The Voice Brasil – 4×09 – Shows Ao Vivo 01

the-voice-4x09

Continua após publicidade

Depois da nova e meio confusa Rodada de Fogo, finalmente chegamos aos shows ao vivo de The Voice Brasil. Dos 24 sobreviventes da fase passada, doze se apresentaram e oito deles seguem para a próxima etapa da edição.

Continua após a publicidade

Nessa semana e na próxima o nosso parceiro Lucas Franco, que em breve estará ajudando o Team Reality na cobertura da nova temporada de The Voice UK, estará também deixando suas opiniões.

Continua após publicidade

Vamos conferir?

 

Continua após publicidade

TIME BROWN

 

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

Adna Souza – “Uma Louca Tempestade”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Não entendo o porquê dela ainda estar no programa. Não acho que ela tenha a voz. Esse vestido? Achei chique.

Edu: E essa cópia mal sucedida de J.Lo na temporada passada de American Idol? Apenas não!

Let: Ela é linda, e como bem disse o Brown, seria uma ótima modelo, mas cantora…

Lucas: Ela é jovem e muito bonita, mas a voz dela não me encanta tanto. Ainda falta um chãozinho pra ser cantora…

 

Agnes Jamille – “Like A Star”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Acho que ela volta. Foi bem, mas pra mim, é sonolenta.

Edu: MAS GENTE? Agnes foi simplesmente maravilhosa e, apesar de estar meio rouca, ela se entregou sem medo para a música. Aplaudi de pé.

Let: Essa música me dá um sooonooZZzzzzz…. Acho linda e tal, mas não para se apresentar no The Voicemigas, please! De qualquer forma ela foi bem!

Lucas: Apesar do sono, a apresentação foi boa. A voz dela é incrível e encaixou bem com a música!

 

Paula Sanffer – “Chove Chuva”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Adorei a apresentação. Foi original e não precisou ser over!

Edu: Foi demais, que energia maravilhosa!

Let: A apresentação foi ótima, e adorei o visual meio candomblé, amoo! Pena que a música é meio bosta, mas ela conseguiu arrasar!

Lucas: Paula é alguém que define toda a alegria do time Brown. Foi simples e incrível!!

 

TIME CLAUDIA

 

Allice Tirolla – “Skyfall”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Eita Giovana, que ozadia cantar a diva Adele. Achei que faltou um tchan na act dela, mas mandou muito bem!

Edu: Quando começou o instrumental me arrepiei todo, por motivos de: ADELE! Eu amei, foi incrível, e que bom dela ter bom senso e não ter escolhido Hello. Eu estou besta até agora, ela humilhou as estruturas. Cantar Adele não é pra qualquer um, e Allice mostrou fazer parte do seleto grupo que pode representar a cantora tranquilamente.

Let: Mas gente, tô arrepiada! Além de que ela está linda, maravilhosa, perfeita com esse vestido, ela soube respeitar a música, mostrou que se preparou e não quis imitar ninguém. Era ela cantando, assumiu a música e alcançou notas que poucas vezes ouvimos aqui no The Voice BR.

Lucas: Cara, to arrepiado. Além de muito gata, a Alice mandou muito bem. O som saiu perfeitamente e foi lindo de ouvir. Adele vai até mandar um Hello pra ela e agradecer pela apresentação…

 

Nikki – “Não Para”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: PARA SIM, MINHA FILHA! NINGUÉM É OBRIGADO!

Edu: Cadê Anitta para quebrar cenários? Vergonha alheia disso.

Let: ANITTA VERSÃO JAZZ É DE COMETER SUICÍDIO! Que coisa horrorosa, ficou tão ruim quanto a música original. Por mim vaza, adeus, até nunca mais! E POR FAVOR, PARA DE PINTAR O CABELO COM TINTA TÊMPERA QUE TÁ RESSECANDO TUDO, MIGA!

Lucas: “Já acabou Jéssica?” Sinceramente, tava louco pra terminar logo essa morte que foi a apresentação.

 

Willian San’Per – “Réu Confesso”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Esse beatbox me irrita. Apenas!

Edu: Fui só eu que achei um sofrimento na voz dele? A performance como um todo foi ok, bem produzido e tal. Agora vocalmente…

Let: Esse cara já foi melhor. E cantar no falsete o tempo todo é chato demais, tem que variar amigo, aprende com Adam Levine, Justin, é tanta escola que deu até vergonha dessa apresentação.

Lucas: Até a Melody deve saber que falsete é bom, mas cansa né? Podia mudar um pouco isso aí. A apresentação foi muito boa, mas queria algo um pouco diferente!

 

TIME LULU

 

Jonnata Lima – “Açaí”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Achei bom no início, mas não teve uma evolução alta. Mas é Djavan, né, não podemos esperar muito.

Edu: Começou bem, e ali ficou. Gosto tanto de Jonnata, mas foi infeliz por ora.

Let: Também achei que começou bem, e que terminou bem, o meio foi meio ruim. Mas né gente, ele pegou esse limão mega azedo e fez uma boa limonada docinha.

Lucas: Apesar da evolução lenta que foi a música, gostei da apresentação. Soube trabalhar a tranquilidade com a voz.

 

Marcos Matarazzo – “Bohemian Rhapsody”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Ele só canta música andrógina, né? É uma ótima característica dele. Porém não se deu bem com esse ícone do Queen <3 Deve rodar.

Edu: Como ele ousa estragar esse grande clássico?

Let: QUEM ELE PENSA QUE É? ADAM LAMBERT EM TEMPOS DE AMERICAN IDOL? VAI SE CAGAR!! Apresentação carregada na sofrência, beirando o ridículo. Eliminem pelo amor da deusa!

Lucas: Não, pera aí! Ter em mãos uma música linda como Bohemian Rhapsody e conseguir estragá-la completamente é um ataque a minha pessoa. Gostava muito dele, mas depois disso não dá amigo!

 

Tori Huang – “We Found Love”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Não dá, amiga. Investe em um Open English, porque tá phoda.

Edu: Filha você foi na sua aula de inglês na Wizard só para ganhar a caneta que fala né?

Let: VOCÊS ESTÃO DE PALHAÇADA COMIGO NÉ? MINHA MÚSICA PREFERIDA DO QUEEN, E DEPOIS A MINHA PREFERIDA DA RIRI, TÁ PESADO GENTE! Ela precisa investir no Open English, nas aulas de canto, e se nada der certo, arsênico.

Lucas: Quando ela mandou um Let It Go no meio da música achei que ia emendar um Frozen pra acabar de vez com a apresentação, mas nem precisou. Não ouvi a voz, inglês horrível. Sinceramente, não entendi o que ela tava fazendo ali.

 

TIME TELÓ

 

Edu Santa Fé – “Luar do Sertão”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Edu sempre me trazendo a saudade da época em que eu escutava sertanejo de raiz. Ele é demais, de longe um dos melhores do time Teló. Se ele não voltar, o suicídio coletivo é um dever.

Edu: Gente do céu, fiquei todo arrepiado e emocionado. Que performance maravilhosa, que música linda. Foi tudo tão simples, porém tão honesto. É inevitável não se emocionar.

Let: Aii finalmente Edu apareceu, e para variar arrasou. Se bem que pra mim ele nem precisava saber cantar, bastava pegar esse chapéu, violão e vir aqui em casa.

Lucas: Edu tem um grande potencial de finalista. A voz calma te envolve de uma maneira tão simples que não precisa de luzes, faíscas e bailarinas para ser sensacional. Te leva para o interior com seu jeito “minerim”.

 

Franciele Karen – “Clarity”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Ok, acho que esse time é o mais acirrado. Franciele foi muito bem!

Edu: AMO ESSA MÚSICA! E olha vou ser sincero, gostei muito da performance de Franciele, tipo muito mesmo. Já querendo vê-la passando junto com meu xará, por favor.

Let: Essa música é tão linda né?! E ela é um baita coringa, quem canta sempre arrasa. Amei Franciele, ela foi ótima, alcançou os agudos necessários, provou que fez Wizard e sambou na cara de muita gente!

Lucas: Franciele sabe o valor que tem os professores americanos 24 horas por dia e mandou super bem no inglês e na voz. Por mais complexas que sejam as ornamentações, Teló opta pela simplicidade e está mandando muito com esse time.

 

Matteus – “Caso Indefinido”

Clique aqui para ver a performance.

Ana: Apesar de doer no meu coraçãozinho, Matteus foi muito bem. Oficialmente o time do Teló é o melhor até aqui.

Edu: Gosto muito dessa música, e Matteus se saiu muito bem, na minha opinião. Ele começou meio morno, mas foi evoluindo e se saiu muito bem.

Let: Não conheço a música, assim como não conhecia o falecido. Mas Matteus cantou muito bem, apesar das pequenas desafinadas durante o caminho.

Lucas: Time Teló é o melhor sem sombras de dúvidas. Matteus não deixou a desejar e mandou bem na música.

 

ELIMINAÇÕES

Ana: Team Brown teve a escolha mais lógica. Adna pode ter ido bem na act, mas Paula e Agnes foram melhores. No fim, o team Milk foi bem menos coeso, pois dos três, apenas um realmente mereceu. Os outros dois fizeram apresentações horrendas. Achei completamente injusto a Tori voltar, a apresentação foi pífia. Acho que seria mais justo que Matarazzo e Jonnata tivessem ficado. Ê, Brasil! Time Teló era o mais difícil de avaliar. Edu, Matteus e Franciele estavam no mesmo patamar, e sinto que não houve uma injustiça. Edu e Matteus lutaram firme para estar ali. Franciele é nova, terá muitas chances sim.

Edu: Finalmente a Inês Brasil genérica rodou na competição, pensei que Brown fosse escolher a garota, ainda bem que não. Já o time Claudia ainda não consigo entender como a algodão doce ambulante ainda está na competição, pelo amor de Deus. No time Lulu morri de medo de Marcos passar, mas Deus é tão bom que não permitiu isso. O trio de Teló veio para destruir, e conseguiu. Tanto Edu, quanto Franciele e Matteus mandaram super bem. Fiquei doído dela ter saído, mas se tivesse sido qualquer um dos outros dois também ficaria.

Let: Podemos falar tudo do Brown, mas ele sempre faz as melhores escolhas, as mais justas. O time dele foi o mais acertado. Milk também é uma boa técnica, mas o problema aqui foi a apresentação de Nikki que Jesus Cristo, doeu na alma. E loucamente ela passou, vejam só, acho que Milk quer dar uns pegas nela, só isso justifica. O time Lulu tá uma bosta desde o início, apenas Jonnata foi bem. Mas o público come cocô e resolveu salvar Tori (que tá terrível há tempo já), e aí Lulu finalmente pensou nessa temporada. Já Teló tem me surpreendido, e seu time é ótimo. Tão ótimo que todos deveriam passar. O público logicamente escolheu Edu, e apesar de Franciele ter sido ótima, ficou claro que Teló puxaria a escolha para o seu nicho ao salvar Matteus.

Lucas: Brown obviamente fez a melhor escolha. Adna e sua louca tempestade foi muito ZzZzZzZz. Claudinha escolhendo a bailarina de California Girls? Como assim gente? Qual o motivo dessa garota continuar? Time Milk já tem sua representante e seu nome Allice. Lulu foi outro que soube fazer escolha, mas ainda assim achei seu time bem fraco essa temporada. Já que o público preferiu o inglês confuso da Tori, vamos na simplicidade brasileira de Jonnata, que temos maiores chances. Muito boa escolha professor. E finalmente o melhor time fica para o final. Teló chegou arrebentando nas escolhas e soube administrar todos os pontos fortes de cada competidor. O Edu foi sensacional e merecia todo o crédito do público. A decisão do jurado foi bem difícil, pois claramente, o competidor que saísse faria grande falta. Como o técnico sertanejo preferiu continuar em sua área, nos despedimos da incrível Franciele.

 

Assim encerramos a primeira noite de shows ao vivo. Na próxima semana os doze restantes se apresentarão, e então depois disso teremos nosso Top 16 formado.

Até mais!