The Voice UK – 5×08 – Battle Rounds

the-voice-5x08

Olá! Finalmente chegamos à fase de batalhas no The Voice UK, e depois de vários deslizes na fase de blind auditions, o programa mostrou que não está para brincadeira. Performances memoráveis, emoção comendo solta e algumas injustiças, assim marcou a estreia dessa etapa.

 

TEAM WILL

Continua após a publicidade

 

Irene Alano-Rhodes x Lydia Lucy – “Cryin’”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=PkMqhBVfokk[/youtube]

Edu: MEU DEUS! Will dá a largada inicial à fase de batalhas com simplesmente suas melhores acts, e de quebra com esse grande clássico da maravilhosa banda Aerosmith. Foi um duelo de titãs, o qual estou totalmente arrepiado. Eu no lugar do coach não saberia qual decisão tomar, pois ambas foram maravilhosas. Nessa batalha as duas ganhando seria ótimo, mas fiquei de cara por ninguém ter roubado Irene, estou indignado. PS: adorei essa nova dinâmica, dos três jurados estarem com suas cadeiras viradas na hora do steal.

Luke: Como não se apaixonar por essas batalhas? Começamos pegando fogo com essas duas hein?! Will mandou muito na escolha das candidatas, mostrou um poder sensacional do time. Elas fizeram do palco um ringue de batalha mesmo, dava pra perceber o fogo saindo pelos olhos das duas, uma verdadeira competição. Tava tão no inicio que ninguém quis Irene, que foi um choque, pois ela tem uma voz incrível. No mais, a escolha foi boa de qualquer jeito.

 

Charley Blue x Scott & Vicki – “Black Magic”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=BUsRKrRCkSY[/youtube]

Edu: Impressão minha, ou a song choice foi desfavorável aos três. É só elogiar o Will, que ele então já começa a fazer coisas absurdas. Como não pode eliminar todo mundo, eu eliminaria a dupla, mas antes o jurado. Agora, alguém pode me dizer qual foi a necessidade de Charley estar com o violino durante a apresentação? Ainda bem que ninguém roubou a dupla, não farão falta.

Luke: Fiquei tão desanimado quanto os jurados durante a apresentação. A dupla pareceu servir de backs de Charley, ou seja, totalmente dispensáveis. Ah, eu gosto do violino kkkk… É como uma marca dela, apesar de que ficará monótono usa-lo toda semana.

 

Aaron Hills x Faheem – “Livin’ For The City”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=uAe1l-F4BcY[/youtube]

Edu: Dois acts incríveis e uma música espetacular, voltei a odiar menos Will. Foi incrível o jogo entre eles, parecendo que a música fossem dos mesmos. Estava na cara que Faheem seria escolhido, mas me senti aliviado de Paloma e Boy George disputarem pela segunda chance de Aaron. No final a jurada foi a escolhida pelo rapaz em ser sua nova técnica, e achei perfeito isso.

Luke: Independente da escolha de Will, saberíamos que o outro não ficaria desamparado. Uma dupla sensacional. Aaron se encontrou muito bem na musica e no estilo, e Faheem parece ser como um camaleão, bem adaptado a qualquer estilo. Paloma ganhou um grande competidor, e Will tomou uma decisão sábia.

 

TEAM PALOMA

 

Dwaine Hayden x Aliesha Lobuczek – “Kiss Me”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=DUJnD-WZWcU[/youtube]

Edu: Os dois foram espetaculares em suas respectivas audições, e essa batalha foi a coisa mais gostosa de se ouvir. Apesar disso, em minha humilde opinião Dwaine foi anos-luz melhor que Aliesha. Juntos eles tinham uma sintonia única, mas nas partes solos era o rapaz quem dominava. Achei justa a escolha de Paloma, pois ela pensou da mesma forma que eu, ainda bem que temos um ser maravilhoso chamado Ricky Wilson, que roubou Aliesha pra ele.

Luke: Um performance leve e deliciosa, sem toda aquela raiva apresentada na ultima batalha. Eles conseguiram uma sintonia bacana juntos, e concordo com Duh quanto a superioridade solo de Dwayne. Escolha por escolha, Paloma e Ricky mandaram bem nas decisões.

 

Jordan Gray x Theo Lewellyn – “This Woman’s Work”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Hr4MejWd5pY[/youtube]

Edu: Gente eu jurava que Jordan tinha sido eliminado, e me enganei legal. Depois daquelas variações que me incomodou nas audições, o cara melhorou bastante na habilidade vocal. Theo não ficou muito atrás, assim rendendo uma disputa bem equilibrada. Do nada houve uma evolução incrível e emocionante, e francamente não queria ser Paloma Faith nesse momento. Eu achei coerente a escolha da jurada, pois na hora que a batalha teve a tal evolução citada, o candidato cresceu junto. Ainda bem que Theo continuará na competição, mesmo que fosse George quem o roubaria, mas já está de bom tamanho sendo Will mesmo.

Luke: Pera aí minha gente, como assim? Jordan tinha sido eliminado. Paloma ficou curiosa em sua apresentação, mas não virou no final. Temos tretas nesse balaio, mas agradeço aos céus e terra por ele estar aqui depois dessa apresentação. Claramente o participante evoluiu com grande louvor na apresentação. Foi leve, sutil e impactante a maneira como ambos conduziram a canção. Theo merecia essa segunda chance e pode ser que surpreenda no team Will.

 

Bradley Waterman x Rick Snowdown  – “Something’s Got A Hold On Me / I’m A Man”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Hga6R_GDO3A[/youtube]

Edu: QUE BATALHA MONSTRUOSA! Foi explosiva do começo ao fim, dois extremos totalmente diferentes, e por isso deu essa intensidade incrível. Algo me dizia que Paloma acabaria escolhendo Rick, o cara é ótimo, mas achei que Bradley merecia ter ganhado. Ainda bem que George o salvou, ufa!

Luke: Que tiro foi esse senhor!!! Eles arrasaram em um nível inimaginável. Paloma fez uma boa escolha, a voz de Rick é tão boa quanto a de Bradley, mas o rapaz tem um que de rockeiro mais clássico e fiel a canção. Ainda bem que acolheram o pequeno Bradley, que irá crescer ainda mais com os conselhos de nosso rei Boy <3

 

TEAM GEORGE

 

Charley x Harry Fisher – “I Just Can’t Stop Loving You”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Ij9fsklBRbo[/youtube]

Edu: ESTOU SIMPLESMENTE ARREPIADO AQUI! Charley foi minha grande surpresa, pois eu tinha odiado sua audição, e eis que ela nos surpreende com uma evolução única. Que apresentação maravilhosa, mas também com essa música incrível do icônico Michael Jackson, não tinha como ser diferente, estou boquiaberto até agora aqui. Mesmo assim, era evidente que Harry levaria a batalha, e que ninguém roubaria Charley. Mais justo que isso, impossível.

Luke: Como não amar alguém cantando MJ? A apresentação foi gradativa, começaram com um superioridade de Harry que permaneceu por toda a canção. Contudo, as partes em conjunto foram bem apresentadas. A escolha estava mais do que clara, Charley tem uma voz gostosa de se ouvir, mas o risco de rouba-la no inicio das batalhas é muito alto.

 

Laura Begley x Tobias Robertson – “Love Will Tear Us Apart”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=_ejAV-_C59k[/youtube]

Edu: Que versão espetacular desse maravilhoso clássico do Joy Division. Tobias sinceramente pareceu mais um backing vocal de Laura, portanto nada mais justo a moça ter levado a batalha. Gosto dele, mas não fez por merecer ganhar e muito menos ser roubado. Espero e muito que ele volte ano que vem.

Luke: Tobias possui todo e qualquer talento pra persistir em mais um ano. Deu azar de não ter se destacado tanto com essa canção, que ainda assim foi muito bem interpretada pelos dois. Laura foi com leveza e mostrou sua potência, definitivamente a melhor escolha para George.

 

Cody Frost x Heather Cameron-Hayes – “Nothing Compares 2 U” 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=1PQzPRVZvsE[/youtube]

Edu: Gente que incrível e belíssimo foi isso. As duas conseguiram encerrar essa maravilhosa primeira noite de batalhas da melhor forma possível. Foi tudo tão equilibrado, onde uma foi respeitando o espaço da outra. Dois talentos unânimes, que merecem e muito ir mais além. Cody, que pareceu ter vindo direto de uma seita satânica, venceu justamente, mas ainda bem que Heather continua. Te amo, Paloma!

Luke: Cody está no meu coração e na minha cabeça desde que cantou Abba em sua audição. A garota é mais do que sensacional e sua voz é maravilhosa. Heather eu tenho vagas lembranças, mas quando ela começou a canção, confesso que fiquei mexido e permaneci assim durante toda a apresentação. Foi um crescimento tão natural e belo que cheguei a me emocionar. Boy estava em uma decisão difícil e fez a escolha certa, deixando livre uma excelente cantora para Palominha, que agora tem o time ainda mais potente.

 

TEAM RICKY

 

Jolan x Efe Udugba – “Beat Surrender” 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=VNOeZNvf8sY[/youtube]

Edu: A batalha mal começou e eu já estava torcendo para Jolan ganhar, depois de ter shippado ele com Ricky na blind, rs. Que disputa animada, curti muito aqui, sem contar do equilíbrio tênue entre ambos. O final foi destruidor, deixando evidente que Jolan definitivamente tinha que ser o vencedor. No fim o shipp prevaleceu intacto, mas achei um pouco injusto de ninguém ter roubado Efe, pois ele foi ótimo.

Luke: Como não se apaixonar por essa performance? Eles simplesmente arrasaram, foi tudo muito intenso e animado. Eu já tava aqui dançando junto com a música. Jolan é um pouco melhor mesmo, mas ainda assim foi bem chato não terem virado pra Efe. Esse é o pesar de se apresentar logo no início.

 

Chloe Castro x Alaric Green – “Hope There’s Someone”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=aYvf6jI5V-Y[/youtube]

Edu: A batalha mal tinha começado e Ricky estava já todo emocionado, logo sabia que vinha tiro, e não errei. Essa foi simplesmente A MELHOR BATALHA! Foi simples, singelo, honesto e emocionante, e eles conseguiram levar não apenas Ricky e Boy George as lágrimas, como eu também. A sintonia entre os dois foi algo único, como se fosse uma dupla, ao invés de rivais. Estava na cara que Chloe seria escolhida, e estou bem feliz por isso. Na hora que vi a encarada entre George e Ricky já supus que o jurado roubaria Alaric pra ele, ainda bem.

Luke: Eles querem abalar todo meu emocional já no primeiro programa assim? Eu to abestado com a beleza da apresentação, foi tudo lindo gente. Eles cantando juntos ou sozinhos, a música, a melodia, todos chorando. Alaric talvez pecou em certos pequenos pontos da canção, que não tiraram a beleza da voz, mas que fizeram Ricky escolher Chloe. George foi sensacional em roubar o rapaz, mais uma voz incrível para o melhor time <3

 

Tom Milner x Brooklyne Richards – “Tear Dry On Their Own”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Nn8L3k-x7kU[/youtube]

Edu: Péra, que eu estou perplexo aqui até agora com esses dois. Eles simplesmente pegaram essa música espetacular, fizeram da mesma uma munição, e saiu dando tiros sem dó por aí. Brooklyne esteve bem mais à vontade na apresentação, logo sendo mais merecedora da vitória. Tom precisava de mais “tchan” pra merecer ser salvo.

Luke: Minha gente, o que foi essa leve química que rolou em palco? Eles arrasaram na canção, na apresentação, na voz, nos passos. Brooklyne é uma estrela em ascensão e mereceu a escolha. Tom tem todas as chances de voltar e arrasar em uma próxima edição, mas ainda é muito arriscado escolher ele com tantas estrelas por aí.

 

Com o fim dessa primeira semana de batalhas, os times estão da seguinte forma:

Team Will: Lydia Lucy, Charley Blue, Faheem,  Theo Lewellyn

Team Paloma: Dwayne Hayden, Jordan Gray, Rick Snowdown, Aaron Hills, Heather Cameron-Hayes

Team George: Harry Fisher, Laura Begley, Cody Frost, Alaric Green, Bradley Waterman

Team Ricky: Jolan, Chloe Castro, Brooklyne Richards, Aliesha Lobuczek

 

No próximo sábado acontece a segunda e última semana de batalhas. Qual é o seu favorito?

Avatar

Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.

No comments

Add yours