The Voice Brasil Kids – 2×05 – Audições às Cegas

Imagem: GloboPlay/Reprodução
the voice kids 05
Imagem: Twitter

Mais um domingo de audições às cegas – com previsão de acabar no próximo domingo, ufa! Mais um domingo em que vimos pequenos prodígios destruindo tudo no palco do The Voice Kids. Vamos ver como foi?

Continua após publicidade

 

Continua após a publicidade

PERFORMANCES

Continua após publicidade

Kaio Fernandes – “Fogão de Lenha”

Clique aqui para ver a performance

Continua após publicidade

Edu: Ele agradecendo no final da performance a Deus, <3! Eu senti que o garoto estava bem nervoso e deixou isso dominá-lo durante grande parte de sua apresentação, mas foi evoluindo, apesar de não ter sido da forma como eu esperava. Vamos aguardar os próximos passos de Kaio na disputa.

Let: Adorei esse menino, que voz maravilhosa, que futuro brilhante ele tem pela frente! Eu já teria virado lá no início, principalmente por ter escolhido esse grande clássico para cantar, não entendi a demora – e fiquei bem decepcionada com Victor & Leo.

 

Gabi Morato – “Hollywood”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Gente, quanta desenvoltura. Para uma garota de apenas 13 anos, Gabi estava em seu melhor momento, totalmente confiante de si, e com um espetáculo teatral, deixando muita gente adulta no chinelo. Mais que merecida tendo as três cadeiras viradas.

Let: Foi meio estranho no início, mas logo entrei na onda e achei Gabi maravilhosa, performática, incrível, e que voz hein!

 

Denise Salvi – “One And Only”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Em todos os realities musicais que comento aqui no Mix, não canso de falar que cantar Adele exige uma responsabilidade imensa, que não é qualquer um que consegue cantar com maestria. Denise tem talento, isso é fato, mas a música não casou com a garota. Não gostei da performance, mas esse é o estilo adequado para ela. Espero que Brown faça um trabalho interessante.

Let: Ela foi cantar a minha música favorita da deus Adele, e não curti nada, foi tão desafinado que senti vergonha.

 

Luiza Savattone – “Almost Is Never Enough”

Clique aqui para ver a performance

Edu: zzZZzzzZZZzzz!

Let: Dormimos juntos, Edu!

 

Bia Vidal – “Jeito de Mato”

Clique aqui para ver a performance

Edu: zzZZzzzZZZzzz… o retorno de Jedi.

Let: Foi tudo tão sad, mas tão sad, que não tinha como virar para essa menina.

 

Sophia Martins – “Tudo Pode Mudar”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Queria dizer que estou encantado por essa criança. Adorei a liberdade, a desenvoltura de Sophia perante ao palco, e a forma como se entregou à canção. Pode não ter sido um número completamente extraordinário, mas amei mesmo assim.

Let: MARAVILHOSAAA! Foi lá, pegou um clássico dos anos 80 e divou no palco, amei Sophia e voz linda de criança.

 

Mila Marinho – “Titanium”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Sia é outra artista que exige certa responsabilidade, principalmente quando se trata de “Titanium”. A voz de Mila é extremamente doce, e combina melhor com um pop mais chiclete, mas com tons vocais mais baixos. Vejo potencial na garota, mas que Brown não a coloque para cantar faixas tão gigantescas assim.

Let: 15 anos não é criança, e ela não tem capacidade de cantar esse grande clássico, eu fiquei bem de cara!

 

Luiza Gattai – “Felicidade”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Song choice erradíssima, apenas.

Let: Eles fizeram um VT tão grande que eu achei que ou essa menina já era famosa ou era maravilhosa, nem uma coisa e nem outra.

 

Júlia Tavares – “Stone Cold”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Gente, e não é que essa versão ficou ótima. Júlia não quis copiar a Demi, fez da música algo seu, e foi até onde sua voz lhe permitia. Foi marcante, bonito e honesto. Ficou mais introspectiva que a original, e eu amei por isso.

Let: Júlia foi maravilhosa, pegou a melhor música de Demi e fez sua versão original, linda, no ponto. Gostei e não foi pouco, que afinação!

 

Gui Marques – “Você Mudou”

Clique aqui para ver a performance

Edu: O mini Eduardo Costa mandou super bem, e para a idade que tem mostrou possuir um alcance vocal impressionante. Performance certa, time certo. Vejo futuro no garoto.

Let: Esse menino tem muito potencial, mas muito mesmo. Pegou uma música ruinzinha e fez uma grande apresentação. Arrasou!

 

Juliana Gorito – “Put Your Records On”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Juliana foi tão equilibrada, sua voz casou perfeitamente com a canção. Foi tudo singelo, limpo e doce, não tinha como sair algo errado. Ela se envolveu de forma brilhante do primeiro até o último segundo, nos entregando um número bem satisfatório.

Let: Eu quase dormi, sério, mas não foi culpa da Ju, foi da música mesmo. Ela tem uma voz fofa, equilibrada e que, com a música certa, pode fazer apresentações inesquecíveis.

 

Isabelle Mottini – “Ando Meio Desligado”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Na moral, não entendi ninguém virando a cadeira para Isabelle. Tiveram erros na apresentação? Sim, mas tenho certeza que era algo que os jurados poderiam ajudar a garota em achar seu tom ideal. Espero e muito que ela volte ano que vem, mas já no The Voice adulto, e bem mais preparada. Boa sorte!

Let: Ela tem ares de Cássia Eller, vocês não acharam? Isabelle é uma linda, eu curti bastante e não entendi mesmo porque não viraram. Bem burros eles!

 

Lucas Vasconcelos – “All Star”

Clique aqui para ver a performance

Edu: Só o fato de cantar Nando Reis, menino Lucas já ganhou todo o meu respeito. Ele começou de forma tímida, mas foi evoluindo aos poucos e, quando menos se esperava, lá estava o garoto dominando o palco. Pra mim foi uma adição e tanto ao time de Victor & Leo, e aposto no desenvolvimento dele na disputa.

Let: Curti Lucas e seu jeitinho leve de cantar, com essa voz doce e tal. Promete grandes performances no futuro!

 

Steci Lauser – “Rise Up”

Clique aqui para ver a performance

Edu: O QUE FOI ISSO, MINHA NOSSA SENHORA? Steci parecia já uma cantora veterana, experiente, e que sabe exatamente que está fazendo. E essa voz? Gente do céu, estava achando o programa dessa semana bem meia boca, mas eles conseguiram, pra variar, deixar o melhor para o final. Me emocionei, foi lindo, e ela já tem potencial para ser finalista, anotem.

Let: Baixou a Andra Day na menina e ela cantou igualzinho, foi incrível. Essa música é poderosíssima, incrível, e espero mesmo que Steci, gauchinha fofa, consiga repetir a excelência na próxima apresentação, ou a minha teoria de karaokê pode ser confirmada.

E vocês, o que acharam das performances?