The Voice UK – 6×08/09 – Battle Rounds

Imagem: Digital Spy

Finalmente chegamos na fase de batalhas no The Voice UK. Agora a disputa fica mais acirrada, ainda mais que nossos jurados possuem apenas um steal para utilizar. Batalhas simplesmente memoráveis, escolhas surpreendentes e tudo mais, que você pode conferir logo abaixo.

 

TEAM JHUD

Continua após a publicidade

 

Israel Allen x David Jackson – “It’s Your World” 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=jpEYPPTh2K0[/youtube]

Edu: CARACA! A fase de batalhas já começou repleta de tiro, porrada e bomba! JHud pegou dois fortíssimos acts de seu time, e já quebrou as estruturas. Não esperava essa destruição toda, e estou boquiaberto até agora. Ambos foram incríveis, mas David definitivamente mereceu mais vencer, e achei bem justa a escolha de nossa ex-American Idol. Continuo apostando que o rapaz tem tudo para chegar até a final.

Luke F.: Começamos as batalhas com um duelo de peso, literalmente. Caramba!! Ainda estou me recuperando da explosão que foi essa disputa. Ambos fizeram um excelente trabalho, e coube a incrível jurada uma decisão acirrada. Sua escolha veio junto às minhas expectativas. Gostei mais da interpretação de David e, mesmo que na brincadeira, ele se mostrou mais humilde durante a batalha.

Luke S.: Que bela maneira de começar essa segunda fase, hein?! Fiquei bastante surpreso, principalmente com David, que nas blinds mostrou um lado mais suave com a música do Kodaline, e nessa batalha deixou bem claro que também da conta de músicas maiores como essa. Israel também mandou bem, mas particularmente também teria escolhido o David.

 

Stacey Skeete x Jamie Miller – “Perfect Strangers” 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Ws1-zaqzzrU[/youtube]

Edu: Eu amei por demais essa batalha, que química entre esses dois. Cada um soube respeitar o espaço do outro, e foi incrível a desenvoltura e evolução deles. Stacey foi maravilhosa, isso é algo incontestável, mas a song choice casou melhor com Jamie. O garoto estava muito mais à vontade, se entregou de cabeça, e foi merecida sua vitória.

Luke F.: Caramba!! Eu estou há mais de mês querendo saber o nome dessa música, kkkk… Thanks, TVUK. Enfim, vamos a batalha. Gostei de ver a química de ambos em jogo. Foi bem dinâmico e divertido ver como eles conduziram a apresentação. Ambos já são estrelas declaradas pela atitude em palco, mas no fundo concordo com JHud. Jamie tem uma desenvoltura legal durante a apresentação, e sua voz casou muito bem com a canção. Espero que ele cresça cada vez mais na competição.

Luke S.: Minha gente, que energia foi essa? Minha batalha preferida até aqui, porque foi coisa linda demais de assistir! Os dois mandaram super bem, Stacey com toda aquela presença de palco e Jamie surpreendendo demais da conta, deixando toda a falta de confiança de lado. Por mim qualquer um dos dois mereciam vencer, mas fiquei feliz demais pelo Jamie e na torcida pra que ele ganhe cada vez mais confiança!

 

Mo x Diamond – “A Change Is Gonna Come”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Y5l3Nst3vVM[/youtube]

Edu: O QUE FOI ISSO?  Mais dois candidatos potenciais de JHud se enfrentando, e não estou bem até agora com essa destruição toda. Foi tudo na medida certa, um soube respeitar o espaço do outro, aproveitar cada segundo da performance, transmitindo uma energia inexplicável. Eu no lugar da jurada também teria escolhido Mo, mas ainda bem que Gavin usou seu steal em Diamond, pois ela merece e muito ainda mostrar mais do seu potencial na disputa, e eu ficaria muito indignado se isso não acontecesse. BRAVO!

Luke F.: Com toda certeza, o melhor sempre fica para o final. A disputa mais acirrada da primeira noite, protagonizada por dois grandes competidores do time mais forte da competição. JHud me surpreendeu com sua escolha. Mo teve certos deslizes durante a apresentação, mas tão pequenos que não prejudicam sua performance. Diamond foi uma explosão de sentimentos do início ao fim e merecia por igual continuar na competição. Não sei se foi a melhor escolha, mas que dará bons frutos no futuro para seu time… E no fim, pudemos ter a chance de ver mais da garota na competição, graças ao steal muito bem utilizado por Gavin.

Luke S.: Já estava aqui me preparando pra surtar caso ninguém usasse um steal com a Diamond, porque gente, essa batalha foi de gigantes com os dois cantando MUITO! Mo tem um talento absurdo e deixou isso mais do que claro na blind, enquanto Diamond foi uma baita surpresa pra mim, mostrando um vozeirão todo que eu nem estava esperando. Ambos mereceram seguir pra próxima fase, porque trouxeram uma batalha maravilhosa!

 

Kit Rice x Jack Bruley – “Ex-Factor”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=mjpfc1Ao9c4[/youtube]

Edu: Amei deles terem cantando essa maravilhosa música de Lauryn Hill, e francamente não saberia a quem escolher. Os dois foram muito bem em suas particularidades, seus modos totalmente opostos de se cantar, proporcionou uma batalha bastante alinhada e surpreendente. Convenhamos que Jack realmente mereceu mais, pois ele manteve um tom mais uniforme do começo ao fim.

Luke F.: Que JHud tem o time mais completo da competição é inegável. Duas vozes distintas, que casaram bem com a canção e fizeram uma belíssima apresentação. Kit tem uma nuance perigosa, que pode tentar a um som desafinado. Jack foi um pouco mais constante, e isso provavelmente fez com que o rapaz continuasse na competição.

Luke S.: Achei justíssimo e comemorei aqui! Não que Kit não tenha feito bonito, porque o cara canta e canta muito, mas essa personalidade exagerada dele me irrita e particularmente gostei mais do estilo e suavidade por parte do Jack, então achei ótimo ele ter passado pra próxima fase!

 

Liza Baker x Georgie Braggins – “Something”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Fura1-TR9lQ[/youtube]

Edu: Meu Deus, que batalha! Duas rainhas, maravilhosas, que souberam proporcionar uma apresentação emocionante, cantada com a alma. Foi lindo, singelo e recíproco, e eu francamente escolheria, sem exitar, por Liza, mas Georgie foi merecedora no final das contas.

Luke F.: Sinceramente, meu coração Beatlemaníaco não aguenta tanta beleza em apenas uma apresentação. O improviso final não veio como eu esperava, mas foi bem executado. Cada uma teve seu momento de estrela durante a canção, e vozes tão distantes trouxeram um bom resultado. Georgie continua com a gente na competição, e acredito ter sido uma boa escolha. Liza tem uma voz incrível e poderosa, mas na disputa não conseguiu acompanhar a potência de Georgie. Seu tom é mais nivelado e foi muito bem explorado hoje. Já quero ver mais dela na competição.

Luke S.: Liza canta e muito, mas gente, esse estilo mais suave na foz da Georgie me ganhou demais da conta. Toda a batalha foi linda, com ambas mostrando o que tem de melhor ali, mas Georgie realmente me impressionou aqui e fiquei muito feliz com JHud dando a vitória da batalha pra ela! Ansioso pela sua próxima performance.  

 

 

TEAM WILL

 

Shakira Lueshing x Clara Hurtado – “Bad Blood”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=9mn3YVOWI9I[/youtube]

Edu: Não gostei de Shakira nas blinds, e sua apresentação na batalha mostrou o quão dispensável é na disputa. Mais que merecida a vitória de Clara, simples assim.

Luke F.: A decisão de Will me surpreendeu positivamente. As competidoras colocaram seu ponto forte e identidade na canção. Clara ficou com a parte musical e melódica, enquanto Shakira apostou no Rap, fazendo um trabalho incrível. Mas no fim, a suavidade de Clara conquistou o jurado e permitiu que ela continuasse na competição.

Luke S.: Não achei que Clara deu conta da música, pra mim pareceu um pouco que ela estava com bastante dificuldades ali, aí Shakira, que particularmente não estava botando fé, foi quem realmente colocou vida na performance. Pra mim ela merecia ter levado essa, mas Will optou pela Clara e fiquei meio surpreso também.

 

Victoria Kerley x Lia White – “Final Song”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=waV3LVCAEw4[/youtube]

Edu: Achei tudo meio farofa demais, mas mesmo assim gostei da desenvoltura de ambas. Suas vozes estiveram bem alinhadas, portanto nada mais justo nenhuma ter saído da disputa. No fim das contas, Victoria tem bem mais o perfil de vovô Tom, e gostei dela indo para o time do veterano.

Luke F.: Não sei muito bem trabalhar com o sentido de justiça nessa apresentação, pois gostei de ambas as vozes. Não acredito que há uma competidora que foi superior à outra, mas sim, duas incríveis cantoras que deram um show de voz no palco. Lia continua conosco, ao meu ver, simplesmente por uma sintonia com Will, e não por ter sido estrondosamente melhor do que Victoria. Ainda bem que vovô Tom chegou sabiamente usando o steal e trazendo a linda Victoria para o seu lado.

Luke S.: Gostei das duas nessa batalha, da maneira que ambas disseram não ser o estilo de música, acabaram mandando muito bem no final das contas. Mas fiquei um tanto quanto surpreso com Will escolhendo Lia. Victoria tem uma ótima voz e definitivamente mereceu o primeiro steal da temporada!

 

Hayley Eccles x Jazmin Sawyers – “Hold My Hand”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=srF8MnL94uU[/youtube]

Edu: Vou ser bem sincero que achei essa batalha bem morna, e esperava mais explosão por parte de ambas. Por mim as duas seriam eliminadas, portanto o resultado dessa disputa foi bem whatever pra mim.

Luke F.: Ambas possuem um poder vocal incrível, mas Hayley soou melhor com a canção. Ela soube trabalhar bem sua voz meio anasalada, me maneira que não ficasse irritante. Jazmin não explodiu da forma que a canção pedia força, e por isso vai pra casa hoje.

Luke S.: Já pode dizer que fiquei chateado com Jazmin indo embora tão cedo? Gostava por demais da voz e estilo dela e fiquei torcendo pra que ganhasse essa batalha. Infelizmente Will optou por escolher Hayley, que também fez um ótimo trabalho, mas Jazmin definitivamente vai fazer falta.

 

Michelle John x Tim Gallagher – “Nowhere To Run”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=OCDMpyieZj4[/youtube]

Edu: ALGUÉM PODE ME EXPLICAR O QUE FOI ISSO? Essa foi, de longe, a melhor batalha até agora dessa temporada. Duas vozes poderosas, que se alinharam a uma song choice bem elaborada. Gente, sério, não estou sabendo lidar com tamanho tiroteio. Em alguns momentos torci por Michelle, outro por Tim, sem contar as inúmeras vontades de sumir por não saber para quem continuar. Se JHud não tivesse usado seu último steal no rapaz, juro que teria xingado demais no Twitter, só para constar. Eu pulei junto aqui na hora que essa rainha maravilhosa apertou o botão.

Luke F.: Meus amigos, ainda não estou acreditando no impacto dessa apresentação. Michelle foi estrondosa, destruiu níveis e mostrou ao que veio. Tim nivelou muito a apresentação e se apresentou de maneira incrível, porém um pouco mais contido. No fim a decisão veio a calhar para o Team Will, mas JHud utilizando de toda sua malícia, vai fazer maravilhas com a voz de Tim.

Luke S.: Caramba minha gente, que batalha explosiva foi essa? Arrepiou legal aqui! Rapaz, Michelle veio pra derrubar a casa e fez isso perfeitamente com esse vozeirão todo. Agora Tim, o que foi isso tudo rapaz? Nem sabia que ele tinha tudo isso escondido ali, e foi uma baita surpresa boa! Ambos mereciam seguir em frente ali, então nem precisa dizer que pulei junto quando JHud usou o único steal com o Tim! 

 

Jason Jones x Lawrence Hill – “Long Train Runnin”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=m8Aa_sEQYmI[/youtube]

Edu: Me distraí com outras coisas, os dois poderiam sair que seria um enorme favor.

Luke F.: Essa foi a batalha mais apagada em tempos. Lawrence chegou aqui por um engano, e Will já deu um jeito de tirar ele do time. Foi bem fraca no geral, apesar da guitarra ter dado uma animada nas coisas. Jason tinha a voz mais estruturada entre os dois e mereceu continuar na competição.

Luke S.: Outra performance deliciosa de assistir, minha gente! Lawrence pode até ter entrado pro time do Will por engano, mas nessa performance ele mostrou que tem talento sim e eu gostei bastante dele na batalha. Agora o Jason tem aquela voz única, que não dá pra simplesmente deixar escapar.

 

 

TEAM GAVIN

 

Bosie x Keziah Rodell – “Why” 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=fLmbopEAUxA[/youtube]

Edu: Foi uma batalha linda de se ver e, assim como meu amigo Luke Franco disse abaixo, cada um soube respeitar o seu espaço, cantando seu momento. No meio disso tudo, Keziah se sobressaiu bem mais, portanto merecendo a vitória. Foi uma pena ver o casal partir, mas faz parte da disputa.

Luke F.: Realmente a conjuntura do programa não é preparada para revelar duplas. Eu gostei do respeito às partes, cada um cantando em seu momento. De início, acreditei que Bosie fosse manter mais as vozes separadas, mas a união delas na passagem ficou mais como um backing vocal. Quando houve a união das três vozes, eu realmente fiquei arrepiado com a potência total, mas Keziah fez um trabalho estrondoso e mereceu continuar na competição.

Luke S.: Keziah tem uma baita voz linda, já Bosie eu não estava botando fé e acabaram me surpreendendo bastante na performance. Ainda assim, Keziah mereceu levar e aposto firme que ainda tem muito pra mostrar nas próximas fases.

 

Millicent x Max – “My Favourite Game”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=54vlOw6mNlk[/youtube]

Edu: Essa música do The Cardigans, gente… <3! Foi uma batalha morna, não vou negar, mas discordei da escolha de Gavin. Por mim os dois saíam, mas como um tem que sair vitorioso, esperava que esse alguém fosse Millicent. Max parecia que estava sem vontade de viver, com um tédio sem fim, e até agora estou tentando entender a escolha do jurado. Aff…

Luke F.: Claramente uma performance bem… alternativa. Percebi dois bons potenciais em jogo, mas que ainda não estão 100% preparados para a próxima fase. A jornada de Max segue na competição, mas acredito que ele tem que trabalhar muito em cima do seu potencial para conseguir se manter por aqui.

Luke S.: Duas pessoas com estilo bem diferenciados do restante do grupo. Nas blinds eu fiquei me perguntando porque diabos Gavin tinha virado pro guri, mas dessa vez ele acabou me surpreendendo com seu estilo “diferentão”, que acabou resultando em algo ruim. Millicent, por outro lado, já tinha me ganhado com sua audição e dessa vez não foi diferente. Queria demais que ela tivesse levado, porque já me apaixonei por esse estilo e personalidade dela, e fiquei querendo mais, porém Gavin optou pelo Max, então…

 

Hadleigh Ford x Truly Ford – “Go Your Own Way” (TEAM GAVIN)

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=q7ICG1jkGMM

Edu: Eu amei essa batalha, me julguem. Não foi uma das melhores dessa temporada, está bem longe de ser, mas senti uma certa química entre eles. Truly foi merecedora da vitória, e isso foi algo nítido desde o começo. Que voz, meus amigos.

Luke F.: Confesso que sou encantado com essa canção, mas realmente não vi um bom trabalho nesta noite. As vozes não se encaixaram muito bem com a melodia, apesar deles terem crescido muito durante o tempo de música. Truly apresentou melhores resultados com certeza, e a escolha de Gavin não poderia ter sido diferente. Aquele “yes” de JHud no fim nos mostra isso claramente, kkkk.

Luke S.: Estava esperando bem mais dessa batalha, principalmente por parte do Hadleigh que teve fez uma das minhas blinds preferidas da temporada. Trully mereceu levar, e vou torcer pra trazer de volta a vibe Florence que me conquistou na primeira fase.

 

Carter x Tanya Lacey – “Superstition”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=ZUhBqvOuyYU[/youtube]

Edu: Foi uma batalha de gigantes, que me deixou totalmente perdido aqui. O que foi essa dupla cantando, alguém me explica? Não tinha como um sair, os dois mereciam continuar, e ainda bem que Will foi coerente, e usou seu único steal em Tanya.

Luke F.: Uma performance dessa magnitude, duplamente estrondosa, não poderia soar melhor no segundo dia de audições. Gavin fez uma boa escolha, uma vez que Carter possui uma voz estrondosa que alcança níveis inesperados. Contudo, Tanya destruiu barreiras na competição e ganhou o steal de Will, se tornando uma forte competidora no novo time.

Luke S.: Começando muito bem mais uma vez! Curti por demais a batalha desses dois, com Carter me surpreendendo muito. Ele mereceu levar, porque realmente se destacou mais na performance, mas o steal do Will pra Tanya também foi uma bela surpresa!

 

Sarah Morgan x Ruth Lockwood – “Young and Beautiful”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=gBdWzKlWCT4[/youtube]

Edu: Foi tudo extremamente lindo, singelo e emocionante, encerrando a fase de batalha com chave de ouro. Apesar de Ruth ter saído daquela mistura bizarra entre pop e ópera, amei esse seu outro lado, mas Sarah se sobressaiu mais que a rival, e isso é algo incontestável. Já no aguardo de sua próxima apresentação.

Luke F.: A garota pop ópera até que conseguiu mudar um pouco seu estilo, se adequar mais a competição e trazer algo bem apresentado na noite. Contudo, Sarah fez um trabalho magnífico com a canção e mereceu passar para a próxima fase. A garota é dona de uma voz única e bela, que promete ir longe na competição.

Luke S.: Como eu adoro essa música. E sobre a batalha, quero a Sarah pra mim, porque toda a sensibilidade dessa guria me deixou impressionado demais aqui. Ruth também fez um ótimo trabalho, não deixando totalmente seu estilo de lado, mas se adaptando nessa música que é bem diferente daquilo que está acostumada. Feliz demais pelo Gavin ter escolhido a Sarah pra seguir na competição, e mal posso esperar pela sua próxima performance!

 

 

TEAM TOM

 

Charlie Drew x Dannii Barnes – “Can’t Stop the Feeling!”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=SR2Zr_o7N2Y[/youtube]

Edu: Gente, não tem nem o que discutir, Dannii foi milhões de vezes melhor. Charlie se perdeu no excesso de confiança, sem contar aquele falsete que ele soltou foi algo totalmente descartável e desnecessário. A moça, por sua vez, chegou na surdina, como quem não quer nada, e soube fazer um número ótimo.

Luke F.: Dannii já tinha essa batalha em suas mãos, desde que soltou a voz na primeira frase. Contudo, não podemos desmerecer Charlie pela apresentação, que foi igualmente bem feita. Gostei da combinação de vozes na canção durante sua parte mais “Acapella”. Enfim, era nítido que Dannii conquistaria o coração do vovô Tom.

Luke S.: Não tinha gostado muito da Dannii na primeira fase, lembro bem que achei que aquela música não tinha funcionado pra ela, mas pra mim ela foi a melhor dessa batalha, surpreendendo  bastante com a voz. Já o Charlie tem toda uma personalidade bacana, mas pra mim a voz dele estava um pouco exagerada dessa vez.

 

Lucy Kane x Nadine McGhee – “Time After Time”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=HAehxvla–s[/youtube]

Edu: Amo essa sofrência de Cindy Lauper, e as meninas conseguiram fazer uma versão belíssima da mesma. Eu achei Nadine mais adepta a song choice, e com isso sua vitória se tornou algo previsível e inevitável.

Luke F.: Mais uma vez tivemos duas incríveis participantes trazendo um grande clássico da música mundial. Contudo, dessa vez consegui sentir aquele feeling por Nadine, e acredito que sua voz teve adaptações à canção. Lucy também possui um grande potencial, mas a parte de Nadine foi mais impactante na canção. Vovô Tom conseguiu trazer uma bela apresentação e acabou acertando na escolha.

Luke S.: Outra batalha deliciosa de assistir! Nadine novamente me surpreendeu com essa voz linda, mas Lucy também fez um ótimo trabalho. Achei merecido a Nadine levar pelo fato de ter sido a que trouxe mais emoção na voz.

 

Capital B x Ryhann Thomas – “I Wanna Be The Only One”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=580jAlW8Lh0[/youtube]

Edu: Apenas uma coisa a dizer: UOU! Essa batalha me surpreendeu bastante, mas não mais que as meninas do Capital B. Por mim juntava todos eles e faria um trio, pela incrível química, mas pena que isso não é possível. Eu jurava que vovô Tom daria vitória a Rhyann, e pra mim foi uma grande surpresa de ter sido o oposto, mas as duas mereceram no final das contas.

Luke F.: Vovô Tom me surpreendeu dessa vez. Não esperava a escolha de Capital B. Todos sabemos como duplas não vão tão longe no The Voice, mas dessa vez nosso jurado quis ousar. Não acredito que elas tenham sido melhor que Ryhann, pois elas funcionaram como backing vocal a maioria do tempo na canção. Contudo, as vozes um pouco distintas são interessantes para serem trabalhadas. Espero ver grandes novidades na próxima fase.

Luke S.: E acabei gostando mais do que esperava dessa batalha! Não estava botando muita fé, mas no final das contas achei que ambos fizeram um ótimo trabalho. Rolaram algumas desafinadas em uma das meninas, mas particularmente eu quero ver um pouco mais da dupla no programa, então fiquei bastante feliz com o Tom dando a vitória pra elas!

 

Septimus Prime x Craig Ward – “I’m Yours”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=zDPdKsoIn3I[/youtube]

Edu: A famosa música de retrospectiva de casamentos. Sobre a batalha, Craig soube dar um toque peculiar à canção, e saiu daquela coisa “good vibes” extrema da música. Septimus não foi mal, mas sua voz perdeu destaque perto do rival, e o jeito foi arriscar nos passinhos mesmo.

Luke F.: Septimus é muito mais estrela do que Craig. Tem mais movimentos, mais estilo, mais entrosamento com a plateia. Mas como vovô Tom disse perfeitamente, esse show se chama The Voice. A voz de Craig me persuadiu muito mais na canção, e acredito que ele tenha um futuro brilhante por aqui. Septimus tem tudo pra estourar sua carreira, mas talvez em outra oportunidade.

Luke S.: Que batalha mais deliciosa de assistir gente! Essa música sempre me fazendo cantar e dançar junto aqui, porque é maravilhosa demais da conta! Septimus tem sim bem mais presença de palco e dominou um pouco mais, mas em relação a voz Craig me ganhou, porque tem esse estilo mais diferente meio difícil não gostar. Achei bem correto o argumento que o Tom usou para dar a vitória pro Craig, totalmente justo!

 

Into The Ark x Linda Jennings – “More Than Words”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=T3UmzHdfimo[/youtube]

Edu: NÃO ESTOU SABENDO LIDAR COM ESSA BATALHA! Linda, mais uma vez, sendo rainha absoluta. Essa música é maravilhosa, e eu amei tudo, pois os guris também foram bem, mas a seu nível. Foi lindo e emocionante, e fiquei aqui vidrado com essa performance delícia. Doeu vê-la saindo, mas já estou curioso pelos próximos passos do Into The Ark.

Luke F.: Eu realmente não estou preparado pra ouvir grandes clássicos nessa competição. Eu adorei a performance… pelo lado de Into The Ark. Linda tinha me surpreendido tanto nas blinds, que eu me decepcionei lindamente com ela essa semana. A dupla foi infinitamente melhor, casando perfeitamente com as necessidades da canção. Vovô Tom fez a escolha certa mais uma vez, e mostrou que duplas podem dar certo nesta competição.

Luke S.: Eu fiquei apaixonado pela Linda assistindo sua audição, mas gente, o que foi Into The Ark cantando? As vozes dos dois estavam maravilhosas demais e pra mim roubou totalmente a cena, porque foi lindo demais! Linda tem muito talento e um estilo próprio, mas a dupla tem aquela suavidade deliciosa, e pra mim Tom fez a escolha certa, pois eles tem tudo pra fazer um ótimo trabalho na próxima fase!

 

Foram então classificados para a próxima fase:

Team Gavin: Keziah Rodell, Max, Truly Ford, Carter, Sarah Morgan, Diamond

Team JHud: David Jackson, Jamie Miller, Mo, Jack Bruley, Georgie Braggins, Tim Gallagher

Team Tom: Danii Barnes, Nadine McGhee, Capital B, Craig Ward, Into The Ark, Victoria Kerley

Team Will: Clara Hurtado, Lia White, Hayley Eccles, Michelle John, James Johnes, Tanya Lacey

 

O que acharam das batalhas? Nesse final de semana começa os knockouts, fiquem ligados.

Avatar

Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.

No comments

Add yours