The Voice Brasil – 4×06 – Batalhas 01

the-voice-4x06

Continua após as recomendações

Olá galera, como estão todos? Começou em The Voice Brasil a tão aguardada fase das batalhas, onde tudo pode acontecer. E o primeiro programa já deu para ver que esse ano as coisas não estarão fáceis para ninguém. Tivemos performances memoráveis, outras esquecíveis, e é claro como em qualquer versão da franquia The Voice ao redor do mundo, as injustiças nessa fase.

Esse ano, nossos jurados contaram com a ajuda de Luiza Possi (Michel Teló), Alexandre Pires (Claudia Leitte), Rogério Flausino (Carlinhos Brown) e Di Ferrero (Lulu Santos). Vamos ver como foi essa primeira noite?

Continua após a publicidade

 

TIME CLAUDIA

 

Cris Silva x William San’ Per – “Want To Want Me” 

Clique aqui para ver a performance.

Ana: I can’t. Achei a escolha da música complicada para os tons das vozes da Cris e do William

Edu: A batalha começou bem meia boca, mas a medida que eles foram cantando a evolução foi evidente, isso não podemos negar. Senti Cris meio perdida em vários momentos, enquanto William estava seguro de si, controlando bem os falsetes (um beijo, Débora). Logo era previsível que ele levaria a melhor, e nada mais justo. Ainda bem que Lulu usou o seu primeiro te peguei, aka steal em Cris, porque seria desperdício vê-la fora logo de cara.

Paula: William levou a melhor, estava bem óbvio seu destaque, mas Lulu salvou Cris. Não achei que começamos muito bem as batalhas, mas vamos em frente!

 

Tabatha Fher x Camila Leonel – “Você Não Me Ensinou A Te Esquecer / Libertango”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Meu sono foi ótimo com esse batalha. Recuperei bem da última noite mal dormida. Se as duas saíssem, não iriam fazer falta.

Edu: Tava demorando né? Que sofrência essa performance, se tivesse sido só da Tabatha eu teria cortado os pulsos ou dado um tiro na minha cabeça. E o pior que a sonolenta ganhou a batalha, cruzes!

Paula: Adoro esta música gente, mas achei que a performance das duas deixou um pouco a desejar. Apesar disso as vozes estavam equilibradas. Tabatha mais boring passou… vai entender a Milk né!

 

TIME TELÓ

 

Victor Hugo x Edu Santa Fé – “Tocando em Frente”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: “Tocando em Frente” é uma das músicas sertanejas de raiz que eu mais curto. E devo dizer que apesar de dar uma sonolência, foi bonita. E adorei que Edu ficou, pra mim foi o melhor da batalha

Edu: A música é tão linda e intensa, mas seus intérpretes não podemos dizer totalmente o mesmo. Não foi o pior dos mundos, mas em alguns momentos senti algumas desafinações entre eles, só que eles deram o seu melhor. Realmente outra escolha coerente de Edu ter vencido essa, e o melhor, Victor Hugo ter vazado.

Paula: Que lindo, gente! Música incrível, mas senti o domínio total do Edu Santa Fé. A voz dele se destacou muito mais, achei mais sereno. Michel fez uma ótima escolha de manter o Edu!

 

Marcelo Archetti x Renato Vianna – “I’m Not The Only One” 

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Adoro Sam Smith, e esperei desde cedo uma batalha dessa magnitude. Renato tem uma voz maravilhosa, e Marcelo igualmente. Foi a batalha mais difícil de analisar. Uma pena que ninguém pegou o Marcelo (eu pegaria, dicas).

Edu: Gente eu não esperava logo de cara um duelo de gigantes desse porte. Eu fiquei todo arrepiado, mas vamos convir que a performance foi toda de Renato. Assim como os jurados e seus mentores, eu aplaudi de pé aqui. Essa fase de batalhas começou muito bem Brasil.  Óbvio que fiquei feliz com a vitória de Renato, pois como disse, ele tem potencial pra finalista. Marcelo volta ano que vem, pois você é FERA!

Paula: Quando anunciou estas duas vozes, minha expectativa elevou mil vezes. Admito que Sam Smith dá um pouco de soninho, mas tenho que falar que foi a melhor batalha até agora. As duas vozes casaram muito bem. Renato se deu bem continuando com Teló, boa escolha!

 

Matteus x Paulynha Arrais – “Fui Fiel” 

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Deixa eu morrer aqui rapidão…

Edu: Serei julgado pelo resto das minhas 37 encarnações, mas adoro essa sofrência cafona. E vamos ser sinceros que Paulynha (não a nossa reality girl), foi mera figurante na batalha.  PS: TE ODEIO CLAUDIA LEITTE. COMO ASSIM JULIA FOI EMBORA E ESSA TOSCA ACABA SENDO SALVA?

Paula: Aproveitei para ir ao banheiro, comer alguma coisa… porque ninguém é obrigado a essa hora da noite ouvir esta cafonice. Por mim, podia ter ido embora os dois. Beijos.

 

TIME LULU

 

Rebeca Sauwen x Thais Moreira – “Crazy” 

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Mais uma batalha que a song choice beneficiou apenas uma das concorrentes. O tom favoreceu a Rebeca, que tem uma voz mais limpa. Thais tem uma voz bonita, porém senti ela desconfortável ao cantar com esse tom alto. Ainda bem que as duas se mantiveram no programa

Edu: Gente por favor né?! Adoro Rebeca, mas Thais foi um milhão de vezes melhor que ela, não há nem o que discutir. Mais uma escolha coerente, e estou surpreso com esses jurados hoje. Ainda bem que Rebeca foi salva, pois ficaria de cara se isso não acontecesse.

Paula: Eu já acho o contrário Edu. Achei uma diferença enorme entre as duas, mas achei que a Rebeca mandou muito melhor. E acreditei, pelo depoimento do Lulu, que ele escolheria Rebeca, mas a Thais, mesmo com o nervosismo levou a melhor. Fiquei mais aliviada quando Brown salvou a Rebeca! Ufa!

 

Tori Huang x Sarah Lorena – “Flashlight” 

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Essa batalha foi complicada. Não gostei da música, sei lá, me deu sono. Mas as duas tinham grandes chances de passar e ficar.

Edu: Claro que até nas batalhas teria que ter uma música da mais nova careca do pedaço, aka Jessie J. As duas foram boas, mas apesar disso não rolou sincronia entre elas. Por conta disso, sinceramente foi difícil de saber quem se saiu melhor, e qualquer uma das vitórias aqui seriam válidas.

Paula: Achei bem distante uma voz da outra, não foi sincronizado. Achei a Sarah dez vezes melhor e não entendi a escolha do Lulu. Uma pena. Espero que Tori surpreenda, por que né…

 

Marcos Matarazzo x Ana Cigarra – “Woman In Chains” 

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Essa música é e foi difícil pra ambos, mas sambaram. Ainda não entendo o porquê Matarazzo ainda permanecer na competição

Edu: EU AMO ESSA MÚSICA! Foi uma escolha boa, os dois mandaram hiper bem, respeitando o espaço um do outro. Aliás a birra que fiquei de Marcos nas audições morreu aqui, e fiquei arrepiado com essa batalha. Por mim os dois ficavam, mas como só pode escolher um, se fosse meu time escolheria Ana Marlboro.

Paula: Que linda apresentação, gente! A batalha fica até difícil definir o vencedor depois desta. Qualquer um que ganhasse eu ficaria satisfeita. Ana Cigarra infelizmente foi embora, sem que ninguém ter salvado a moça. Ri demais com o comentário de que esta música é tocada em motéis hahahaha. Respeito com o clássico!  

 

Leo Chaves x Ayrton Montarroios – “Certas Coisas” 

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Não aceito que Lulu ficou com o Ayrton. O cara é mega chato, achei sonolenta a apresentação dele. Leo reinou em toda a battle, e não aceito, apenas. Ainda bem que Teló salvou, ele é ótimo cantor.

Edu: Mais uma música que amo. A batalha foi mega emocionante, porque a canção por si só é assim. Eu escolheria Leo, mas ainda bem que Teló impediu que ele caísse fora da competição.

Paula: Excelente batalha, mas não gostei do depoimento do Lulu, achei que ele foi bem chato. Os dois foram salvos, Ayrton pelo Lulu e Leo pelo Teló. Ayrton até ficou com cara de bobo sem entender, porque lógico que foi notório que Leo foi bem melhor. Teló, anjo.

TIME BROWN

 

Paula Sanffer x Julia Rocha – “Meia Lua Inteira” 

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Achei nepotismo pegar a música do padrinho, mas né? Queria que Júlia ficasse, mas Paula também mereceu.

Edu: Que batalha mais delícia, se eu fosse Brown sairia correndo, pois foi difícil ter que escolher uma dessas duas maravilhosas. E assim, como ninguém roubou Julia? Apenas indignado.

Paula: Pode escolher as duas? Adorei a apresentação delas… foi uma delícia escutar estas vozes. Paula e Julia se completaram. Brown ficou com a minha xará, uma decisão difícil, mas tinha que escolher alguém. Só não entendi porque ninguém pegou a Julia. Como assim? Uma pena, doutora…

 

Gau Silva x Selma Fernands – “Meu Lugar” 

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Eu adoro essa música, achei a performance emocionante, como é a música. Essa batalha tinha tudo pra ser acirrada, e foi. Uma pena se desfazer de uma dessas vozes tão bonitas.

Edu: Adoro essa música, mas odiei a performance. Fim!

Paula: Achei as vozes tão parecidas… Parecia uma pessoa só. Foi notório como Selma incorporou a música muito mais e suas expressões se destacaram, mas Gau que foi escolhida. Uma pena as duas não terem permanecido. 

 

Aline Mendes x Dani Lino – “Shake It Off” 

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Entendido porque não gosto da Regina George. Baita música chata! Katia Perez e Nicki Minaj mandam beijos! Mas as meninas foram bem. Não pude analisar muito a performance, porque estava em momento hater.

Edu: Ei Globo lembrou de pagar a fatura para que as duas pudessem cantar? Olha que Taylor “Regina George” Swift vai bater aí no Projac pra cobrar (entendedores entenderão). Graças a Deus, Brown escolheu Dani. O algodão doce ambulante já foi tarde!

Paula: A performance foi ok, mas lógico que Dani tinha que ficar. Brown escolheu bem. A cabelo colorido deu tchau ao programa e todos agradecem!

 

Depois dessas batalhas, já estão encaminhados para a próxima fase:

Time Claudia: William San’ Per, Tabatha Fher, Paulynha Arrais

Time Teló: Edu Santa Fé, Renato Vianna, Matteus, Leo Chaves

Time Lulu: Thais Moreira, Tori Huang, Marcos Matarazzo, Ayrton Montarroios, Cris Silva

Time Brown: Paula Sanffer, Gau Silva, Dani Lino, Rebeca Sauwen

O que acharam dessa primeira noite? As escolhas foram justas? Na próxima semana o The Voice Brasil será exibido excepcionalmente na quarta-feira, portanto nosso próximo encontro será na quinta.

Esperamos vocês!