The Voice UK – 6×12/13 – Live Knockouts

Imagem: Digital Spy

Continua após as recomendações

Depois dos pupilos de Jennifer Hudson e Tom Jones se apresentarem anteriormente, nesse último final de semana foram as vezes dos times de Gavin Rossdale e Will.i.am. A disputa está mais acirrada, e chegou a hora de conhecermos os outros seis sobreviventes dessa edição. Bora lá?

 

Continua após a publicidade

TEAM WILL

 

Tanya Lacey – “Changing”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=N7bnmYrGjAE[/youtube]

Edu: Eita que essa segunda semana de knockouts começou com tudo. Tanya simplesmente destruiu tudo, e mostrou que é uma forte candidata no team Will, que tem tudo para ir ainda muito além na disputa.

Luke F.: A garota simplesmente chamou a responsabilidade para si e dominou o palco. Uma explosão de sentimentos que trouxe esperança de grandes coisas nessa segunda semana. Por mim já está na próxima fase.

Luke S.: Adoro demais essa música, e quando estava achando que não iria rolar pra Tanya acabei surpreso, porque foi uma baita maneira de abrir a noite. Ótima performance por parte dela, e a música acabou combinando demais com seu estilo.

 

Hayley Eccles – “Need You Now”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=D0BtF43eowA[/youtube]

Edu: Hayley começou tão bem, mas do nada começou a cair a qualidade de sua performance. Quando me dei conta, já estava todo entediado aqui com ela. Poxa, ela tinha tudo para ser uma surpresa boa e tanto.

Luke F.: A canção é bem arriscada. Tem tudo pra passar grande emoção, mas deixa no tédio. Hayley foi caindo de qualidade com a música, realmente senti um pouco de sono. No fim ela tentou salvar a apresentação, mas pode ter sido tarde demais.

Luke S.: Pra mim poderia ter sido bem melhor que isso, porque por mais que essa seja uma baita música, achei que Hayley não conseguiu transmitir emoção enquanto cantava e acabou ficando meio tedioso de assistir.

 

Jason Jones – “Into You”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=q38u13rj4mg[/youtube]

Edu: Achei bem meio termo essa apresentação de Jason, pois pra mim essa song choice foi erradíssima. Se ele tivesse escolhido outra música de Ariana, como “One Last Time”, teria sido muito melhor.

Luke F.: Arriscado demais com a canção, mas eu gostei. Não foi um grande show, nem caiu como uma luva em sua voz, mas me trouxe um sentimento positivo quanto ao todo da apresentação

Luke S.: Achei que mais uma vez o Jason mandou muito bem! Pra mim a primeira parte da música foi o melhor da performance, mas o que gosto do Jason é essa voz diferentona que você não espera sair dele. Torcendo para ele continuar na competição.

 

Lia White – “Girls Just Wanna Have Fun”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=m-81pfmbD2U[/youtube]

Edu: Achei fofínea demais essa apresentação. A sensação que tive é de assistir ao The Voice Kids, mas até onde sei o programa só vai estrear quando essa temporada da versão adulta terminar, daqui algumas semanas. Próximo!

Luke F.: Estou gostando de ver essas releituras feitas no programa. Foi uma apresentação leve e envolvente, mas ainda assim senti que faltava algo no casamento entre a melodia e sua voz.

Luke S.: Ah gente, pra mim não rolou. Particularmente não achei que foi uma boa escolha de música pra Lia, e por mais que ela tenha essa voz delícia de ouvir, com toda a ingenuidade, não achei que conseguiu mostrar seu potencial com essa performance.

 

Clara Hurtado – “Alarm”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=WuuzWQZBk7c[/youtube]

Edu: Clara estava lindíssima, mas o programa é sobre a voz e não aparência. A música foi péssima, e isso não beneficiou sua apresentação. É uma pena, pois ela é uma das melhores candidatas do team Will, na minha opinião, e essa performance a colocou em sinal de alerta.

Luke F.: Não consegui ver a músicas com os olhos de emoção. Ela conseguiu crescer com o tempo, mas teve seus deslizes. O trabalho como um todo não foi produtivo, e não sei se é merecedora de uma próxima fase.

Luke S.: Rolaram algumas derrapadas ao longo da performance, mas eu gosto bastante da Clara e acho que ela tem muito mais pra oferecer ali. Gostei da produção que fizeram e toda a presença de palco, sem contar que ela estava linda ali.

 

Michelle John – “I Can’t  Make You Love Me”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Xat4yncOH9Q[/youtube]

Edu: PARA TUDO! O QUE FOI ISSO? Simplesmente a melhor performance de todas dessa primeira noite, e estou nesse exato momento procurando meu queixo no chão. Michelle transmitiu uma emoção única, cantou com a alma, algo que os demais não fizeram, exceto Tanya. É questão de honra a candidata passar para a próxima fase.

Luke F.: Fui obrigado a ir no YouTube relembrar a apresentação, enquanto escrevo este comentário. Will pode ter diversas ideias mirabolantes, mas nunca deve tirar essa garota de seu time. Michelle quebrou paradigmas e elevou ao máximo o nível da competição. Fico me perguntando até onde ela ainda pode chegar.

Luke S.: Rapaz, Michelle foi ali pra derrubar a casa, e olha, foi bem por ai. A mulher canta, e canta MUITO! Entregou uma performance destruidora e saltou na frente de todas as apresentações do #TeamWill com essa!

 

TEAM GAVIN

 

Diamond – “Wonder”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=8PuHsBxSAiE[/youtube]

Edu: Para padrões Diamond, achei bem abaixo do normal. Sério, ainda estou processando tudo, e não sou capaz de opinar ao certo se gostei ou não.

Luke F.: Realmente não foi a melhor das escolhas. A voz poderosa de Diamond pede por mais, e a canção não se encaixou neste pedido. A performance não foi um fracasso, mas poderíamos ter nos emocionado mais.

Luke S.: Fiquei meio com o pé atrás por causa dessa song choice, mas Diamond tem uma baita voz e no final das contas conseguiu entregar uma performance sólida. Só acho que ela poderia ter tido um verdadeiro momento com outra música ali.

 

Sarah Morgan – “I Will Always Love You”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=VLDRqwRNJsU[/youtube]

Edu: Que apresentaçãozinha mais suflê de chuchu, pelo amor de Deus. “I Will Always Love You” é uma música poderosíssima, principalmente quando se trata da versão de Whitney Houston. Sarah não soube honrar a dela, e muito menos de Dolly Parton. Foi tudo muito cru, fraco e sem poder.

Luke F.: Um clássico feito de forma medíocre é o mais novo assassinato da competição. A escolha foi erradíssima e destruiu com a canção. Esperava mais de Sarah, principalmente por ter gostado muito de suas apresentações anteriores.

Luke S.: Música erradíssima pra ela. Sarah tem uma voz suave, e essa música não foi a melhor escolha pra ela. Na audição fez um excelente trabalho com a música da Ella ,e depois me ganhou totalmente nas blinds com a música da Lana. Toda delicada e gentil, mas dessa vez não achei que conseguiu repetir a dose.

 

Carter – “Sladgehammer”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=IEVQyXWqQl8[/youtube]

Edu: FINALMENTE UMA PERFORMANCE ESPETACULAR! Carter fez uma apresentação incrível, icônica, cheia de atitude. Amei por demais, e quero revê-la por diversas vezes. Assim como Gavin, aplaudi de pé também.

Luke F.: Não sei vocês, mas essa performance mexeu muito comigo. Adorei a maneira com que ele conduziu a canção e sua expressão em palco. Realmente um grande artista.

Luke S.: Não faz muito meu estilo, mas também achei que Carter mandou muito bem e conseguiu entregar uma performance cheia de energia.

 

Truly Ford – “Million Reasons”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=3zp-I7gUvY8[/youtube]

Edu: Como amo essa voz da Truly, aff. Aí ela vai, e me canta essa maravilhosa canção da era sofrência de Gaga. Se eu amei? Nem preciso falar nada, apenas que é questão de honra essa deusa passar.

Luke F.: Conheci essa música há poucos dias, por conta de uma amiga, e hoje ela virou rotina nas playlists. Aí Truly consegue trazer todo seu estilo e sua identidade para a apresentação, fazendo com que eu gostasse ainda mais. Nem preciso de falar o tanto que ela canta bem né? De sua forma, ao mesmo tempo, poderosa e suave.

Luke S.: É bem do jeito que o Gavin falou, a Truly canta e não fica parecendo com mais ninguém além dela mesma. Ela tem um estilo muito interessante de assistir, além de toda essa intensidade na voz que me ganhou desde as blinds. Adorei toda a performance!

 

Max – “I Bet You Look Good On The Dancefloor”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=LTjB13CWtFM[/youtube]

Edu: MELHOR APRESENTAÇÃO DA SEGUNDA NOITE! Não tinha entendido de Max ter passado nas batalhas, aí ele vem com essa maravilha do Arctic Monkeys. Gavin, nunca irei lhe perdoar pelo que fez com Gwen, mas o que faz com seus pupilos é algo incrível, e ganhou meu prestígio PROFISSIONAL, após ter dado um up em Max com essa song choice.

Luke F.: Essa música é sensacional! Realmente o garoto surpreendeu muito, pois a canção foi bem trabalhada com sua voz, e a dinâmica em palco foi interessante. Cada vez mais eles vão se soltando e trazendo o artista interior para as apresentações. Muuuuito bom!

Luke S.: E mais uma vez o menino Max tampou minha boca, por ter falado que ele não merecia ter passado da primeira fase. O que foi isso, gente? Não tem uma única performance dele que eu assisto sem rir o tempo todo, mas isso não quer dizer que foi ruim, pelo contrário. O garoto tem um estilo maluco, mas sempre acaba dominando o palco, toda a plateia e esse pobre telespectador aqui.  

 

Keziah Rodell – “Trouble”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=S20woP8LEds[/youtube]

Edu: Apesar de amar essa canção do Coldplay, francamente esperava bem mais de Keziah. Ela é ótima, e a canção não lhe foi tão benéfica assim. Vamos aguardar, não é mesmo?

Luke F.: Keziah tinha me impactado de uma maneira incrível em suas apresentações anteriores, mas hoje não o fez da mesma forma. Tem um grande potencial para as próximas, uma voz bela e presença de palco incrível. Mas realmente não me convenceu tanto hoje.

Luke S.: Ah gente, que performance linda essa da Keziah! Preciso nem falar sobre minha opinião a respeito do Coldplay, né? Aí ela veio com essa performance que me ganhou do começo ao fim! Que delícia de voz! Me deixou aqui gritando pra ela passar logo, porque quero mais performances dessa guria.

 

 

RESULTADO

Edu: Eu achava que o público americano não soubesse votar, mas o britânico não fica atrás. Como assim Jason e Sarah aprovados? Sério mesmo isso? Simplesmente decepcionado, mas ainda bem que tanto Will quanto Gavin foram sucintos em suas escolhas. Fiquei bem chateado de Clara e Carter não terem passado para a próxima fase, mas totalmente coerente de Tanya, Michelle, Truly e principalmente Max, que me surpreendeu, de seguirem adiante. Os times mais fortes agora, na minha opinião, são nessa ordem: Gavin, JHud, Tom e Will.

Luke F.: As eliminações de Will foram bastante coerentes, no meu ponto de vista. Lia, Hayley e Clara não me passaram a emoção que gostaria de ver. No final das contas, o time ficou bem forte com as eliminações. O Team Gavin me surpreendeu com a saída de Carter, pois eu realmente achei a apresentação super divertida e envolvente. Keziah e Diamond se arriscaram muito em um momento preocupante. Os times ficam cada vez mais potentes e seletos a partir de agora. Com as lives, vou refinando ainda mais meu gosto e apostas de campeão.

Luke S.: Fiquei um tanto surpreso com as escolhas do público, principalmente no Team Will, mas no geral acabei gostando do resultado. Agora no Team Gavin faltou Keziah seguindo pra próxima fase, porque ela definitivamente merecia depois de ter entregue aquela performance tão linda. Se era pra julgar apenas a apresentação dessa semana, não acho que Sarah merecia ter seguido pra próxima fase, então essa foi a parte mais injusta para mim. Gavin ter salvo Truly foi a decisão mais correta que ele poderia ter tomado, porque se ela fosse eliminada, seria outro absurdo. Já o Will, também acertou com seu voto, mas eu queria demais que Clara tivesse seguido pra próxima fase.  

 

As escolhas dos jurados foram justas? A partir do próximo programa é o público que tem total poder de decisão, e com certeza grandes surpresas nos esperam.

Avatar

Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.

No comments

Add yours