The Voice Brasil Kids – 2×06 – Audições às Cegas

Imagem: GloboPlay/Reprodução
Imagem: Twitter

 

Continua após publicidade

Olá amigos, finalmente acabando as audições às cegas no The Voice Brasil Kids! \o/

Continua após a publicidade

Mais um dia de performances inesquecíveis e outras beeeem vergonha alheia, vamos ver como foi?

Continua após publicidade

 

PERFORMANCES

Continua após publicidade

Sofia Nunes – “Admirável Chip Novo”

Clique aqui para ver a performance

Ana: Me senti incomodada com ela cantando essa música. Sei lá, não estava confortável, poderia jogar sua voz mais pra cima, mais aguda.
Edu: Senti todo um desajuste na apresentação de Sofia, achei sua voz baixa demais, e sem contar que faltou a agressividade e atitude que a canção exige. Gostei da garota mesmo assim, e espero muito que Veveta saiba escolher as canções adequadas a ela.
Let: Minha nossa senhora, isso foi horrível. As forçadas que ela deu na voz foram totalmente desnecessárias. Foi bizarro, estranho e eu não teria virado.

 

Julia Gold – “Secret Love Song”

Clique aqui para ver a performance

Ana: Nem sei como passou pela primeira peneira, que vergonha alheia.
Edu: Invista melhor na sua carreira de escritora, um beijo!
Let: Cruzes!

 

Isabela Pagnota – “Dancing Days”

Clique aqui para ver a performance

Ana: Isa conseguiu dar o seu tom na música. Muito confortável na sua performance, gostei dela.
Edu: Gente, eu simplesmente amei a pequena. Adoro essa música, e ela soube interpretar de forma linda e genuína. Ainda bem que Brown virou a cadeira, e já estou ansioso por seus próximos passos.
Let: Olha, eu não gostei.

Giulia Soncini – “Fascinação”

Clique aqui para ver a performance

Ana: Essa música é difícil de interpretar, e Giulia conseguiu cumprir bem o papel.
Edu: Que apresentação mais linda! Giulia soube fazer uma versão incrível desse clássico, que aliás adoro por demais, e soube se entregar letra após letra. Foi algo lindo, honesto, emotivo, e muito rápido, pois quando menos esperei já tinha acabado.
Let: Ufa, finalmente começou o programa de hoje! E com uma apresentação inesquecível. Amei Giulia, amo essa música e foi o match perfeito.

Mari Ribeiro – “De Quem É A Culpa”

Clique aqui para ver a performance

Ana: Não gostei da performance. Uma música com um tom mais grave, eu não me senti confortável escutando.
Edu: Mari é uma linda, mas fiquei bem chateado de ninguém ter virado a cadeira. O problema da performance foi o mal da song choice, pois ela é uma cantora incrível. Veveta, como sempre, sendo a melhor pessoa do Universo, como não amar?
Let: Adorei a voz poderosa da Mari, e também não entendi porque ninguém virou. Se bem que a música era bem horrorosa.

Luna Pietá – “Pra Você Dar O Nome”

Clique aqui para ver a performance

Ana: Essa música é lindíssima, e ela não se saiu tão bem. O mesmo mal da Mari Ribeiro atingiu a Luna.
Edu: Luna é outra maravilhosa, com uma voz incrível e balanceada, mas sofreu do mesmo mal que Mari. Só que, diferente da outra candidata, ela teve a sorte de Victor & Leo virarem a cadeira. Tenho certeza que Luna vai surpreender, e que os irmãos farão um trabalho incrível com a garota. Estou apostando mega alto nela.
Let: A voz dela é bem gostosinha de ouvir, mas não achei a música mais certa para ela. Realmente a menina teve sorte de virarem.

 

Welry Lemos – “Maluco Beleza”

Clique aqui para ver a performance

Ana: O que tá acontecendo hoje? Terceiro que eu achei bem fraco.
Edu: Pelo VT apresentado, já esperava que ele viesse com alguma sofrência, #chatiado. Não gostei de nada que o garoto mostrou, e francamente acho que das batalhas não passa. Tchau!
Let: Aiii pelamooorrr! Que tanto cha la la, voz mais falsiane, performance sofrida, tudo errado.

 

Laura D’Ávila – “Erva Venenosa”

Clique aqui para ver a performance

Ana: Aí sim, Brasil! Que desenvoltura! Ótima apresentação da Laura, essa música também levanta qualquer audiência.
Edu: JÁ AMO LAURA! Hipponga, de humanas assumida e destemida. Veio com um carisma, desenvoltura, uma voz poderosa. Que menina maravilhosa, e amei seu jeito desencanado de ser.
Let: Ufaaaaa, agora simmmm! Laura é maravilhosa, hein? Voz incrível, performance maravilhosa, domínio do palco e da plateia, tem tudo para ir longe na competição.

Everson Silva – “Coisas De Quem Ama”

Clique aqui para ver a performance

Ana: Nossa, volta ano que vem, cara!
Edu: Só um momento, viraram para Welry e não para Everson? Odeio quando começam com essas injustiças. Everson teve alguns problemas na apresentação, mas deu para perceber que, sabendo ser trabalhado da forma adequada, teria grandes chances de se destacar. Uma pena!
Let: Aff, é uma criança boa e umas duzentas horríveis. Não tá fácil hoje!

Isabela Bednarsky – “As Quatro Estações”

Clique aqui para ver a performance

Ana: O timbre dela é muito parecido com o da Sandy, mas não me arrebatou muito não. Ela cantou bem, criou sua identidade para a música, mas não acho que ela deve ficar nas próximos programas.
Edu: Pensa numa junção entre Sandy e Lana Del Rey, eis que o resultado é Isabela. Eu gosto dessa música, mas achei a versão de Isabela bem paradinha. Mas Isa é muito boa, só que músicas bem mais tranquilas e comedidas combinariam melhor com seu estilo. No aguardo dela cantando a maravilhosa música que Tiago Iorc e Sandy gravaram juntos, pois sei que tem tudo para sair tiro.
Let: Foi muito karaokê pra mim. Por ter uma voz tão parecida com a da Sandy, ela poderia ter escolhida outra coisa que não nos confundisse, né!

Marcella Bártholo – “I Put A Spell On You”

Clique aqui para ver a performance

Ana: Olha, preferiria que voltasse ano que vem sem gritar. Tem uma ótima voz e cantou bem quando não gritou na música. Que Victor e Léo possa moldá-la a ensinando a cantar ao invés de gritar a música. Vai beneficiar ela e sua voz no futuro
Edu: O QUE FOI ISSO? EU TO BOQUIABERTO E TODO ARREPIADO!!!! Marcella é formidável, com um controle vocal impressionante, e não estou sabendo lidar com isso. Sem contar que seu gosto musical é incrível, e espero que Victor & Leo possa trazer músicas poderosas do estilo para a garota cantar. Atitude, segurança e controle vocal, esses elementos foram o bastante para os irmãos virarem para ela.
Let: Arrepiada estou com todo o poder da Marcella. Já estou apaixonada pela menina, pelo jeito blasé e sua voz poderosa.

Thay Araujo – “Na Linha do Tempo”

Clique aqui para ver a performance

Ana: Como Edu falou aqui embaixo, ela começou morna, mas foi ganhando confiança ao longo da música e quando chegou a parte mais importante, ela conseguiu dar tudo de si. Mereceu estar no The Voice.
Edu: Achei a performance meio morna, até a hora que chegou no refrão. Gente, Thay teve uma evolução incrível, e no fim das contas fez por merecer passar.
Let: Pensei a mesma coisa, tava just ok até o refrão destruidor de estruturas.

 

Isabelle Kaffer – “Quando A Chuva Passar”

Clique aqui para ver a performance

Ana: Essa música está virando o maior clichê dos The Voices. Ela cantou super bem, se manteve na sua afinação, apesar da música ser mais lenta e sonífera.
Edu: A reação dela com a cadeira virada foi a melhor possível, amei por demais. E já era previsível que Isabelle escolheria Veveta, não é mesmo? Se esse não fosse o propósito, a garota não teria cantado a música da jurada. Sobre a performance, a mesma foi bem diferente e agradável, mas começou mal pra dedéu.
Let: Isabelle tem uma ótima voz, só espero mais ousadia nas suas próximas escolhas musicais, porque potencial tem de sobra.

 

Bia Soares – “Home”

Clique aqui para ver a performance

Ana:
Edu: Quase dormi…
Let: Please.

 

Micaella Marinho – “Além do Arco-Íris / Somewhere Over The Rainbow”

Clique aqui para ver a performance

Ana: Nossa, que maravilhosa ela!!! Cantou com o coração, se sentiu muito confortável cantando a música, afinada, no tom certo, ela brilhou!
Edu: Amei tudo! Micaella foi brilhante, em misturar a versão em português com a original, e ela soube manter um equilíbrio incrível do começo ao fim. Desenvoltura e presença de palco impressionantes, além de um carisma inexplicável. Estou surpreso, impressionado, e Victor & Leo ganharam uma adição e tanto ao time deles.
Let: Genteeeee que apresentação foi essa? Tô arrepiada até agora! A destruição começou no início e não parou. Amei até o reggaezinho e tals.

 

Bruna Rocha – “Eu Vou Seguir (Reach)”

Clique aqui para ver a performance

Ana: Marina Elali está cada vez mais rica, ela é poderossísima! Bruna destruiu comigo, que performance! <3
Edu: A versão original dessa música é lindíssima, interpretada pela brilhante Gloria Estefan. Bruna soube extrair justamente a essência apaixonante que a música tem, sabendo transmitir a emoção que ela carrega. Eu amei, achei formidável, e chorei, não vou negar, com essa performance.
Let: Eu também fiquei emocionada com Bruna cantando o tema das Olimpíadas de 1996 (#souvelha), foi lindo demais. Amei tudo!

 

Raquel Maressa – “A Paz”

Clique aqui para ver a performance

Ana: Não mesmo!
Edu: Não!
Let: Nossa!

 

Brunno Pastori – “Onde Deus Possa Me Ouvir”

Clique aqui para ver a performance

Ana: Que lindinho, gente! Mereceu muito ter sua vaga no programa! Cantou bem, não ficou tão nervoso ao ponto de atrapalhar sua apresentação.
Edu: Tão novo, e com um controle vocal de deixar qualquer adulto no chinelo. Brunno encerrou essa primeira fase do The Voice Kids com uma apresentação incrível, com um controle vocal surpreendente. O garoto caiu como uma luva no time de Carlinhos Brown, e não conseguiria imaginá-lo em outro.
Let: Aiii que fofuraaa! Amei Brunno e irei defendê-lo até o fim.

 

E vocês, o que acharam das performances desse domingo?