The Voice UK – 5×04 – Blind Auditions

the-voice-5x04

Continua após as recomendações

Olá como estão? Depois de três programas bem razoáveis, parece que essa temporada de The Voice UK finalmente começou a engrenar. Performances memoráveis marcaram mais uma parte da fase de blind auditions, onde os times de nossos quatro jurados vêm ganhando cada vez mais força.

Vamos acompanhar?

Continua após a publicidade

 

PERFORMANCES

 

Aliesha Lobuczek – “Break Free”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=eb-cx5eI_YI[/youtube]

Edu: Finalmente a fase de audições dessa temporada começou com uma act espetacular. Aliesha tem uma voz poderosa, e uma confiança única, mesmo mostrando depois nervosismo. Isso que é legal, não deixar isso transparecer na música.

Lucas: Adorei a voz dela e a versão da música ficou bacana!! Paloma pode fazer um bom trabalho com ela, apesar de achar que Ricky poderia trabalhar melhor com sua voz.

 

The Dublin City Rounders – “Blank Space”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=S-TqTPB_W4o[/youtube]

Edu: Totalmente dispensáveis, não souberam se encaixar ao tom da música. Muita firula, muito exibicionismo, para pouca habilidade vocal, afinal por isso o reality se chama The Voice.

Lucas: Apesar do visual icônico, achei que eles iam chegar e mandar um country ou então um rock mais leve. Aí eles vieram com Blank Space, que não foi de tudo ruim. Se não tivesse o cara do violoncelo gigante “rappeando” a música, o outro teria chances de passar.

 

Alaric Green – “Broken Vow”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=gDGlhId2J_o[/youtube]

Edu: Foi lindo, emocionante e perfeito. Me deu uma agonia, pois já estava me revoltando que ninguém fosse virar para ele, mas ainda bem que Will e Ricky viraram, quase gritei aqui. Tenho certeza que Ricky fará um trabalho impecável com Alaric.

Lucas: Quando ele chegou já pensei: “Vai mandar uma ópera onde não escutaremos nada da voz dele, além de gritos, e ninguém vai virar”. E aí nas primeiras frases da canção ele já me provou o quão errado eu estava e o quão deliciosa foi a apresentação. Fiquei apreensivo achando que ninguém ia virar e quase pulei quando Will apertou o botão.

 

Tim Baldwin – “I’m Yours”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=xABvrg8MJiM[/youtube]

Edu: Tim pecou feio na song choice, sendo então coerente ninguém ter virado a cadeira para ele. É uma pena ao mesmo tempo, pois o cara mostrou que tem talento.

Lucas: Nem tenho muito que dizer. Ele não cantou mal, só que não cantou bem também.

 

Faheem – “Marvin Gaye”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=dDmI6mu7T9Y[/youtube]

Edu: Foi tudo perfeito, Faheem deu um tiro certeiro escolhendo essa música. Teria sido o extremo do espetacular se Meghan Trainor tivesse junto, claro. Ainda bem que ele escolheu Will, pois não imaginava ele sendo muito aproveitado com Ricky.

Lucas: Começamos pela song choice que pra mim foi incrível pois sou apaixonado por essa música. A voz de Faheem encaixou como uma luva nela, foi leve, suave e deliciosa de se ouvir. Na disputa, Will levou a melhor e ganhou um incrível competidor em seu time.

 

Sammy-Jo Evans – “Jukebox Blues”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=lK1efXA0N9M[/youtube]

Edu: Não ia ter futuro no programa, sua voz não é lá aquelas coisas, e muito caricata. Não gostei nenhum pouco dela.

Lucas: O que foi esse cabaré dos anos 20 no palco? Me assustei quando Boy deu um tapa na mesa, jurei que ele iria virar para essa pessoa “icônica”. A voz não é ruim, mas ninguém teria algo a contribuir para essa garota.

J Sealy – “The First Cut Is The Deepest”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=x3JRcHpJ8is[/youtube]

Edu: O cara canta muito bem, mas achei que para essa música ele foi abaixo do tom que lhe era exigido. Vai ser interessante ver em como Boy George trabalhará com ele.

Lucas: O que mais me impressiona em Boy George é como ele dá oportunidade para vozes realmente interessantes a se trabalhar. Há quem diga que ele é assim pois nunca o escolhem, mas gosto de ver esse time de diamantes brutos que ele possui em mãos. J Sealy chegou para acrescentar ainda mais, com uma voz estrondosa que pode ser muito bem aperfeiçoada.

 

Steve Devereaux – “The Lady Is A Tramp”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=MzCf_eXylPU[/youtube]

Edu: Por onde andou Steve durante todos esses anos? Eu simplesmente gostei muito dele, a voz combinou de forma perfeita com a música, proporcionando uma performance deliciosa. Paloma com certeza vai explorar o máximo possível dele, e não vejo a hora.

Lucas: Gostei e muito da apresentação, e acredito que Paloma poderá tirar grandes experiencias com Steve e ele poderá ganhar conselhos importantes da nossa cantora. Uma dupla incomum, mas que pode dar muito certo.

 

Lester Preston Jr – “Dancing On My Own”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=vPhCD0Cp9uQ[/youtube]

Edu: Ele foi muito mais do mesmo, apesar de cantar bem. Sei lá, senti falta de algo emotivo ali no meio, por momentos parecia que Lester era inclusive um robô.

Lucas: Por que me decepcionam pelo menos uma vez em todo episódio? Que voz incrível Lester possui. Acredito que Ricky tinha de tudo para trabalhar muito bem com a voz dele, e optou por não o fazer. Infelizmente, uma grande perda.

 

Valerie Bacon – “You’re My World”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=YUWjEMpJi9s[/youtube]

Edu: Posso ser sincero? Eu dormi de roncar quando comecei a ver a performance dela, e quando acordei o episódio já tinha terminado havia uma hora, juro!

Lucas: É impressionante a chance que eles estão dando para pessoas mais idosas no programa. Acho isso incrível, pois mostra que definitivamente não se é novo ou velho demais para fazer o que se gosta. Valerie foi encantadora em sua performance e sua voz é deliciosa de se ouvir, mas infelizmente não se encaixou no que os jurados procuram trabalhar.

 

Heather Cameron-Hayes – “Life On Mars”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=VuobrhzoEkg[/youtube]

Edu: Que performance linda, me emocionei aqui com essa joia rara. Fiquei muito feliz dela ter escolhido Boy George, pois Ricky só virou porque quis competir com o colega de bancada. Heather foi um achado maravilhoso, fortalecendo assim e muito o time do jurado. Já se tornou uma das minhas favoritas da temporada.

Lucas: Heather foi sensacional e pertence ao Team George por ser simplesmente fantástica. Não é a primeira vez que digo que Boy tem um time de grandes vozes a serem bem trabalhadas, nada muito entregado, são diamantes brutos. Jealousy Ricky bem que tentou, mas…

 

Kevin Simm – “Chandelier”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=ZtTTRac7X7A[/youtube]

Edu: Simplesmente a MELHOR PERFORMANCE das blind auditions dessa temporada até o momento. É incrível a potência vocal que Kevin fez, tudo na medida certa, do seu jeito e sem exageros. Foi algo simples, mas honesto, de mexer com o emocional. Estou todo choroso aqui com essa incrível apresentação, tanto que tive que ver mais de uma vez. Paloma ganhou um fortíssimo candidato para seu time e, se for bem trabalhado, chegará até a final facilmente.

Lucas: E pela segunda vez durante toda essa temporada tivemos todas as quatro cadeiras viradas, e foi muitíssimo merecido. Kevin cresceu de uma maneira com a música que se fez poucas vezes no palco este ano. A voz dele é suave e poderosa, consegue atingir o objetivo com exatidão e sem exageros. Um candidato fortíssimo para o Team Paloma.

 

Curtiram essa quarta semana de blind auditions? Esse final de semana a saga continua, falta pouco para as battle rounds.

Nenhum comentário

Adicione o seu