The Voice UK – 6×03 – Blind Auditions

Imagem: The Sun
Imagem: The Sun
Imagem: The Sun

 

Olá, como estão? O The Voice UK do último sábado nos trouxe grandes destaques em mais uma das blind auditions, com performances pra lá de memoráveis. Vamos dar uma olhada em tudo o que rolou?

Continua após a publicidade

 

PERFORMANCES

 

Continua após a publicidade

April Sullivan – “Don’t Rain On My Parade”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Brzf_CrULnI[/youtube]

Continua após a publicidade

 

Edu: Que bizarro foi tudo isso, cruz credo!

Continua após a publicidade

Jeh: Lea Michele e Barbra Streinsand morreram um pouco por dentro.

Continua após a publicidade

Luke F: São em momentos como este que imagino Lea Michele e Barbra Streisand, juntas, comendo pipoca e assistindo uma apresentação de terror/comédia dessas… Brincadeiras a parte, voz boa com uma song choice muito além do seu potencial.

Luke S: Eu não achei assim toda ruim, mas também não consegui enxergar um futuro muito promissor pra ela no programa. Talvez deva tentar a sorte em outro tipo de competição.

 

Millicent Weaver – “Where Is My Mind”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=ZVL2bzQqNgk[/youtube]

Edu: A voz dela lembra um pouco de Dolores O’Riordan, vocalista do The Cranberries. Achei a song choice errada, mas vi um grande potencial na moça. Ainda bem que Gavin virou a cadeira para ela e espero que um ótimo trabalho seja feito.

Jeh: Adorei a voz, muito gostosa de ouvir durante uma viagem de carro durante a madrugada. Millicent é diferente e, se for bem trabalhada, tem muito futuro na competição.

Luke F: Tiveram algumas nuances durante a apresentação, mas nada que estragasse sua bela voz. Seu estilo de apresentar me lembrou diversas cantoras, como já foi citado pelos meus colegas aqui, mas ainda assim vejo uma identidade incrível a ser aflorada em Millicent.

Luke S: Apenas eu achei uma vibe Florence na Millicent? Só sei que me apaixonei logo de cara e fiquei com muita vontade de ouvir mais.

 

David Jackson – “All I Want”

 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Q8jNcegYvCw[/youtube]

Edu: ALGUÉM ME FAZ PARAR DE VER NO MODO REPEAT? Que audição foi essa, meu Brasil? Eu estou arrepiado, pois a versão original dessa música é maravilhosa e recomendo que corram após lerem essa review para ouvir. David tem um controle vocal incrível, sem contar sua conexão com a música, que acabou tocando as emoções. Já tava boquiaberto e arrepiado aqui, aí depois que terminou a performance me toca na sequência “Human”, da Christina Perri, aí não tem emocional que aguente. Foi uma adição e tanto ao Team JHud, que está sendo escolhido a rodo pelos acts, e que já é disparado e por unanimidade o melhor dessa temporada.

Jeh: Gente, que maravilhosa essa apresentação. Eu não conhecia a música, mas é linda demais e na voz de David arrepiou até o último fio de cabelo e me deixou emocionada de verdade. Esse menino é muito bom e com certeza vai longe. Espero que escolham boas músicas para ele. Já estou contando com “All Of Me”.

Luke F: Eu odeio criar expectativas nas Blinds, mas eu me identifiquei com a simplicidade de David de uma forma que vi poucas vezes em competições como esta. Foi uma mistura de sentimentos trazidas à sua apresentação, aquele brilho no olhar refletido por todos que assistem. Sua voz é serena e poderosa ao mesmo tempo e ambas as partes conversam em uma qualidade incrível de produção. Realmente, até o momento, já é o meu favorito e espero vê-lo crescer cada vez mais no time JHud.

Luke S: Essa música acaba comigo de um tanto que só vendo. É de longe uma das melhores do Kodaline e David me surpreendeu demais da conta com essa blind! Foi lindeza do começo ao fim, e compartilho do comentário do meu amigo Duh, pois tive que assistir várias vezes de tão lindeza que foi. Prevejo um futuro muito bom pro cara.

 

Kevin Prone – “Cinema Paradiso”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=gdgvt5E_b7o[/youtube]

 

Edu: A quota ópera da semana. Não sou obrigado!

Jeh: Migo, não dá não. Não dá.

Luke F: Uma voz bela, que não se encaixa neste tipo de competição…

Luke S: Canta bem? Sim, mas é o mesmo que a April, não consigo ver um futuro para ele nesse tipo de programa.

 

Craig Ward – “Always A Woman”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=H37fZB0PgOI[/youtube]

 

Edu: Craig é incrível, tem uma voz fascinante e viajei aqui ouvindo sua performance. Sabendo trabalhar com as song choices certeiras, tenho certeza que grandes apresentações virão. Ele vai se dar muito bem em algo totalmente folk, e espero que seja esse direcionamento que Tom possa guiá-lo.

Jeh: Socorro! Só eu dormi nessa apresentação? Ok, a voz dele é bem bonita e ele tem um timbre encantador, mas que sono dessa música.

Luke F: JHud representando cada um de nós naquela cadeira. Como assim eles não viraram antes? Craig é uma das melhores vozes até agora, na minha humilde opinião. E Tom é um incrível coach, vai saber trabalhar bem com sua extensão vocal e sua identidade na competição.

Luke S: Eu estava literalmente quase surtando com ninguém virando pro cara. Meu, ele tem um tom de voz muito bacana e merece demais seguir na competição, pois acho que pode surpreender bastante.

 

Geno Eccles – “You Are So Beautiful”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=nyj5D-cGAvA[/youtube]

 

Edu: Essa música é simplesmente maravilhosa, mas não entendi de ninguém ter virado. Geno foi muito bem, na minha opinião.  Foi triste vê-lo saindo de mãos atadas.

Jeh: Música extremamente batida e foi mais uma apresentação bem tediosa, apenas mais do mesmo. Já estamos cansados de ver competidores com esse estilo.

Luke F: Não o vejo como o melhor competidor, mas sim como um dos mais manipuláveis em questão de trabalho. Já tem alguns anos de experiência que permitem um engajamento maior com a competição e o que for proposto. Uma pena!

Luke S: Eu fiquei torcendo pra alguém virar pro paizão, mas infelizmente não rolou.

 

Hayley Eccles – “Upside Down”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=O5oQP7fkovg[/youtube]

 

Edu: Deu para ver que o talento vem de família e fiquei fascinado com a voz de Hayley, que vez ou outra lembrou e muito da minha saudosa Amy. Se Will tivesse virado para Geno também, seria sensacional, pois imagina uma batalha entre pai e filha. Lembro que no The Voice Australia, ano passado, Jessie J fez isso com duas irmãs e o resultado foi espetacular. Finalmente o “chatonildo” decidiu virar a cadeira, não é mesmo?

Jeh: Ah que linda, amei a Hayley e principalmente a escolha da música. Ela tem uma voz super divertida de ouvir e tem um timbre bastante característico. Espero que Will aposte nela e em seu talento.

Luke F: E não é que a família é talentosa? Desde o momento em que ela pisou no palco e começou a cantar, já imaginava que Will viraria a cadeira. Dentre todos ali, ele fará o melhor trabalho com Hayley, que tem  potencial de sobra. Uma grande voz nas mãos de um coach que, apesar de chato, sabe trabalhar seus acts.

Luke S: Hayley conseguiu surpreender mais que o pai, e entregou uma blind bem interessante. Não vou dizer que fiquei apaixonado, mas ela sem dúvida tem talento e uma ótima voz. Fiquei curioso pra ver mais, ouvir outros tipos de músicas na voz dela, pois acredito que o resultado pode ser muito bom.

 

Jazmin Sawyers – “Here”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=7BQAoOriwqI[/youtube]

 

Edu: Achei essa song choice mega errada, totalmente desconexa com a qualidade vocal de Jazmin. A canção exigia algo mais ponderado e a candidata tem um nível mais alto. Por isso de tal desencontro na apresentação. Eu não gostei nenhum pouco dessa audição, mas vamos ver como ela vai se sair nas batalhas.

Jeh: Gostei da apresentação, mas não achei nada demais. Jazmin é boa, mas confesso que não vejo muito futuro pra ela. Num primeiro descuido ela deve cair fora.

Luke F: Fiquei bem em cima do muro com a audição, pois a voz de Jazmin é boa, mas não explorou e surpreendeu com a song choice. É mais uma cantora típica do Team Will, e espero que ele explore mais a bela voz da garota.

Luke S: Como assim só uma pessoa virou? Tô falando que esse povo está exigente demais da conta, gente. Adorei a voz e estilo da Jazmin, e estou com a impressão de que é mais uma que vai surpreender nas próximas fases.

 

Sarah Morgan – “Missed”

 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=NPov_rwtQNc[/youtube]

 

Edu: Gente, fiquei simplesmente apaixonado por essa audição. Uma música bonita e a voz de Sarah é tão leve, singela… Já imaginei aqui ela cantando algumas canções da Birdy, que lindo seria. Gavin, favor providenciar isso.

Jeh: Já estou oficialmente apaixonada por Sarah. Que voz deliciosa de ouvir, leve, meiga, mas ao mesmo tempo forte e que deixa sua marca. Ela pode entrar facilmente nas minhas preferidas. Espero que o seu treinamento seja bastante focado a alimentar essa doçura, que já é natural dela.

Luke F: Sarah veio toda meiga e leve, cantou com uma maestria incrível. A sua voz é delicada, mostra realmente sua personalidade e se encaixou perfeitamente na song choice apresentada. Espero que Gavin permita que ela seja sempre assim, leve e com uma identidade própria em suas canções.

Luke S: Mas pera, ela catou a mesma música que a linda Ella Henderson cantou em sua audição no #XFactorUK, e mandou tão bem quanto. Sarah tem uma voz deliciosa de ouvir, e fiquei aqui com uma baita vontade de mais. Pra mim foi uma das melhores desse episódio.

 

Os classificados então dessa terceira semana foram:

Team Gavin: Millicent Weaver, Sarah Morgan

Team JHud: David Jackson

Team Tom: Craig Ward

Team Will: Hayley Eccles, Jazmin Sawyers

 

O que estão achando dessa temporada? Já possuem algum candidato predileto? Venham comentar conosco!