The Voice Brasil – 6×11/12 – Batalha dos Técnicos/Remix

Imagem: GShow/Divulgação

Depois de uma semana de hiato, o The Voice Brasil está de volta e com duas fases na sequência. Primeiro nos deparamos com a Batalha dos Técnicos, onde um candidato de cada time se confronta em um nocaute decidido pela audiência. Na sequência foi a fase Remix, com cada técnico escolhendo dois candidatos para seguir rumo a Semifinal.

 

BATALHA DOS TÉCNICOS

 

Mariana Volker – “Cry Me A River” (TIME TELÓ) x Gab Ferreira – “Toda Menina Baiana” (TIME BROWN)

Edu: Gente, lembro de ter um ranço de Mariana no começo da temporada, mas agora eu a adoro. Que apresentação mais linda, e pra mim foi uma das melhores dela na disputa até hoje. Gab também mandou hiper bem, com algo contagiante, colorido e pra cima. Estava na cara que a candidata de Brown levaria a melhor, e francamente não achei nenhum pouco ruim, pois ela mandou bem.

Luke F.: Uma disputa mais do que emblemática e oposta, com qualidades semelhantes. Mariana vem com uma tonalidade performática, com um vocal bem afinado e uma potência vocal contagiante. Gab chega com a alegria e felicidade clássica do team Brown e, com isso, acabou conquistando o público. A empatia por Mariana me faz ficar triste ao vê-la sair, mas a vida é assim mesmo.

Luke S.: Gosto bastante da voz e estilo da Mariana e pra mim ela cantou muito bem nessa apresentação, mas aí temos a Gab, que me conquistou totalmente com esse carisma todo, então fiquei bem dividido aqui. No final das contas Gab saiu na frente e fiquei feliz, porque vai ser ótimo continuar recebendo toda essa energia dela na competição.

 

Diego Karter – “Mais Bonito Não Há” (TIME BROWN) x Alinne Alves – “Tudo Bem” (TIME LULU)

Edu: Francamente não achei que a música tenha combinado com Diego, e achei sua performance bem chatinha. Alinne, entretanto, já chegou poderosa do começo ao fim, com um clássico singelo de Lulu, fazendo uma versão incrível. Com o pisão dela não aceitaria outra vitória.

Luke F.: Pra mim Diego ficou em um just ok durante a canção, sem evolução evidente. Alinne veio com toda a força e mostrou que vai fazer de tudo pra continuar com o mestre Lulu. A voz poderosa encaixou perfeitamente com a canção e ela acabou levando essa.

Luke S.: E essa música que o Diego ganhou, gente? Já discordo com o Duh, porque pra mim combinou com ele sim e essa letra é maravilhosa. Agora a Alinne realmente mostrou mais força em sua apresentação e por isso acabou levando, mas pra mim o Diego não merecia ter saído.

 

Jota.Pê – “Asa” (TIME LULU) x Tiago Velame – “Ideologia” (TIME IVETE)

Edu: Meu ranço por Jota.Pê é tão grande, que não curti sua apresentação. Tiago foi bem melhor, infinitamente, soube dar a agressividade e atitude que a canção exige. Obviamente que o rapaz levaria a melhor, não é mesmo?

Luke F.: Jota.Pê era uma dos meus favoritos por sua voz única e brilhante, mas realmente a song choice falou muito alto neste momento e não houve match. Por outro lado, Ideologia na voz de Tiago não poderia ter sido mais certa. Ivete fez um trabalho incrível com o garoto nessa semana e mereceu com todo nosso respeito levar essa vitória para cara!!

Luke S.: Jota.Pê é incrível e já disse isso antes, mas gente, essa pra mim essa música não favoreceu o guri dessa vez, o que achei uma pena. Agora o Tiago fez tipo a Alinne na batalha anterior, subindo naquele palco com uma energia gigante e contagiando todo mundo. Não vou dizer que fiquei todo feliz com o Tiago seguindo, pois realmente gostava do Jota.Pê, mas segue valendo.

 

Samantha Ayara – “Sorry Not Sorry” (TIME IVETE) x Sinara Costa – “Regime Fechado” (TIME BROWN)

Edu: Samantha assassinou o hit de Demi com sucesso. Sinara, com quem tive ranço nas primeiras fases, soube ser fiel à canção escolhida. Eu amei, e por mim a paraense tem que continuar na disputa. Gosto da Samantha, mas espero que ela não cometa mais esse deslize novamente, por favor, ou será eliminada na próxima.

Luke F.: Depois dos inúmeros elogios para Samantha na última semana, me constrange ver essa apresentação. Não teve a musicalidade esperada e soou bem estranho. Por outro lado, a paraense sertaneja está cada semana mais coesa e brilhante na competição. Sinara trouxe uma fidelidade com o toque de identidade necessário.

Luke S.: Ah gente, Samantha deu uma derrapada das bem grandes com a música das Demi, hein?! Quanto exagero pra uma única apresentação. Sinara pra mim já merecia ter vencido só pela voz, que foi bem melhor que sua oponente, tudo bem que também não foi muito feliz na escolha da música, mas particularmente achei que foi bem melhor que a Samantha. Infelizmente o público escolheu o contrário, e quem seguiu foi a Samantha.

 

Isabel Antonio – “Emoções” (TIME BROWN) x Douglas Alessi – “Sing” (TIME TELÓ)

Edu: Estou boquiaberto com a apresentação dessa maravilhosa, me deixando todo arrepiado aqui. Foi lindo, simples, cantado com emoção, e foi difícil não segurar as lágrimas. Agora Douglas foi uma surpresa, pois não pelo fato da performance dele ter sido ruim, muito pelo contrário, mas por ter achado que Teló tinha dado um tiro no escuro. O rapaz, entretanto, é um cantor pop, sabe atingir o público mais jovem, e por conta disso ainda vai muito longe na disputa, agora que o público tem o poder de decisão.

Luke F.: Serei sincero em dizer que Isabel fez algo bonito, mas me deu muito sono. A qualidade dela é indiscutível, mas a música não vai muito com a minha intenção da competição em emocionar ou surpreender. Douglas também foi um nem fede nem cheira, fazendo uma apresentação muito just ok em um sucesso de Ed. Enfim, por mim sairiam os dois, mas dos males o menor e o rapaz continua pela vertente musical que agrada à população.

Luke S.: Adoro a Isabel, mas gente, pra mim a apresentação não rolou mesmo. Tudo bem que estamos falando de um clássico de música, mas não acho que foi a escolha certa pra ela. Mesmo assim, obviamente fiquei torcendo pra ela ganhar, ainda mais depois de assistir o Douglas assassinando essa maravilha de música do menino Ed. Mas, infelizmente tivemos que dizer adeus pra Isabel no programa.

 

Sérgio Dalcin – “Deus e Eu no Sertão” (TIME TELÓ) x Alexandre Massau – “Minha Menina (Best Of My Love)” (TIME LULU)

Edu: Detestei as duas apresentações, e por mim os dois poderiam sair e trazer a Isabel de volta.

Luke F.: O primeiro assassinou um clássico do Vitor & Léo, e está fazendo uma hora extra gigantesca nesse programa. Massau trouxe um verdadeiro espetáculo e conseguiu contagiar a plateia e os técnicos. Mas no fim das contas o voto popular nunca traz a justiça esperada, e o cantor sertanejo segue destruindo por aí…

Luke S.: Sergio Dalcin pra mim continua sendo mais um ator naquele palco, porque cantar que é bom passou bem longe nessa apresentação, hein?! Aí tivemos o Massau, que pra mim cantou demais e me fez levantar aqui, mas como era de se esperar, Dalcin foi quem seguiu.

 

Irmãos Mayer – “Story Of My Life” (TIME LULU) x Day – “Crying In The Club” (TIME IVETE)

Edu: “Story Of My Life” é a única música do One Direction que gosto 100% de verdade, e casou perfeitamente com a dupla de irmãos. Eles entregaram um número emocionante, transmitindo a reciprocidade do amor entre eles. Agora Day, amiga, veio com essa música da Camila que é uma das mais fracas? Devia ter vindo com o mega hit “Havana”, só acho. O povo brasileiro, assim como o americano e britânico (oi, The X Factor) não sabe votar e estou revoltadíssimo dos Irmãos Mayer partirem.

Luke F.: A escolha dos Irmãos Mayer me deixou um pouco preocupado, principalmente quando os vi apresentando. Achei que o início estava um pouco desconcertado e eles foram se encontrando na música com o tempo. Day tem o fator pop mais alto ao seu lado e conduziu a música de forma mais linear e, ao mesmo tempo, mais segura. No fim, ela acabou levando a melhor e foi triste ver os irmãos saírem da competição…

Luke S.: Gostei muito da escolha dos irmãos Mayer, porque essa música do 1D é maravilhosa e tem uma letra linda, mas aí veio Day e também foi uma bela surpresa. Não conhecia a música e gostei muito da maneira que ela se entregou no palco. Pra mim o público mandou bem mantendo ela na competição, mas com certeza foi uma pena ver os irmãos Mayer irem embora.

 

Juliano Barreto – “Assim Caminha a Humanidade” (TIME IVETE) x Rhaysa – “Karma” (TIME TELÓ)

Edu: Quando Juliano decepciona? Diz pra mim, por favor. O cara foi simplesmente incrível, e por mim Rhaysa nem precisa se esforçar em cantar. Pelo menos dessa vez o público foi sensato, pois Juliano tem tudo para ser finalista.

Luke F.: Juliano trouxe exatamente o que eu esperava, uma releitura bem gostosa do clássico de Lulu. Veio com uma genialidade incrível, ao conduzir a canção e conquistou a vitória. Rhaysa tem um lado forte no olhar que ajuda muita sua performance, mas a canção não foi desenvolvida bem e acabou atrapalhando seu desenvolver. O final foi justo e Juliano segue com a gente!!

Luke S.: Juliano me ganha toda vez que começa cantar. Estava vendo o pessoal reclamar no Twitter sobre a falta de entusiasmo dele no palco, mas pra mim foi meio que o contrário. O cara me ganha já com aquela expressão facial enquanto canta, não sei, ele passa uma energia tão boa que fica difícil não torcer. Rhaysa pra mim acabou decepcionando um pouco, pois ela realmente tem uma voz boa, mas não rolou dessa vez.

Clique aqui para ver todas as apresentações da Batalha dos Técnicos.

 

REMIX

 

Carol Biazin – “Here”

Edu: Carol começou essa noite de Remix com tudo! Sua apresentação foi bem bacana, e eu tinha certeza que Veveta já a escolheria de cara. Uma boa adição a seu time, agora que será reformulado.

Let: Eita, Carol! O que foi isso, menina? Que arraso, que vozeirão! Apresentação de gente grande. A voz dela tinha tanta nuances, que nem tem mais o que falar, só assistir de novo.

 

 

Day – “Na Sua Estante”

Edu: Olha, francamente eu esperei muito mais. Essa é uma música maravilhosa de Pitty, e faltou a emoção que lhe é exigida. PS: só eu achei ela parecida com a Demi Lovato hoje?

Let: Aff, que sem graça essa apresentação. Day até começou ok, mas aí do nada subiu o tom para tentar impressionar, e se perdeu de um jeito que não teve volta. Por mim, vaza!

 

 

Juliano Barreto – “Noite do Prazer”

Edu: Pela primeira vez essa foi a primeira apresentação de Juliano que eu não gostei tanto assim. Faltou aquele “tchan”, que só o rapaz tem, e ele apenas seguiu a música ao pé da letra exatamente igual à original, tipo Milk tentando imitar Veveta.

Let: Concordo, Edu, foi bem blé. E olha que eu, bairrista gaúcha como eu sou, torço muito por ele, mas achei fraquinho demais. Fiquei com medo, sinceramente.

 

 

Samantha Ayara – “Ovelha Negra”

Edu: Depois da decepção que foi sua apresentação na Batalha dos Técnicos, Samantha veio com sua redenção na melhor forma possível. Sem exageros, sabendo usar seus agudos na hora certa, ela proporcionou uma ótima performance, e Teló foi bem esperto em pegá-la para seu time. Esse é nosso Blake brasileiro!

Let: Gostei do fato dela não ter usado o seu habitual exagero, gritaria e tals. Mas também não achei tão bom assim. Rita Lee tem músicas melhores, que destacam mais a voz, por que escolher essa? Mas ok, ela é um dos grandes destaques dessa temporada. Tem que passar mesmo, coisa boa que Teló fez o serviço.

 

 

Tiago Velame – “Best Of You”

Edu: Não que tenha sido ruim, mas achei meio exagerado em alguns momentos. Sei não…

Let: Eu já enchi desse ser, sinceramente. Adeus!

 

 

Alysson & Adysson – “Mercedita”

Edu: O começo da canção quase levantei e comecei a dançar aqui. Foi uma ótima apresentação, mas para os padrões da dupla, achei de qualidade um pouco fraca. Algo me diz que Teló escolherá os caras na próxima rodada, e assim espero.

Let: Eu esperava mais deles, porque sempre arrasam, e confesso que fiquei preocupada com isso. Ok, são a representação do Teló, estilo e raiz dele. Mas, sei lá!

 

 

Douglas Alessi – “Mesmo Sem Estar”

Edu: Ai que apresentação chata, horrorosa!

Let: Poxa, Douglas. Assim não dá pra te defender!

 

 

Sérgio Dalcin – “Coração Sertanejo”

Edu: Próximo!

Let: Essa música é um clássico, mas não combina com sapão, isso é música de dupla. Ele tinha que ter escolhido outra coisa. Somente beleza e falta de voz em uma canção que não exige não basta.

 

 

Gab Ferreira – “Não Me Deixe Só”

Edu: Gab tem uma energia tão boa, sempre vindo com algo tão vital, cheio de cor e positividade. Mais uma apresentação incrível, e vamos torcer para que ela passe na segunda vez.

Let: Gab arrasa, mas não entendi aquele “aaaaaa” final que nunca acaba, não tava bom não. Bom, tomara que ela passe, merece!

 

 

Vinícius D’Black – “Human Nature”

Edu: Depois dessa apresentação, eu ficaria completamente revoltado se ninguém apertasse o botão a D’Black. Ainda bem que foi o próprio Brown, e ele continua então em seu time.

Let: Ele cantou bem, como sempre. Mas achei a apresentação mega arrogante, aff. Pra que aquela dancinha? Não curti. Meu ranço pode estar errado, já que amo D’Black, mas sei lá!

 

 

Alinne Alves – “Azul”

Let: Alinne é vozeirão sempre, é personalidade no palco. Ali quietinha, ela é um dos maiores e mais fortes destaques da temporada. Precisa passar, por favor!

 

 

Mariana Coelho – “Diamonds”

Edu: Foi uma apresentação boa, e seria muita injustiça se Lulu não tivesse lhe escolhido.

Let: Ai coisa boa que Mari já passou direto depois dessa apresentação power. Arrasou né! Tem nem o que contestar.

 

 

RESULTADO

Edu: Todos temos dias ruins, não é mesmo? Veveta foi super coerente em escolher Juliano, pois ele é um dos nomes mais fortes da temporada, mesmo não tendo feito um número bacana. Imagino como deve ter sido difícil a ela essa escolha, principalmente por conta dos hormônios, devido a sua gravidez. Teló não me surpreendeu, e escolheu a dupla, ainda bem. Eu ficaria muito revoltado se eles saíssem agora, pois assim como Juliano, tiveram um dia ruim. Assim como nosso Blake brasileiro, Brown também foi previsível em escolher Gab, e não fez mais que sua obrigação. Lulu ficou com a responsabilidade maior, tendo que escolher a última vaga. Só que ele deve estar bem senil, só pode. Com Alinne ali, o cara me escolhe Day, que foi simplesmente a pior dessa semana? Por isso tava bom demais para ser verdade as escolhas dos técnicos, tinha que ter um para estragar né? A reação dela, pelo menos, já dá pra render ótimos memes.

Let: PO#%A LULU! Ivete rainha escolheu Juliano com justiça, Teló escolheu a dupla com justiça, Brown escolheu Gab com justiça, e VEM LULU ESCOLHER ESSA DESAFINADA DA DAY PRA QUÊ????? AFF!!!!!!!!!!!!

 

Clique aqui para ver todas as apresentações da fase Remix.

 

O que acharam das duas fases? A formação para a semifinal foi justa?

Avatar

Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.

No comments

Add yours