepciona. Dessa vez com uma excelente música, Rose veio e mandou bem como sempre!

Letícia: Eu achei tudo muito estranho, uma gritaria maluca que achei totalmente desnecessária. Só acho que Rose carimbou seu passaporte para fora do programa.

 

Leandro Buenno – “Animals”

Clique aqui para ver a performance

Carine: Preferia fazer qualquer outra coisa do que assistir isso. Saudades, Nise.

Eduardo: O Leandro cometeu um erro gravíssimo que não podia acontecer a essa altura do campeonato. Definitivamente essa foi a pior performance dele, cruzes!

Fábio: E eu pensando que ele não poderia piorar.

Letícia: Que vergonha que eu senti dessa apresentação, nossa, tava tudo errado. Foi tão ridículo que nem sei o que foi pior, a voz, a escolha musical, o sorrisinho no final. Pior é que ele acredita que foi bem. Dá medo dessa gente, sabe?

 

Lui Medeiros – “Love Never Felt So Good”

Clique aqui para ver a performance

Carine: Fazendo uma macumba durante o intervalo pra esse povo passar o Lui e não o Leandro. Não foi a melhor dele MESMO, mas infinitamente superior a esse treco aí que o Leandro fez.

Eduardo: As apresentações hoje estão bem sofríveis, tá dificil escolher um finalista. Lui não foi ruim, mas também faltou aquele “Q” das performances anteriores. Por mais que eu goste dele, é óbvio que será Leandro o finalista, por conta de sua popularidade.

Fábio: Não foi o melhor do Lui, longe de ser o melhor dele, por sinal… Porém nem vai precisar de muito para vencer o Leandro, porque olha….

Letícia: Coisa boa que existe Lui nesse programa, finalmente uma apresentação boa nessa noite sofrida. Adorei o swing que ele trouxe, a voz estava ótima para variar, e foi a única apresentação que gostei de olhar. Vai para a final Lui.

 

Jésus Henrique – “Final Feliz”

Clique aqui para ver a performance

Carine: Só sei que não tinha música pior. Mais cara de barzinho é impossível. Vai Jésus, pode se despedir do The Voice.

Eduardo: zzzZZZzzZZzzZZzzzzZZZZZzz

Fábio: Então meus amigos, perderam as contas de quantos clichês de cantor de barzinho ele fez/faz?!

Letícia: Tá Jésus, agora já deu né? Parou a palhaçada. ADEUS!

 

Kim Lírio – “How You Remind Me”

Clique aqui para ver a performance

Carine: Ai, eu gostei e nem é só porque o Kim é um gato. O cara mandou bem mesmo e acho até que pode ser o vencedor desse programa, o que eu acharia muito bom, já que o estilo dele é super diferente do resto.

Eduardo: Sou suspeito em falar por dois motivos: Kim é meu participante favorito e a música é uma das que mais marcou minha adolescência. Daniel distribua logo os 30 pontos apenas para Kim e que ele seja eleito com 100% de aprovação do público, pois foi incrível. PS: dona Carine menos viu, estou apenas lhe observando.

Fábio: Como assim te julgar, Let?! Eu gosto das músicas de Nickeback e não vejo problema. Bom, sobre o Kim, podemos dizer que ao menos bom gosto para escolher as músicas ele tem, né?!

Letícia: Me julguem o quanto quiser, mas eu curto algumas músicas do Nickelback, e essa é uma delas. Cantei junto com o Kim, e adoro que ele sabe muito bem escolher as músicas, sempre bem populares, que todo mundo sabe cantar. E foi tão fácil pra ele que adorei.

 

Danilo Reis & Rafael – “Pra Dizer Adeus”

Clique aqui para ver a performance

Carine: Concordo totalmente com vocês. Não entendi nadinha dessa escolha, esperava qualquer coisa menos essa música e quero que eles caiam fora só por isso.

Eduardo: Com que direito eles fizeram isso com uma das minhas músicas favoritas do Titãs? O título é bem sugestivo a eles, “Pra Dizer Adeus”. Logo… ADEUS!!

Fábio: “…tão ruim!” Escutei esse trecho durante a música e nada expressa melhor o que foi isso.

Letícia: Ah sei lá sabe! Não sei se gostei ou não. Ficou tão blé que nem sei dizer, só sentir. Eles não cantaram tão mal, mas nem bem também. Foi um sacrilégio? Foi. E só por isso não deveriam passar.

 

Nonô Lellis – “The Climb”

Clique aqui para ver a performance

Carine: Sinto que a Nonô vai passar bem mais por ser fofinha do que por cantar bem. E não culpo ninguém, meu voto também vai pra ela, mesmo achando meio fraquinha.

Eduardo: O que uma song choice adequada é capaz de fazer né? Nonô está simplesmente muito bem, sério eu estou adorando essa performance. É claro que ela não alcançou as notas suficientes igual a Miley faz, mas a vaga da final já é dela, com certeza! E outra, “The Climb” é uma música muito intensa, e ela deu seu melhor, mesmo tendo faltando alguma coisinha no fundo.

Fábio: Faltou a voz naquela nota no finalzinho, mas quem se importa quando isso aconteceu na melhor performance dela no programa?! Foi muito bem menina Nonô!

Letícia: Aquela hora em que você engole o orgulho e admite que SIM, NONÔ FOI ÓTIMA. Ótima song choice, combinou com sua voz. Deu para ver que ela se esforçou mais essa semana para apresentar um trabalho melhor, e deu certo.

 

ELIMINAÇÕES

Carine: Olha, trocando o Romero pela Rose e a dupla pela Nonô eu acharia bem mais coerente essa final. E sim, concordo com vocês que poderia ser só Lui e Kim que já tava ótimo. Acho que são os únicos que podem realmente vencer.

Eduardo: Sinceramente? A final podia ser apenas entre Lui e Kim, por conta de escolhas mal feitas do público em meio a performances sofríveis. E pra que deram esse poder da distribuição das notas? Nenhum dos quatro times mereciam pontuação meio a meio, nenhum.

Fábio: Pra que raios esses técnicos estão ai? Os caras tem nas mãos a vantagem de poder reverter a bizarrice dos resultados e simplesmente TODOS jogam no lixo a porcentagem ao dividir igualmente… Próximo ano deixem só as cadeiras, Globo!

Letícia: E eu que achei que as eliminações estavam todas corretas (apesar de Romero eliminar Rose nunca ser justo, mas o público sempre preferiu) no nada vem o público e elimina Nonô, logo na noite em que ela foi bem, aff sabe! Concordo com o Edu, a final tinha que ser entre Lui e Kim e acabou. Mas estou com um medo tremendo de Romero e da dupla lá correndo pelas beiradas, medo do prêmio ficar entre os dois.

 

Acharam as escolhas dos finalistas justas? Qual sua torcida?